Agronegócios

Pecuária sustenta o desempenho do agronegócio

Projeções apontam que a atividade econômica representará a maior fatia do PIB do agronegócio mineiro.

Pecuária | 24 de Outubro de 2015 as 17h 09min
MT Agora - Portal Do Agronegócio

Após um primeiro trimestre de bons resultados, o agronegócio acabou sentindo os reflexos da instabilidade econômica no acumulado do semestre. Segundo dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) da Universidade de São Paulo (USP), o Produto Interno Bruto (PIB) do setor registrou uma retração de 0,15%, em comparação com os dados do mesmo período de 2014, somando R$ 1,225 trilhão. Apesar de fazer parte do segmento, a pecuária não seguiu essa tendência e cresceu 0,53%, mantendo expectativas positivas para o fim do ano.

O levantamento apontou que o resultado adverso do agronegócio foi influenciado pela queda de 0,47% da atividade agrícola, influenciada, principalmente, pela deterioração dos preços agrícolas no mercado externo.

Já os resultados da atividade pecuária, foram alavancados pelo bom desempenho das exportações de carne bovina e o crescimento das vendas de carne suína, ovos e produtos lácteos.

Responsável pelo segundo maior rebanho bovino do Brasil e líder absoluto na captação e produção leiteira, o Estado de Minas Gerais deve se beneficiar com os bons resultados da agropecuária. Uma projeção realizada pelo Cepea, em parceria com a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg), aponta que o PIB do agronegócio mineiro deve crescer 0,89% em 2015, superando a marca de R$ 163 bilhões. Desse resultado, 53,53%, ou seja, R$ 88,625 bilhões, serão referentes à atividade pecuária, enquanto 46,47%, ou R$ 74,867 bilhões, advindos da agricultura.

Profissionalização pode potencializar resultados

O momento vivido pela economia brasileira tem forçado algumas organizações a reverem suas formas de produção e gestão. A profissionalização das empresas rurais tem sido apontada como uma oportunidade para tornar o negócio mais rentável e sustentável, contribuindo, assim, para os resultados do setor. “As fazendas estão tomando consciência do potencial econômico de suas atividades e buscado, cada vez mais, formas de aprimorar sua produção e seus ganhos financeiros”, afirma Bernardo Reis, diretor da Prodap, empresa especializada no desenvolvimento de soluções que combinam gestão, nutrição e softwares para o agronegócio.

A empresa atende cerca de 300 clientes de diferentes portes em todo o país, como fazendas, fábricas de ração, cooperativas e laticínios. E tem acompanhado vários cases de propriedades rurais que transformaram a realidade do negócio por meio de um planejamento para a profissionalização. “Temos clientes, nas cadeias de carne e leite, que deram saltos significativos na gestão do rebanho e na rentabilidade de sua produção, a partir da tomada de decisões assertivas e conscientes, baseadas nas diretrizes de um planejamento estratégico”, conta Reis.

Entre os cases de sucesso, está a fazenda Buritis, localizada na cidade de Itapirapuã, em Goiás. Especializada na atividade de pecuária de corte, a propriedade conta com os serviços da empresa há nove anos e emprega a Solução Total Prodap – conjunto de estratégia que combina consultoria, software de gestão e programas nutricionais vinculados às metas financeiras. “Nós havíamos intensificado a pecuária na fazenda e saímos de um desfrute de 35% do rebanho, para 100%. Este crescimento impactou todo o processo de gestão do negócio e precisamos buscar um suporte de gestão e nutrição, que mantivesse todos os esforços alinhados para um mesmo objetivo”, comenta Rodrigo Albuquerque, médico veterinário da fazenda Buritis.

Para Albuquerque, o processo de profissionalização do negócio é vital, mas demanda outros investimentos, como o desenvolvimento de mão de obra especializada. “A partir do momento que você resolve intensificar as atividades, aumenta o número de animais abatidos, o giro da propriedade e, proporcionalmente, os volumes financeiros. Por isso, é preciso se preparar para esta mudança, pois o fato de não ser profissional na condução do negócio, em questão financeira e zootécnica, representa um alto risco”, avalia.

COMENTARIOS

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Sexta Feira

Lucas do Rio Verde, MT

Tempestades

22º

COTAÇÃO