Agronegócios

Lucas: Em audiência, produtores pedem agilidade na implementação de sistema de inspeção da agroindústria familiar

Produtores rurais que participaram nesta manhã (28) em Lucas do Rio Verde, de uma audiência pública proposta pela Empaer. O encontro, que reúne também representantes de sindicatos, cooperativas e associações, da Câmara e Prefeitura.

Audiência Pública | 28 de Novembro de 2017 as 13h 20min
MT Agora - Expresso MT

Garantir a comercialização da produção em outros municípios e fortalecer a agricultura familiar. Esse é o pedido de produtores rurais que participaram nesta manhã (28) em Lucas do Rio Verde, de uma audiência pública proposta pela Empaer. O encontro, que reúne também representantes de sindicatos, cooperativas e associações, da Câmara e Prefeitura, aconteceu no auditório da Câmara Municipal.

O setor produtivo pede a implementação imediata do Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar e de Pequeno Porte (SUSAF-MT). Com a colocação em prática desta lei, os produtos podem, enfim, comercializar a produção agroindustrial em todo o Estado e não apenas no município de origem.

O SUSAF é o sistema que garante a equivalência dos Serviços de Inspeções Municipais e das Vigilâncias Sanitárias Municipais, por município ou por meio de consórcio intermunicipal de desenvolvimento, para a produção e comercialização de produtos de origem animal e vegetal da Agricultura Familiar e de Pequeno Porte em todo território estadual.

Através do sistema é possível ampliar a comercialização dos produtos da agroindústria familiar e de pequeno porte de origem animal e vegetal para todo o Estado de Mato Grosso. Segundo o Governo do Estado, o Susaf possui importância econômica, sanitária, ambiental, com o combate a clandestinidade (trabalhista, ambiental e criminal). Por ser um sistema de equivalência o público alvo direto são os municípios com SIM e Vigilância Sanitária, consequentemente as agroindústrias familiares e de pequeno porte.

Com a nova lei, o governo espera que haja verticalização da produção, geração de emprego e renda, diversificação da produção, melhoria da qualidade de vida do produtor e ainda a fixação do jovem no campo, uma das grandes lutas encampadas para a continuidade da produção agrícola.

“A ideia principal desse encontro é alinharmos as conversas para poder deslanchar essa questão da regularização do Susaf. A gente sabe a importância das agroindústrias familiares para a região e isso aí, se nós não conseguirmos alinhar as conversas a nível estadual e municipal com as fiscalizações de agroindústrias e entrepostos de produção e industrialização da matéria prima da agricultura familiar a gente vai ter problemas pra frente”, prevê o coordenador regional da Empaer, Rogério Leschewitz.

“A agricultura familiar está passando por um momento de crise. A nossa preocupação é muito grande, por isso estamos aqui em Lucas do Rio Verde tentando através de nossas lideranças fazer com que os deputados que estão aprovando o SUSAF, que tenham sensibilidade e vejam que não é possível comparar um pequeno empreendimento com uma grande indústria”, reclama o presidente do Sinterp-MT (Sindicato Dos Trabalhadores Da Assistência Técnica, Extensão Rural E Pesquisa Pública De Mato Grosso), Gilmar Brunetto, o Gauchinho.

A realidade dos pequenos produtores à luz do SUSAF foi exemplificada por Anselmo Perin, que mantém na propriedade familiar, na Comunidade 30 de Novembro, um abatedouro de aves. O empreendimento é considerado modelo, mas vem enfrentando dificuldades pela falta de mercado local. O produtor rural já foi procurado por redes atacadistas, mas não consegue ofertar o frango semicaipira em razão dos problemas de inspeção impostos através da legislação. “Alguns mercados me pediram se tinha como levar meu produto para outras unidades da rede deles. Se chegar esse documento (SUSAF) é possível levar pra outras regiões deles, mas sem o documento infelizmente tem que ser só no município”, lamentou Perin, que assumiu compromisso alto pelo investimento feito em seu abatedouro.

O presidente da Câmara, Jiloir Peliciolli, o Mano, enalteceu a iniciativa pela realização da audiência e a proposta de se reunir com os deputados estaduais para reivindicar agilidade na regulamentação do Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar e de Pequeno Porte (SUSAF-MT).

O secretário de Agricultura de Lucas do Rio Verde, Marcio Albieri, afirmou que o município tem procurado apoiar o pequeno agricultor oportunizando meios para que os produtos produzidos no município acabem na mesa dos luverdenses, citando também a geração de empregos nessas propriedades. “Que esse processo (de aprovação e regulamentação do SUSAF) que já está na Assembleia Legislativa, aconteça com mais rápido, o agricultor familiar tem pressa. Nós estamos solidários, apoiamos a iniciativa da Empaer e vamos brigar para que o quanto antes esse SUSAF possa entrar em vigor”, concluiu.

COMENTARIOS

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Segunda Feira

Lucas do Rio Verde, MT

Tempo limpo

25º

COTAÇÃO