Agronegócio segura PIB, mas reduz postos de trabalho, aponta Cepea

O agronegócio representa cerca de 20% do total de pessoas ocupadas no Brasil.

13/11/2017 - 23:29:49

   

O bom desempenho do agronegócio, que se apresentou no primeiro semestre do ano como um dos principais motores de sustentação do PIB brasileiro, não se traduziu em geração de empregos. A constatação é fruto de levantamento feito pelo Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada). De acordo com o estudo, ao contrário do que se poderia imaginar, de janeiro a junho de 2017 houve queda de 3,1%, ou mais de 580 mil pessoas, no total de ocupações.

No mesmo período, no entanto, a safra recorde no campo estimulou a atividade também de outros segmentos, impactando no crescimento de 5,81% no PIB-volume do agronegócio. Desse modo, o desempenho positivo da agropecuária pôde amenizar o efeito das retrações da indústria e dos serviços sobre o PIB nacional

A pesquisadora do Cepea, Nicole Rennó, explica que a perda de postos de trabalho foi mais sentida na agropecuária e menos no segmento de indústria e serviços do setor. A redução também foi mais severa para trabalhadores atuando por conta própria e com baixa escolaridade.

“A principal responsável pela queda do pessoal ocupado no agronegócio foi a agropecuária como um todo. Tanto para a agricultura, quanto para a pecuária. Na comparação semestral, a queda no total de pessoas ocupadas ficou em torno de 7% a 8%, detalha ela.

Considerando apenas os empregados (com ou sem carteira assinada), a agropecuária concentra as pessoas com menor remuneração dentro do agronegócio. Para a agricultura, o rendimento médio do trabalho é cerca de 40% inferior que a média do agronegócio, e para a pecuária, cerca de 32% inferior.

“Ainda não sabemos exatamente o motivo desta retração no número de postos de trabalho. Estamos fazendo novos levantamentos, mas o que já sabemos é que a maior parte se deu na região Nordeste”, antecipa a pesquisadora.

Na comparação entre o primeiro semestre de 2017 e o primeiro de 2016, houve queda de 35% no total de pessoas ocupadas sem instrução no agronegócio. Por outro lado, para pessoas com ensino superior (completo ou incompleto), houve aumento de 5,5% no total de pessoas ocupadas.

Apesar do bom desempenho do setor de agronegócio, a mão pesada da crise também aparece em outro aspecto: houve um movimento de substituição de empregos formais por empregos sem carteira assinada. Também na comparação entre os dois primeiros semestres (de 2017 e de 2016), houve redução de 2% nos empregos com carteira assinada, e aumento de 2,3% nos empregos sem carteira assinada

“Isso demonstra que, quando houve aumento de empregos no agronegócio, em geral esse ocorreu em postos de menor qualidade”, analisa Nicole.

De acordo com Nicole Rennó ainda é cedo para se fazer estimativas para os próximos meses. No entanto, ela não vê sinais de que esse corte no número de postos de trabalho possa sofrer alguma reversão. “Este ano tivemos uma super safra, que dificilmente se repetirá ano que vem. Também não há indícios de uma forte retomada da economia. Diante disto, fica difícil acreditar em uma mudança neste cenário”, prevê a pesquisadora do Cepea.

O agronegócio representa cerca de 20% do total de pessoas ocupadas no Brasil. A agropecuária, por sua vez, representa expressivos 47% do agronegócio.

MT Agora - Só Notícias | Agronotícias

Mais Noticias

Algodão

Preço estimula aumento de plantio do algodão em Sorriso

Estimativa Em 5 Anos

Produtores de milho de MT querem aumentar produção de etanol de milho para 3,5 bilhões em 5 anos

Dados

Abate de bovinos cresce 37,5% em MT; resultado é o melhor em 10 meses, diz Indea

Dados

Instituto aponta queda de 57% nas exportações de carne bovina em MT

11/07/2018 -

Mato Grosso é o estado com a maior frota de aeronaves agrícolas do país

Ao todo, o estado tem 464 aviões cadastrados. O número de aviões no estado corresponde a quase 20% do total usado no país.

04/07/2018 -

Banco do Brasil destina R$ 103 bilhões para crédito agrícola

O valor é 21% maior do que o total desembolsado na safra 2017/2018, cerca de R$ 85 bilhões.

04/07/2018 -

Governo de MT lança programa de fomento a hortas nas escolas

O Pró-Hortas Escolares foi lançado nesta terça-feira (03.07), no Palácio Paiaguás, em Cuiabá.

04/07/2018 -

Governo de MT inaugura Laboratório de Sanidade Vegetal e Arquivo Central do Indea

As obras foram realizadas por meio de termo de cooperação com o Fundo Mato-grossense de Apoio à Cultura da Semente (Fase), e dão continuidade ao sonho de tornar o Complexo do Planalto, em um centro tecnológico da Defesa Agropecuária em Mato Grosso.

03/07/2018 -

OCDE e FAO: produção agrícola mundial deve crescer 20% em dez anos

O aumento será ainda maior nas regiões em desenvolvimento, como a África Subsaariana, Ásia Meridional e Oriental, Meio Oriente e Norte da África. Movimento oposto deve ocorrer nos países desenvolvidos.

30/06/2018 -

Sorriso: 20% da safra de milho foram colhidas até agora

A expectativa dos produtores é encerrar a colheita dentro dos próximos 15 dias.

30/06/2018 -

Custo da produção de algodão em Mato Grosso sobe 0,82%

Tal variação se deve, principalmente, à valorização do dólar no último mês, que influenciou no aumento dos custos com os defensivos e fertilizantes.

30/06/2018 -

Ministério da Agricultura diz que o projeto sobre agrotóxicos não aumenta risco à saúde

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento divulgou nota, nesta quinta-feira (28), apontando que há muita preocupação em relação ao uso de substâncias químicas.

25/06/2018 -

Vazio sanitário da soja começa em MT e segue até o dia 15 de setembro

Durante 90 dias, produtores não podem manter pés de soja vivos para evitar ferrugem asiática. Em caso de descumprimento, eles podem ser multados pelo Indea.

21/06/2018 -

Mato Grosso mais perto do fim da vacinação da Febre Aftosa

A previsão é que até maio de 2021 seja feita a última campanha de vacinação contra a febre aftosa no Brasil, conforme o cronograma do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

17/06/2018 -

MT abate 89 mil cabeças de gado a mais no 1º trimestre de 2018 e lidera produção no país

Segundo o IBGE, o estado lidera a produção nacional com 15,6% do que é produzido no país. Ao todo, 7,72 milhões de cabeças de gado nos três primeiros meses de 2018.

15/06/2018 -

Mais de 6 mil propriedades serão fiscalizadas durante vazio sanitário da soja

De 15 de junho a 15 de setembro não poderá haver plantas vivas de soja cultivadas ou guaxas, tanto em áreas de cultivo quanto às margens das rodovias.

13/06/2018 -

MT deve colher mais de 25% da produção de grãos, cereais e oleaginosas do país na safra 2018, estima IBGE

Ao todo, Mato Grosso deve produzir 25,9% da produção nacional. Na estimativa do IBGE, o estado deve ser o maior produtor de algodão herbáceo (em caroço) do país.

12/06/2018 -

IBGE reduz para 228,1 milhões de toneladas previsão de safra de grãos

A estimativa do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola, feita em maio, é 0,8% inferior (ou 1,9 milhão de toneladas) na comparação com a de abril.

12/06/2018 -

Agricultores antecipam compra de calcário para aplicar na próxima safra de soja em MT e aumentar a produtividade

Calcário aumenta os níveis de magnésio e cálcio nas plantas. Expectativa de crescimento nas vendas é de 8%, em relação a 2017.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora