Estudo

Exposição ao agrotóxico em MT é seis vezes maior que a média nacional, aponta pesquisa

Dados indicam a presença de resíduos na urina e no sangue de trabalhadores rurais e de professores, urbanos e rurais, dos três municípios pesquisados, e de produtos não autorizados para a cultura em que foram encontrados.

01 de Agosto de 2018 as 22h 41min

A exposição média ao agrotóxico em Mato Grosso chega a 46 litros, quantidade seis vezes maior que a média nacional, hoje de 7 litros per capita/ano.

A informação consta na pesquisa 'Valiação da contaminação ocupacional, ambiental e em alimentos por agrotóxicos na Bacia do Juruena', divulgada no último mês durante o Fórum Mato-Grossense de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos.

Entre os resultados da pesquisa estão os que indicam a presença de resíduos na urina e no sangue de trabalhadores rurais e de professores, urbanos e rurais, dos três municípios pesquisados – Campos de Júlio (a 692 km de Cuiabá), Campo Novo do Parecis (a 397 km de Cuiabá) e Sapezal (a 473 km de Cuiabá), e de produtos não autorizados para a cultura em que foram encontrados.

Agrotóxicos

O uso de agrotóxicos em Mato Grosso foi superior a 150 milhões de litros somente em 2015. Desse total, 150 milhões de litros, 97% foram empregados no cultivo de algodão, soja, milho e cana-de-açúcar.

Os municípios da Bacia do Juruena foram escolhidos por estarem entre os maiores produtores agrícolas do estado: plantaram 1.6 milhão de hectares (11,7% da produção estadual) e utilizaram, juntos, 18,6 milhões de litros de agrotóxicos (12,4% do uso estadual).

Levando-se em consideração a área plantada, a população e o volume de agrotóxicos aplicado, a pesquisa revelou que cada habitante de Campos de Júlio está exposto, em média, a 606 litros de veneno por ano.

Em Campo Novo do Parecis, a média é de 209,4; e, em Sapezal, de 364.

O evento foi sediado no Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso (MPT-MT).

Projeto

O projeto teve início em 2014, sob a coordenação de equipe do Núcleo de Estudos Ambientais e de Saúde do Trabalhador (NEAST), do Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), por meio de cooperação técnica com o MPT.

Chamou atenção a linha de pesquisa que mostrou a contaminação do ar e da água da chuva e de poços artesianos de escolas da região pesquisada. Em sua dissertação de mestrado, intitulada

Em relação às amostras de chuva, 55% das 72 coletadas apresentaram resíduos de, pelo menos, um tipo de agrotóxico. Em Campo Novo do Parecis, o percentual foi de 75% contra 45,4% de Sapezal e 46,1% de Campos de Júlio.

Glifosato

Dos 88 tipos de agrotóxicos detectados nos três municípios, 67% são considerados extremamente tóxicos.

A pesquisa demonstrou, ainda, que o glifosato continua sendo o veneno mais consumido – até três vezes mais que o segundo colocado, o inseticida clorpirifós, atualmente investigado por seus potenciais danos à formação do cérebro dos bebês e pelo risco de desencadeamento do autismo.


Fonte: G1 MT

COMENTARIOS

Mais de Agronegócios

Reconhecimento

Produtores de Lucas de Rio Verde recebem reconhecimento internacional

Produtores sediados em Lucas de Rio Verde, no Mato Grosso, receberam pelo terceiro ano consecutivo reconhecimento internacional concedido pela ONG Humane Farm Animal Care

16 de Julho de 2019 as 14h50

Parceria

MT se une à ONU para atender 121 famílias do ''Vale do Mangaval''

O ''Vale do Mangaval'' foi selecionado para a execução do projeto que avaliará a aplicação de uma nova metodologia voltada à regularização ambiental.

13 de Julho de 2019 as 22h29

Anulação De Patente

Produtores de algodão do Mato Grosso pedem anulação de patente da Bayer

Argumento é semelhante ao usado para pedir cancelamento de direitos de patente da semente de soja também da antiga Monsanto.

12 de Julho de 2019 as 21h02

Safra Recorde

Safra recorde de grãos deve chegar a 240,7 milhões de toneladas, diz Conab

Previsão de crescimento na produção é de 5,7%

11 de Julho de 2019 as 11h01

Brasil Mais Cooperativo

Brasil Mais Cooperativo vai levar assistência especializada a cooperativas rurais

Iniciativa do Ministério da Agricultura também busca aumentar o acesso do setor

10 de Julho de 2019 as 22h02

Plano Safra

BNDES disponibiliza R$ 23 bilhões para Plano Safra 2019/2020

O total supera em R$ 700 milhões o valor destinado ao setor pelo banco no ano passado, e objetiva o financiamento de investimentos e custeio da produção agropecuária brasileira.

10 de Julho de 2019 as 20h41

Plano Safra

Banco do Brasil aumenta em 20% recursos do Plano Safra 2019/2020

''Grande parte do que se coloca na mesa do brasileiro é feita pelos pequenos produtores, todos com recursos do Plano Safra'', afirma Tereza Cristina.

10 de Julho de 2019 as 19h45

Acordo Internacional

Brasil adapta normas sobre gado para exigências do acordo UE-Mercosul

Normas visam facilitar comércio de animais vivos e outras mercadorias

08 de Julho de 2019 as 22h49

Depois De Fiscalização

Ministério da Agricultura proíbe venda de seis marcas de azeite

A decisão foi tomada após equipes de fiscalização encontrarem produtos fraudados ou impróprios para o consumo.

08 de Julho de 2019 as 21h04

Carne Bovina

MT exportou 141 mil toneladas de carne bovina nos seis primeiros meses do ano

São mais de R$ 2 bilhões provenientes da exportação de carne bovina em seis meses.

07 de Julho de 2019 as 00h29

Regulações

EUA, Brasil e outros 14 países criticam regulações da UE a produtos agrícolas na OMC

Países pediram que a União Europeia reavalie sua abordagem às aprovações de produtos e utilize métodos aceitos internacionalmente.

06 de Julho de 2019 as 23h05

Cooperativas

Ministério da Agricultura anuncia medidas de estímulo a cooperativas

Objetivo é melhorar as condições de venda da produção dos associados.

04 de Julho de 2019 as 22h49

Funrural

Novo texto da Previdência também acaba com a possibilidade de eliminar o passivo do Funrural, admite Jeronimo Goergen

Relatório da Previdência acaba com a isenção sobre as exportações agropecuárias, alerta o deputado PP do RS

03 de Julho de 2019 as 14h21

Nota Eletrônica

Produtores rurais terão que se adequar, Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) será obrigatória

Mesmo diante da solicitação dos sindicatos a data prevista está mantida sem previsão de novas prorrogações

25 de Junho de 2019 as 06h48

Vazio Sanitário Da Soja

Vazio Sanitário da soja começa amanhã em Mato Grosso

Indea deve iniciar fiscalizações nas áreas produtoras

14 de Junho de 2019 as 21h33

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

veja +

COTAÇÃO