Agricultura

Evento capacita produtores e técnicos e aponta potencial de MT para produção de uva

Técnicos e produtores da região de Sinop participaram de uma capacitação de três com foco na viticultura.

30 de Dezembro de 2018 as 22h 44min

Embrapa apresenta variedades adaptadas ao Cerrado — Foto: TVCA/Reprodução

Como forma de fomentar o cultivo de uva em Mato Grosso, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária realizou uma capacitação que envolveu técnicos, produtores e outros profissionais do meio agrícola. O evento foi realizado em uma propriedade onde a viticultura já está implantada, em Sinop, a 503 km de Cuiabá.

Na ocasião, os participantes puderam conhecer as variedades que mais se adaptaram às condições climáticas do estado e que garantem produtividade e rentabilidade ao produtor, uma vez que já foram testadas nas pesquisas realizadas pela Embrapa.

De acordo com o pesquisador Reginaldo Teodoro de Sousa, os estudos realizados pela Embrapa demonstram que Mato Grosso tem potencial para produzir uva em grandes quantidades.

“Apresentamos materiais com níveis de açúcar diferentes, acidez, coloração para que os produtores pudessem observar e avaliar o que seria um bom produto se produzir”, explicou.

A capacitação começou com um panorama da viticultura no Brasil. Depois de apresentadas as variedades, elas puderam ser degustadas e posteriormente foram discutidas das características de cada uma dela, assim como manejo e técnicas de cultivo.

De acordo com a engenheira agrônoma, Suzinei Oliveira, uma das vantagens da uva é que ela pode ser cultiva em áreas pequenas e não atrapalha o plantio de outras culturas, como a soja, que precisa de uma área grande.

“A produção no estado é bem espalhada. Tem gene cultivando uva em Primavera do Leste, Barra do Garças, Tapurah, Terra Nova do Norte, e todos com bons resultados”, disse.

O evento ocorreu em uma propriedade onde são cultivamos 2.500 pés de uva, em uma área de um hectare. A produção anual gira em torno de seis e sete toneladas da fruta.

Nelson Maziero, que é o proprietário da área diz que a expectativa para os próximos anos é produzir de 15 a 20 toneladas.

Na ocasião também foram apresentados os possíveis mercados para o produto, como produção de poupa de suco e vinhos.

O enólogo João Carlos Tafarel esteve no evento e comentou os resultados da produção de uva no estado.

“O manejo correto, a poda e a descoberta de variedades adaptadas tem contribuído para o sucesso da produção aqui no estado”, afirmou.


Fonte: Laércio Romão | TV Centro América

COMENTARIOS

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

COTAÇÃO