Milho

Com etanol e carnes, consumo de milho em MT saltará para 10 milhões de toneladas

Em análise, Rabobank lembrou que somente 17% do cereal produzido no Estado foi consumido localmente nas últimas cinco safras

26 de Setembro de 2018 as 20h 09min

A produo e a rea cultivada com milho no Mato Grosso devem crescer (Foto: Pedro Revillion/Palcio Piratini)

A maior demanda de milho para produção de etanol e pela indústria de carnes - que utiliza resíduos da indústria do biocombustível - deve elevar o consumo do grão em Mato Grosso para 10 milhões de toneladas em 2023. Em 2018, a estimativa é de 5 milhões de t, segundo relatório divulgado nesta terça-feira (25/9) pelo Rabobank. O banco lembra que nas últimas cinco safras somente 17% do milho produzido no Estado, em média, foi consumido localmente, segundo estimativas do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea).

A produção e a área cultivada com o cereal no Estado também devem crescer no período, em boa medida em pastagens subutilizadas que serão transformadas em lavouras. Hoje, a semeadura da safrinha ocorre em metade das áreas de soja de Mato Grosso. No início da década, o porcentual era de 30%. A estimativa é de que chegue a 60% em 2023, com manejo, desenvolvimento de variedades de ciclos mais curtos e novos projetos de irrigação. Com isso, a área plantada com milho segunda safra no Estado deve sair de 4,6 milhões de hectares em 2018 para 6,9 milhões de hectares em 2023.

Neste cenário, a produção mato-grossense de milho chegaria perto de 43 milhões de toneladas e superaria a de soja na temporada 2022/2023. A participação do mercado interno local no consumo da produção do Estado passaria, em cinco anos, dos atuais 17% para 23%. O Rabobank pondera que o incremento do uso local "não necessariamente elevará os preços do cereal, que continuarão seguindo premissas de oferta e demanda, cotações internacionais e taxa de câmbio".

Mas considera que, num primeiro momento, a maior procura por milho dentro do Estado pode elevar os níveis de preços, principalmente em propriedades próximas às usinas de etanol. A intensidade da alta não pode ser mensurada no momento, mas o banco estima que a indústria de etanol tenha dado um suporte de 10% aos preços de milho pagos a produtores do Meio Oeste dos EUA (cerca de US$ 0,30/bushel).

"Vale ressaltar que os americanos destinam praticamente 40% de sua produção de milho para usinas de etanol", diz o Rabobank em seu relatório. Outro efeito da maior demanda por milho dentro de Mato Grosso, e também da esperada redução do custo da logística no Estado, é a diminuição da diferença entre os preços do produto em algumas regiões mato-grossenses e o indicador do milho Esalq/BM&F (desconto de base).

Entre 2013 e 2017, o valor do produto em Sorriso foi, em média, 50% inferior ao indicador, conforme o relatório do Rabobank; em Rondonópolis, quase 35% menor. O banco destaca que a logística de escoamento da produção, cada vez mais concentrada nos portos do Arco Norte, pode favorecer o setor do grão no Estado.

O Rabobank enfatiza que Mato Grosso deve manter sua relevância no suprimento global do cereal. Na safra 2017/2018, o Estado deve ser a origem de 15 milhões de toneladas ou 10% de todo o fluxo global de milho, de 146 milhões de t, segundo estimativa do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA). Em 2023, a projeção do Rabobank é de que o volume de milho mato-grossense enviado ao exterior alcance 24 milhões de toneladas.

O banco lembra, ainda, que grandes produtores do Estado vêm analisando formas de gerar mais valor a partir do milho. Como exemplo de verticalização da produção, o relatório traz um projeto integrado de minidestilaria de etanol de milho associada a confinamento de gado com a utilização do DDGS (coproduto do processo de elaboração do biocombustível, usado na dieta animal).

"Com aproximadamente 6.200 hectares de milho safrinha, seria possível a geração de 10 milhões de litros etanol hidratado e cerca de 154 mil arrobas de boi gordo. Dependendo da estrutura do confinamento, ainda seria possível realizar a compostagem do esterco bovino com complementação de fontes minerais para produção de fertilizante organomineral, que poderia ser utilizado nas áreas de produção", diz o Rabobank.

A receita obtida apenas com a venda do milho produzido em um hectare de safrinha seria de pouco menos de R$ 2,5 mil por hectare; a referente à negociação do etanol e do DDGS no mercado ficaria próxima de R$ 4,5 mil e a originada com a venda de etanol e carne bovina, de cerca de R$ 6 mil.

"Considerando os patamares de preços dos produtos em setembro de 2018, com um hectare de milho safrinha seria possível agregar 90% de valor por meio da produção e venda de etanol e DDGS; assumindo um modelo que integra produção de etanol e pecuária de corte, o mesmo hectare de milho teria valor 150% superior", diz o banco.

O Rabobank pondera, por fim, que apesar do "inegável incremento de receita" trazido pela verticalização da produção na propriedade, é necessário considerar que eventual saturação do mercado local (e de outros próximos) de milho e boi gordo pode levar a preços menos remuneradores, "pela necessidade de serem transportados a distâncias maiores".

Lembra também que, além de maior fluxo de caixa e capital para estrutura de confinamento e de armazenagem de milho, também seria preciso mão de obra capacitada para trabalhar na agroindústria e na comercialização de combustíveis.


Fonte: Estadão

COMENTARIOS

Mais de Agronegócios

Vazio Sanitário Da Soja

Vazio Sanitário da soja começa amanhã em Mato Grosso

Indea deve iniciar fiscalizações nas áreas produtoras

14 de Junho de 2019 as 21h33

Embargo

Acrimat diz que não dá para calcular impacto da suspensão do embargo da carne bovina produzida em MT

Associação diz que pecuaristas vão mudar estratégias de comercialização até que preços sejam restabelecidos.

14 de Junho de 2019 as 11h53

Milho

Produção de milho em MT deve ser de mais de 30 milhões de toneladas, segundo Conab

Imea também estima produção no mesmo patamar, com algumas toneladas a mais.

12 de Junho de 2019 as 07h02

Vaca Louca

Preço da arroba do boi despenca após caso atípico de vaca louca

O Ministério da Agricultura suspendeu o envio de carnes para a China e essa ação fez com que as indústrias adotassem outras estratégias de compra e também de abate dos animais em Mato Grosso.

09 de Junho de 2019 as 21h23

Florestas Plantadas

Ministério da Agricultura aprova Plano Nacional de Florestas Plantadas para fortalecer o segmento no Brasil

Plantio florestal adota sistemas agrícolas sustentáveis e deve expandir área plantada nos próximos anos.

05 de Junho de 2019 as 22h16

Caso Em Mato Grosso

Governo anuncia suspensão da exportação de carne bovina para a China após caso de ''vaca louca''

De acordo com Ministério da Agricultura, suspensão atende a acordo sanitário entre Brasil e China. Na semana passada, foi detectado caso da doença em um animal no Mato Grosso.

03 de Junho de 2019 as 22h17

Seca

Silagem de milho é alternativa de alimentação para o gado durante a seca

Com a fabricação da própria silagem de milho, não há a necessidade de comprar e transportar o produto de fora. Isso faz com que os custos com a alimentação do gado diminuam.

26 de Maio de 2019 as 12h15

Aftosa

Em MT, búfalos são vacinados contra aftosa; vacinação termina em 31 de maio

Propriedade em Jangada investe na criação da búfalos para produção de leite e derivados.

26 de Maio de 2019 as 12h08

Chuvas

Chuva e pragas provocam aumento de preço do quiabo, chuchu e abacate em MT

Pesquisa mostra que tomate teve baixa no preço.

22 de Maio de 2019 as 10h20

Regularização

Reuniões esclarecem moradores sobre Programa de Regularização Fundiária em Nova Mutum

A expectativa da Prefeitura é que todo processo seja concluído em 12 meses.

15 de Maio de 2019 as 10h22

Agricultura Familiar

Agricultura Familiar de Nova Mutum terá assessoria de Laboratório para Análise de Solo

Essa ação visa prestar serviços de assessoria aos pequenos produtores que comercializam nos mercados

15 de Maio de 2019 as 10h16

Taxação

Produtores de MT protestam contra taxação do milho e cobram aplicação do Fethab em estradas

Cartas de reivindicação serão entregues na ALMT e no Palácio Paiaguás.

15 de Maio de 2019 as 09h56

Agricultura

Produção de milho impulsiona Safra 2018/2019, que deve alcançar 236,7 milhões de toneladas

Resultado se aproxima do recorde histórico alcançado em 2016/2017

13 de Maio de 2019 as 20h26

Agricultura Familiar

Publicada lista de produtos com bônus em maio para Garantia de Preços para a Agricultura Familiar

Onze produtos tiveram preço de mercado abaixo e terão descontos na amortização ou liquidação do Pronaf

13 de Maio de 2019 as 20h23

Segurança no Campo

Fazendeiros de MT apoiam decreto pró-armas de Bolsonaro

Produtores afirmam que invasões de propriedades chegaram a um nível inaceitável

13 de Maio de 2019 as 10h04

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

veja +

COTAÇÃO