Governo de MT lança programa de fomento a hortas nas escolas

O Pró-Hortas Escolares foi lançado nesta terça-feira (03.07), no Palácio Paiaguás, em Cuiabá.

04/07/2018 - 14:46:29

   

A Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc), em parceria com a Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf), lançou o Pró-Hortas Escolares, projeto que visa fortalecer as hortas dentro das unidades escolares para dar mais segurança à alimentação dos alunos, gerar economia às unidades, além de utilizar o espaço para fins pedagógicos. O Pró-Hortas Escolares foi lançado nesta terça-feira (03.07), no Palácio Paiaguás, em Cuiabá.

O projeto vai funcionar, incialmente, em 42 escolas de 20 municípios, mas a expectativa é que ele atinja as 145 escolas do campo, incluindo escolas indígenas e quilombolas.

Seduc e Seaf investiram, juntas, aproximadamente R$ 170 mil na compra de equipamentos e insumos, ferramentas, sombrite, assistência técnica e acompanhamento pedagógico para auxiliar no cuidado com as plantações. O projeto ainda conta com o apoio da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer).

O projeto atenderá os municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Acorizal, Jangada, Chapada dos Guimarães, Nossa Senhora do Livramento, Poconé, Santo Antônio do Leverger, Barão de Melgaço, Nobres, Rosário Oeste, Poxoréu, Primavera do Leste, Mirassol do Oeste, Tangará da Serra, Alto Paraguai, Porto dos Gaúchos, Água Boa, Sinop e Rondonópolis.

De acordo com o governador Pedro Taques, o projeto, que faz parte do Plano de Governo, visa desenvolver metodologias integradoras voltadas às boas práticas para o desenvolvimento da produção sustentável e aos saberes idealizados para a formação continuada do ser humano.

“Esse projeto para nós é tão importante quanto os 2,5 mil novos quilômetros de estradas. É tão importante quanto as 70 mil pessoas que saíram da escuridão na Caravana da Transformação, porque vamos ouvir e ensinar algo para que nossas crianças possam se transformar e transformar o seu futuro”, disse.

Conforme o governador, os professores darão as aulas teóricas dentro das salas de aula e lições práticas na horta pedagógica. “O objetivo é tornar as unidades autossustentáveis na produção de hortaliças e verduras, além de fazer com que o espaço seja uma extensão das salas de aula. Envolver todos os educadores, desde o de matemática, que utilizará para calcular as áreas plantio, até o professor de química, física, história, e assim por diante. A ideia é transformar o conhecimento empírico desses alunos, que já têm um contato muito grande com a natureza em um conhecimento técnico cientifico”.

O secretário adjunto executivo da Seduc, Nelson Corrêa Viana, afirmou que o projeto também irá auxiliar as finanças das escolas, que ao invés de comprar o hortifrúti para a merenda, poderá utilizar os produtos gerados nas suas hortas.

A EE José Rodrigues de Guedes em Rondonópolis (218 km a sul de Cuiabá) é uma das unidades que contam com o projeto piloto. Com dedicação, alunos e professores utilizam a horta para suprir as necessidades da merenda, além de aprender e ensinar.

De acordo com a diretora da unidade, Cristiane Rojas, a horta é muito mais do que um espaço da escola, ela é um local de convivência e união da comunidade. “O que é para a escola, é também para a comunidade. Aqui é o mundo deles, a vida deles, e a horta não é diferente. Muitos têm a horta em casa, conhecem e sabem de algumas coisas, mas aqui com os colegas e professores, essa interação é muito mais atrativa”.

A professora Sirlei Rodrigues Lopes, que há 15 anos leciona português na escola, conta que a horta une alunos de diversas gerações e deixa lições muito maiores do que se imagina. "Tenho um aluno do 3º ano que trouxe pés de abacaxis para plantar aqui. Ele não vai ver esse pé dar fruto, mas quis se tornar um influenciador. Um exemplo e deixar um legado. Aqui aprendemos a compartilhar o que há de melhor: o amor."

Segundo a professora, o projeto cumpre muito mais do que uma necessidade básica da escola e já era clamado pela comunidade local há muito tempo. “É muito bom ver as crianças com as mãos na massa e trabalhando pelo bem da escola. São alunos que moram na comunidade rural, que tem um contato diferenciado com natureza, eles pedem por isso, então essa horta vem para somar”.

O quarteto formado por Mirela Martins, Marcela Ribeiro, Yasmin da Silva e Ane Gabriele, todas com 9 anos, fala com carinho de tudo o que é plantado e colhido no local. Elas ajudaram a ‘decorar’ o espaço com cds, que na realidade servem para espantar alguns passarinhos.

“Tem cebolinha, agrião, tomate, couve, alface, ah eu gosto de tudo mesmo, não sei escolher do que gosto mais”, afirmou Mirela.

O projeto faz parte do Pró-Escolas, maior programa de investimentos da educação de Mato Grosso. O programa prevê uma série de projetos e medidas para a redução da evasão escolar e melhoria dos indicadores de ensino no Estado. Até 2018, serão investidos mais de 360 milhões em construções, manutenção e melhorias na infraestrutura das unidades escolares.

MT Agora - Seduc-MT

Mais Noticias

Algodão

Preço estimula aumento de plantio do algodão em Sorriso

Estimativa Em 5 Anos

Produtores de milho de MT querem aumentar produção de etanol de milho para 3,5 bilhões em 5 anos

Dados

Abate de bovinos cresce 37,5% em MT; resultado é o melhor em 10 meses, diz Indea

Dados

Instituto aponta queda de 57% nas exportações de carne bovina em MT

11/07/2018 -

Mato Grosso é o estado com a maior frota de aeronaves agrícolas do país

Ao todo, o estado tem 464 aviões cadastrados. O número de aviões no estado corresponde a quase 20% do total usado no país.

04/07/2018 -

Banco do Brasil destina R$ 103 bilhões para crédito agrícola

O valor é 21% maior do que o total desembolsado na safra 2017/2018, cerca de R$ 85 bilhões.

04/07/2018 -

Governo de MT inaugura Laboratório de Sanidade Vegetal e Arquivo Central do Indea

As obras foram realizadas por meio de termo de cooperação com o Fundo Mato-grossense de Apoio à Cultura da Semente (Fase), e dão continuidade ao sonho de tornar o Complexo do Planalto, em um centro tecnológico da Defesa Agropecuária em Mato Grosso.

03/07/2018 -

OCDE e FAO: produção agrícola mundial deve crescer 20% em dez anos

O aumento será ainda maior nas regiões em desenvolvimento, como a África Subsaariana, Ásia Meridional e Oriental, Meio Oriente e Norte da África. Movimento oposto deve ocorrer nos países desenvolvidos.

30/06/2018 -

Sorriso: 20% da safra de milho foram colhidas até agora

A expectativa dos produtores é encerrar a colheita dentro dos próximos 15 dias.

30/06/2018 -

Custo da produção de algodão em Mato Grosso sobe 0,82%

Tal variação se deve, principalmente, à valorização do dólar no último mês, que influenciou no aumento dos custos com os defensivos e fertilizantes.

30/06/2018 -

Ministério da Agricultura diz que o projeto sobre agrotóxicos não aumenta risco à saúde

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento divulgou nota, nesta quinta-feira (28), apontando que há muita preocupação em relação ao uso de substâncias químicas.

25/06/2018 -

Vazio sanitário da soja começa em MT e segue até o dia 15 de setembro

Durante 90 dias, produtores não podem manter pés de soja vivos para evitar ferrugem asiática. Em caso de descumprimento, eles podem ser multados pelo Indea.

21/06/2018 -

Mato Grosso mais perto do fim da vacinação da Febre Aftosa

A previsão é que até maio de 2021 seja feita a última campanha de vacinação contra a febre aftosa no Brasil, conforme o cronograma do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

17/06/2018 -

MT abate 89 mil cabeças de gado a mais no 1º trimestre de 2018 e lidera produção no país

Segundo o IBGE, o estado lidera a produção nacional com 15,6% do que é produzido no país. Ao todo, 7,72 milhões de cabeças de gado nos três primeiros meses de 2018.

15/06/2018 -

Mais de 6 mil propriedades serão fiscalizadas durante vazio sanitário da soja

De 15 de junho a 15 de setembro não poderá haver plantas vivas de soja cultivadas ou guaxas, tanto em áreas de cultivo quanto às margens das rodovias.

13/06/2018 -

MT deve colher mais de 25% da produção de grãos, cereais e oleaginosas do país na safra 2018, estima IBGE

Ao todo, Mato Grosso deve produzir 25,9% da produção nacional. Na estimativa do IBGE, o estado deve ser o maior produtor de algodão herbáceo (em caroço) do país.

12/06/2018 -

IBGE reduz para 228,1 milhões de toneladas previsão de safra de grãos

A estimativa do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola, feita em maio, é 0,8% inferior (ou 1,9 milhão de toneladas) na comparação com a de abril.

12/06/2018 -

Agricultores antecipam compra de calcário para aplicar na próxima safra de soja em MT e aumentar a produtividade

Calcário aumenta os níveis de magnésio e cálcio nas plantas. Expectativa de crescimento nas vendas é de 8%, em relação a 2017.

12/06/2018 -

Aplicação de calcário nas lavouras aumenta a produção de grãos, diz pesquisa feita por alunos da UFMT

Professor que coordenou a pesquisa afirma que a ampliação em duas vezes da dose tradicionalmente aplicada por hectare rendeu em média 10 sacas a mais por ano.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora