Logística

Escoamento da produção é o maior gargalo para agronegócio no país, diz CNA

Pelos cálculos da CNA, os custos logísticos fora da fazenda equivalem, em média, a quatro vezes os custos argentinos e norte-americanos, por causa da falta de infraestrutura.

MT Agora - Agência Brasil
31 de Agosto de 2015 as 22h 27min

Com ganhos de produtividade nas fazendas, a produção agrícola no Brasil enfrenta problemas da porteira para fora. Segundo o presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins da Silva Júnior, a alta carga tributária e a falta de estrutura para o escoamento da produção, com estradas ruins e portos obsoletos e caros, são os principais entraves para o agronegócio no país.
 
Pelos cálculos da CNA, os custos logísticos fora da fazenda equivalem, em média, a quatro vezes os custos argentinos e norte-americanos, por causa da falta de infraestrutura. De acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o Brasil deve colher 208,8 milhões de toneladas de alimentos na safra agrícola 2014/2015, com expansão de 7,9% em relação à safra anterior.
 
“Somos o país que mais tem crescido na produção de alimentos”, diz o presidente da CNA, “À medida que as fronteiras agrícolas se interiorizam e se distanciam dos portos do Sul e do Sudeste, os custos de logística para escoamento da produção aumentam.”
 
Consultor da CNA e membro da Câmara Temática de Infraestrutura e Logística do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Luiz Fayet explica que a falta de infraestrutura impede que a produção escoe por rotas mais racionais. Em vez de serem exportada pelos portos do Norte e do Nordeste, a produção viaja mais de 2 mil quilômetros para os portos de Santos (SP) e de Paranaguá (PR), com custos crescentes.
 
Segundo Fayet, as condições naturais do país – com muitas terras cultiváveis e clima que colabora com variadas culturas – favorecem a produção nacional, suficientemente grande para atender à boa parte das demandas mundiais por alimentos. De importador de alimentos há 50 anos, o Brasil passou para o segundo maior produtor e primeiro exportado. “Se a evolução dos trasportes não atrapalhar, o Brasil pode ultrapassar o maior produtor, os Estados Unidos, até 2020”, diz.
 
O consultor da CNA adverte, porém, que grande parte do potencial de produção será desperdiçada se o país não investir em infraestrutura, principalmente nos portos. Segundo Fayet, com melhor racionalização no escoamento da produção – inclusive com uso de hidrovias –, é possível baratear os custos de logística em torno de US$ 60 a US$ 80 por tonelada de soja ou de milho colhidos em áreas de fronteira agrícola, dando mais competitividade a nossos produtos no mercado externo.
 
Segundo o presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Rubens Rodrigues dos Santos, parte da produção de soja do Oeste de Mato Grosso está saindo pelo porto de Itacoatiara (AM) e a produção do Sul do Maranhão está sendo exportada pelo porto de São Luís. Ele diz ser possível que, em dez anos, a maior parte da produção agrícola do Centro-Oeste seja escoada pelos portos do Norte e Nordeste, com barateamento médio de US$ 30 por tonelada.
 
Há dois meses, o governo federal lançou um plano de concessões de rodovias, ferrovias, portos e aeroportos, que prevê investimentos de R$ 198,4 bilhões para melhorar a infraestrutura de transportes no país – R$ 69,25 bilhões até 2018 e mais R$ 129,2 bilhões até o fim das concessões, de cerca de 30 anos.
 
Do total, R$ 37,4 bilhões se referem a investimentos privados no setor portuário, de acordo com o ministro-chefe da Secretaria Nacional de Portos, Edinho Araújo. “O plano pode ser concretizado porque existe forte demanda”, diz. Ele lembra que, na primeira consulta do Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) para seis áreas portuárias, que serão leiloadas em 2016, a secretaria recebeu 35 propostas. “Isso atesta o elevado interesse dos investidores”, comenta.

COMENTARIOS

Mais de Agronegócios

Grãos

Mais de 100 mil toneladas de grãos caem de carretas durante o transporte em MT e são perdidas anualmente

Desperdício costuma ser maior quando há trepidações, causadas pelas más condições das vias.

27 de Agosto de 2019 as 16h10

Agricultura Familiar

Mais de 130 mil agricultores serão beneficiados pelo Susaf

Para ter acesso aos benefícios da lei, o produtor fará a adesão ao Serviço de Inspeção Municipal (SIM), como já ocorre hoje nos municípios.

26 de Agosto de 2019 as 15h55

Produção de Aves

Produtores de MT investem em tecnologia e iluminação para aumentar produção de aves

Estimativa de que o estado produza 13 milhões de toneladas de frango, este ano.

26 de Agosto de 2019 as 09h13

Queimadas

Em visita a MT, ministro do Meio Ambiente diz que parte das queimadas é feita de forma intencional

Segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), de janeiro até o dia 20 de agosto foram registrados quase 14 mil focos de calor em Mato Grosso.

22 de Agosto de 2019 as 10h33

Soja

Prestes a começar plantio de soja, produtores ainda buscam preços melhores para comercializar safra passada em MT

Imea diz que até o final de julho, cerca de 87% da safra 2018/2019 havia sido comercializados. Preço médico para a saca foi de R$ 65.

20 de Agosto de 2019 as 09h39

Colheita

Produtores de algodão aceleram a colheita e máquinas trabalham 24h por dia em MT

Esse avanço da colheita à noite acontece também para não atrasar os trabalhos que devem terminar em agosto, para que logo depois seja iniciado o cultivo da soja.

18 de Agosto de 2019 as 16h54

Soja

Área de soja aumenta pouco mais de 2% na última safra em MT, segundo levantamento da Unemat

Mais de 10 milhões de hectares de soja foram cultivados na safra passada.

18 de Agosto de 2019 as 16h33

Incentivos Fiscais

Projeto aprovado por deputados de MT concede até R$ 268 milhões em incentivos a setor algodoeiro

Segundo parlamentares, proposta visa garantir incentivo, fomento e atrativos para que novas empresas venham se instalar no estado.

16 de Agosto de 2019 as 00h21

Agricultura Familiar

Mais de 150 mil famílias vivem da agricultura familiar em MT, diz deputado

Em todo o estado, existem mais de 3 milhões de hectares de terra que pertencem somente a União, segundo o deputado estadual Valdir Barranco (PT).

13 de Agosto de 2019 as 22h16

Produção Agropecuária

Governo estima valor bruto da produção agropecuária em R$ 603 bilhões

Esse valor seria o segundo maior alcançado pelo setor agro nos últimos trinta anos.

13 de Agosto de 2019 as 21h29

DITR

Começa hoje prazo para entrega da declaração de propriedade rural

Titulares de terras têm até 30 de setembro para enviar dados.

12 de Agosto de 2019 as 12h59

Levantamento

Mato Grosso segue como maior produtor nacional de grãos; Sorriso, Nova Mutum e Lucas se destacam

Estes são os números do 11º levantamento do Acompanhamento da Safra Brasileira de Grãos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), publicado nesta semana.

12 de Agosto de 2019 as 12h43

Produção

MT lidera produção de grãos no país com 67 milhões de toneladas, estima Conab

A produção em MT equivale quase 28% da safra nacional de grãos, estimada em 241,3 milhões de toneladas. Na região Centro-Oeste, o número sobe para 61,15% do total previsto.

11 de Agosto de 2019 as 16h26

Dia do Agricultor

Empaer destaca a importância do setor para o desenvolvimento do Estado

A comemoração ao Dia do Agricultor foi instituída a partir do centenário da criação do Ministério da Agricultura, em 1960

29 de Julho de 2019 as 22h44

Próxima Safra

Produtores rurais investem na palhada para preparar o solo em MT

Milho e baquirária são algumas alternativas utilizadas. Integração lavoura e pecuária garante solo rico e rebanho alimentado.

29 de Julho de 2019 as 07h04

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

Quem é o maior responsável pelas queimadas em Mato Grosso?

A população

As autoridades públicas

Os órgãos ambientais

O clima

Parcial
veja +

COTAÇÃO