Nota

Ministério da Agricultura diz que o projeto sobre agrotóxicos não aumenta risco à saúde

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento divulgou nota, nesta quinta-feira (28), apontando que há muita preocupação em relação ao uso de substâncias químicas.

30 de Junho de 2018 as 23h 47min

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento divulgou nota, nesta quinta-feira (28), apontando que há muita preocupação em relação ao uso de substâncias químicas. Os debates sobre o tema, muitas vezes, têm pouco embasamento científico. A filosofia de risco zero não é adequada, pois mesmo uma substância que aparentemente seja segura, como a água, quando consumida em quantidade exagerada pode levar a risco de vida. Nesse sentido, os pesticidas são ferramentas essenciais à produção agrícola brasileira e à manutenção do seu alto nível produtivo. A necessidade do uso dessas ferramentas torna ainda mais evidente a sua utilização de forma correta, segundo as orientações estabelecidas por ocasião do registro do produto, no sentido de minimizar possíveis riscos de sua utilização”

“O propósito do Projeto de Lei do Senado n° 6.299/2002, que trata da revisão da legislação brasileira de agrotóxicos não pretende aumentar o risco quanto ao uso dessas substâncias, nem tornar o processo de registro negligente. Objetiva também modernizar os termos e procedimentos atuais, com vistas a melhorar a eficiência do registro desses produtos, inclusive, aumentar as multas, de R$ 29 mil reais atuais para até R$ 2 milhões, no caso de não cumprimento da nova legislação. Conforme a legislação atual, e mesmo na nova proposta, um pesticida só pode ter sua autorização de comercialização concedida se aprovado também pelos órgãos de saúde (Anvisa) e meio ambiente (Ibama) partícipes do registro dessas substâncias, mantendo suas prerrogativas legais. Assim, a proposta de alteração da Lei 7.802, de 11 de julho de 1989, em discussão no Congresso Nacional não altera a sistemática do registro e nem permite que produtos que já foram restritos ou banidos por motivos de saúde e do meio ambiente retornem automaticamente ao mercado. Nesses casos, apenas nova decisão dos órgãos registrantes, incluindo os de saúde e de meio ambiente, poderá permitir que produto já banido seja novamente comercializado”, diz o ministério.

O Brasil é um dos países que mais produz e exporta alimentos e sua legislação precisa atender, de forma segura e eficiente, o avanço do setor agropecuário. “Há, hoje, mais de 35 novos ingredientes ativos na fila de análise, via de regra mais eficientes e menos nocivos à saúde e ao meio ambiente do que produtos que já estão no mercado. No entanto, o método atual de avaliação e de registro não permite previsibilidade sobre quando os agricultores brasileiros terão acesso a essas novas tecnologias, já disponíveis em diversos países. Dessa forma, diminui-se a competitividade do agricultor brasileiro e há prejuízo quanto à comercialização de seus produtos tanto no mercado interno quanto externo”, acrescenta o Ministério da Agricultura. “Na atual lei, existem inconsistências que precisam ser corrigidas. Considera-se como agrotóxicos “os produtos e os agentes de processos físicos, químicos ou biológicos …”. Assim, produtos biológicos são considerados agrotóxicos, como também o tratamento por água quente em mangas para evitar moscas das frutas. Um produtor que usa somente produtos biológicos, portanto, estaria usando agrotóxico”, emenda.

O ministério conclui considerando que “é fundamental a revisão da legislação brasileira de agrotóxicos para harmonizá-la com os compromissos que o Brasil assumiu na OMC, inclusive junto ao Codex Alimentarius, e torná-la mais eficiente. Pelos motivos já expostos, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento apoia o Projeto de Lei nº6.299/2002”.


MT Agora - Só Notícias | Agronotícias

COMENTARIOS

Mais de Agronegócios

Segunda Safra

Produtores investem em crotalária na segunda safra para aumentar produtividade de soja

Planta prepara o solo para o cultivo da soja, aumenta a quantidade de nutrientes e reduz a população nematóides.

19 de Abril de 2019 as 18h28

Previsão

Produção de girassol em MT deve ter queda de quase 30% em relação à safra anterior, estima Conab

Previsão é que o estado, maior produtor de girassol do país, produza 72 mil toneladas do produto. No ano passado, por outro lado, a produção foi de 120 mil toneladas.

07 de Abril de 2019 as 15h42

Agronegócio

MP 867/18: Selma Arruda e Sérgio Souza apresentam Plano de Trabalho

é preciso garantir segurança jurídica aos produtores rurais que desejam estar inseridos no PRA com vistas à regularidade ambiental

03 de Abril de 2019 as 21h05

Show Safra BR 163

Mulheres e agronegócio: Uma entrevista com quem conhece a evolução das mulheres em uma das áreas mais promissoras da economia nacional

A supervisora de Experiência do Cliente para John Deere Brasil, Maria Cândida de Melo, esteve no Show Safra BR 163 e batemos um papo com ela sobre a presença da mulher em lugar de destaque no agronegócio.

29 de Março de 2019 as 22h18

Show Safra BR 163

Produtores mostram que é possível fazer manejo integrado durante o Show Safra em Lucas do Rio Verde

Ao fim da safra, com menor número de pulverizações de inseticidas, foi possível colher as mesmas 65,5 sacas que em outro talhão com a mesma cultivar de soja, porém com uma economia de R$ 97 por hectare.

29 de Março de 2019 as 22h14

Sindicado Rural

Antônio Lira é empossado presidente do Sindicato Rural em Lucas do Rio Verde

O Sindicato Rural de Lucas do Rio Verde é considerado um dos mais fortes no Estado. O município está entre os principais produtores e exportadores de soja e milho em Mato Grosso.

29 de Março de 2019 as 22h10

Show Safra BR 163

Bispo Dom Vital Chitolina é homenageado no Show Safra BR 163

O bispo da Diocese de Diamantino-MT, Dom Vital Chitolina, foi homenageado com o mérito "O Semeador", nesta sexta-feira (29), no encerramento do Show Safra BR 163.

29 de Março de 2019 as 20h14

Show Safra BR 163

Show Safra: Pequenos municípios grandes potencialidades

Tapurah e Pontes e Lacerda apresentaram oportunidades de crescimento econômico com base no agronegócio

29 de Março de 2019 as 19h54

Show Safra BR 163

Show Safra 2020: Começam os preparativos para a próxima edição

O Show Safra BR 163 2020 será realizado de 17 a 20 de março. A Fundação Rio Verde espera aumentar em 15% a estrutura do parque e discutir tecnologia e informação.

29 de Março de 2019 as 19h37

Evento

Fórum da Agricultura Familiar reúne produtores, autoridades e lideranças da região

O evento foi realizado pela Prefeitura de Lucas do Rio Verde durante o Show Safra BR 163

29 de Março de 2019 as 18h41

Biodiesel

Bolívia autoriza biotecnologia para produzir biodiesel

O pais está comprometida com os biocombustíveis

29 de Março de 2019 as 09h28

Aftosa

Fim da vacina contra aftosa: E se o vírus voltar?

O Brasil está prestes a iniciar seu Programa Nacional de Erradicação de Febre Aftosa (PNEFA)

29 de Março de 2019 as 09h25

Show Safra

Prefeitura apresenta pesquisas da agricultura familiar no Show Safra BR 163

Com uma área de aproximadamente um hectare, a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente mantém um campo experimental

28 de Março de 2019 as 16h12

Show Safra

Agricultores seguem tendência de buscar autonomia no transporte da produção

Com o mercado aquecido as concessionárias se prepararam para atender a demanda

27 de Março de 2019 as 21h13

Show Safra

Penúltimo dia do Show Safra traz discussões sobre suinocultura e manejo do algodão

A professora da PUC/RJ destaca a importância da presença da mulher no agronegócio, às 16h30.

27 de Março de 2019 as 21h12

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

Você concorda com a decisão do TRE que cassou o mandato da senadora Selma Arruda?

Sim

Não

Parcial
veja +

COTAÇÃO