Agronegócios

Comitiva do Japão vem a Sorriso para conhecer potencialidades do agronegócio

Capital Nacional do Agronegócio tem chamado a atenção do mundo

Comitiva Japonesa | 08 de Dezembro de 2017 as 18h 04min
MT Agora - Portal De Sorriso

Sorriso acabou de receber, na tarde desta quarta-feira (06), uma comitiva do Japão a fim de conhecer os negócios no ramo do agronegócio. O grupo esteve na empresa Nutribras, onde estudou o potencial de negócios.

Akio Tamai, senior counselor da Agriculture & Livestock Industries Corporation, que integra a expedição oficial do Governo Japonês no Brasil, informou que o objetivo da visita à Capital do Agronegócio é coletar informações com foco no agronegócio para divulgá-las no mercado japonês.

“Fazemos uma pesquisa sobre agricultura, gado, suíno, agricultura e cereais. O que observamos nessa região é que tanto na produção como na tecnologia e na conservação do meio ambiente o Brasil tem alta tecnologia e qualidade”

Além de passar por Sorriso, a comitiva já passou por Nova Mutum e também incluiu no roteiro Lucas do Rio Verde e Tapurah.

Akio Tamai disse que o intuito da visita não é atrair investimentos para a região, mas ressaltou que a divulgação das informações obtidas em Mato Grosso pode atrair eventuais investidores.

“Isso pode ocorrer através da divulgação, por termos uma revista especializada no Japão, onde será divulgada essa pesquisa. Os leitores são altos funcionários do Governo, importadores, consumidores, produtores, consumidores e bancos. Em função dessa pesquisa pode haver interesse em eventuais investimentos nessa região”

O coordenador técnico da Nutribras, Jonas Stefanello, tem a expectativa de que a apresentação dos trabalhos executados no município possa proporcionar a abertura de novas plantas frigoríficas para atender a demanda do Japão.

“Nós atendemos um chamado do Ministério da Agricultura brasileiro que solicitou a visita dessa expedição oficial do Governo Japonês, que é importante para todo o estado de Mato Grosso, pois mostramos que temos condições de atender a demanda em qualidade. Acreditamos que eles estão de olho em abrir novos mercados no Brasil e habilitar novas plantas [frigoríficos que podem se tornar novos fornecedores] que tenham condições de controle sanitário e diferenciação nos produtos em relação à qualidade. E temos essa condição de atender eles em qualidade e esperamos que possamos avançar o comércio para o Japão”.

A expedição da comitiva japonesa foi iniciada em Mato Grosso e deve ser finalizada em Santa Catarina.

Apresentação em Cuiabá

Ainda quando o assunto é agronegócio, para falar sobre o mercado de soja, o executivo Lin Tan fará uma palestra direcionada à nova diretoria e delegados da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) em Mato Grosso na próxima quarta (13), às 17h, no auditório da entidade, em Cuiabá.

O consultor Ricardo Arioli, que está recepcionando Lin Tan no Brasil, explicou que o executivo falará sobre a demanda chinesa por soja, a importância da produção brasileira, os investimentos de fora no Brasil.

Além disso, comentará sobre o Memorando de Entendimento assinado com a China. Em abril de 2016, foi assinada pela Aprosoja e pela Associação Brasileira da Indústria de Óleos Vegetais (Abiove) uma parceria com a China Soybean Industry Association (CSIA) que reconheceu o programa Soja Plus e a soja mato-grossense como sustentável.

COMENTARIOS

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Terça Feira

Lucas do Rio Verde, MT

º

COTAÇÃO