Agronegócio segura PIB, mas reduz postos de trabalho, aponta Cepea

O agronegócio representa cerca de 20% do total de pessoas ocupadas no Brasil.

13/11/2017 - 23:29:49

   

O bom desempenho do agronegócio, que se apresentou no primeiro semestre do ano como um dos principais motores de sustentação do PIB brasileiro, não se traduziu em geração de empregos. A constatação é fruto de levantamento feito pelo Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada). De acordo com o estudo, ao contrário do que se poderia imaginar, de janeiro a junho de 2017 houve queda de 3,1%, ou mais de 580 mil pessoas, no total de ocupações.

No mesmo período, no entanto, a safra recorde no campo estimulou a atividade também de outros segmentos, impactando no crescimento de 5,81% no PIB-volume do agronegócio. Desse modo, o desempenho positivo da agropecuária pôde amenizar o efeito das retrações da indústria e dos serviços sobre o PIB nacional

A pesquisadora do Cepea, Nicole Rennó, explica que a perda de postos de trabalho foi mais sentida na agropecuária e menos no segmento de indústria e serviços do setor. A redução também foi mais severa para trabalhadores atuando por conta própria e com baixa escolaridade.

“A principal responsável pela queda do pessoal ocupado no agronegócio foi a agropecuária como um todo. Tanto para a agricultura, quanto para a pecuária. Na comparação semestral, a queda no total de pessoas ocupadas ficou em torno de 7% a 8%, detalha ela.

Considerando apenas os empregados (com ou sem carteira assinada), a agropecuária concentra as pessoas com menor remuneração dentro do agronegócio. Para a agricultura, o rendimento médio do trabalho é cerca de 40% inferior que a média do agronegócio, e para a pecuária, cerca de 32% inferior.

“Ainda não sabemos exatamente o motivo desta retração no número de postos de trabalho. Estamos fazendo novos levantamentos, mas o que já sabemos é que a maior parte se deu na região Nordeste”, antecipa a pesquisadora.

Na comparação entre o primeiro semestre de 2017 e o primeiro de 2016, houve queda de 35% no total de pessoas ocupadas sem instrução no agronegócio. Por outro lado, para pessoas com ensino superior (completo ou incompleto), houve aumento de 5,5% no total de pessoas ocupadas.

Apesar do bom desempenho do setor de agronegócio, a mão pesada da crise também aparece em outro aspecto: houve um movimento de substituição de empregos formais por empregos sem carteira assinada. Também na comparação entre os dois primeiros semestres (de 2017 e de 2016), houve redução de 2% nos empregos com carteira assinada, e aumento de 2,3% nos empregos sem carteira assinada

“Isso demonstra que, quando houve aumento de empregos no agronegócio, em geral esse ocorreu em postos de menor qualidade”, analisa Nicole.

De acordo com Nicole Rennó ainda é cedo para se fazer estimativas para os próximos meses. No entanto, ela não vê sinais de que esse corte no número de postos de trabalho possa sofrer alguma reversão. “Este ano tivemos uma super safra, que dificilmente se repetirá ano que vem. Também não há indícios de uma forte retomada da economia. Diante disto, fica difícil acreditar em uma mudança neste cenário”, prevê a pesquisadora do Cepea.

O agronegócio representa cerca de 20% do total de pessoas ocupadas no Brasil. A agropecuária, por sua vez, representa expressivos 47% do agronegócio.

MT Agora - Só Notícias | Agronotícias

Mais Noticias

Safra

Produção amplia e MT deve produzir 66,3% do algodão colhido no país em 2018, diz IBGE

Quitação de Débitos

Indea participa do Mutirão Fiscal do Governo do Estado

Pesquisa

Restauro em áreas degradadas é iniciado em propriedades de Sorriso

Comitiva Japonesa

Comitiva do Japão vem a Sorriso para conhecer potencialidades do agronegócio

08/12/2017 -

Lucas: Prefeitura entrega 10 pasteurizadores lentos à agricultores familiares

Os equipamentos foram repassados à produtores cadastrados no Selo de Origem Municipal

01/12/2017 -

94 mil hectares de soja precisaram de replantio em MT

A falta de chuvas regulares inibiu o começo da semeadura e, entre os que arriscaram,

28/11/2017 -

Chineses discutem investimentos em Mato Grosso com produtores e prefeitos

A reunião foi realizada no Palácio Paiaguás como resultado da visita do governador Pedro Taques feita recentemente ao país, para estreitar os laços comerciais e discutir novas propostas de negócios no Mato Grosso Investment Fórum.

28/11/2017 -

Lucas: Em audiência, produtores pedem agilidade na implementação de sistema de inspeção da agroindústria familiar

Produtores rurais que participaram nesta manhã (28) em Lucas do Rio Verde, de uma audiência pública proposta pela Empaer. O encontro, que reúne também representantes de sindicatos, cooperativas e associações, da Câmara e Prefeitura.

20/11/2017 -

Rússia anuncia restrições temporárias à carne suína e bovina do Brasil

Motivo foi a detecção na carne exportada de substâncias para o crescimento da massa muscular dos animais.

16/11/2017 -

Fundador da Fiagril está entre os 100 nomes mais influentes do agronegócio brasileiro

A Fiagril foi fundada em 1987 e desde então não parou de crescer e de ampliar seus negócios.

13/11/2017 -

Exportações de carne bovina crescem em MT

Com a evolução nas vendas externas, a receita comercial aumentou 26,7%.

13/11/2017 -

Censo Agro 2017 em Lucas do Rio Verde

Em Mato Grosso serão visitadas de 130 a 150 mil propriedades e em Lucas do Rio Verde o número passa de 370.

10/11/2017 -

Segunda usina de etanol de milho prevista para ser construída em MT deve gerar mais de 3 mil empregos

Projetada para moer um milhão de toneladas de milho por ano, usina será construída em Sinop. Obra que deve custar R$ 500 milhões está prevista para começar em janeiro de 2018.

06/11/2017 -

Grupo chinês irá investir R$ 1,5 bi na construção de silos em Mato Grosso

Conforme dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), há um déficit de cerca de 50 milhões de toneladas. No Estado, o déficit é de aproximadamente 19 milhões de toneladas.

06/11/2017 -

Mato Grosso terá maior usina de etanol de milho do Brasil

Com investimento de R$ 500 milhões, a usina de Sinop foi projetada para moer 1 milhão de toneladas de milho por ano.

24/10/2017 -

Plantio de soja está atrasado devido à falta de chuvas em MT

Durante o mesmo período na safra anterior, o plantio já estava em 42% e agora apenas 26% da área prevista foi plantada. Fazendeiros utilizam a palha de milho para a retenção de água no solo.

22/10/2017 -

IBGE inicia pesquisas para Censo Agro 2017

O Censo Agropecuário fará a coleta dos dados até fevereiro de 2018, adotando-se como referência o período de 1º de outubro de 2016 a 30 de setembro de 2017

17/10/2017 -

MT exporta 500 mil toneladas de soja e caminha para recorde no ano

Em setembro as exportações mato-grossenses da soja em grão registraram no acumulado mensal 500 mil toneladas escoadas, exibindo recuo de 42,67% em relação ao mês de agosto

17/10/2017 -

Atraso no plantio começa a preocupar produtores de Mato Grosso

Equipes do Circuito Tecnológico Etapa Soja irão verificar durante duas semanas o andamento da safra 2017/18 no estado.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora