Laudo

Pecuarista perde três animais vítimas de raiva bovina em MT

Casos de raiva foram confirmados pelo Indea e as fazendas da região estão sendo notificadas a vacinar o rebanho.

13 de Dezembro de 2018 as 18h 05min

O pecuarista Adilson Polizer, de Alta Floresta, a 800 km de Cuiabá, perdeu seis animais na última semana. De acordo com o Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea), três dessas mortes foram ocasionadas por raiva, que é transmitida por morcegos, conforme exames.

Segundo a presidente do Indea, Daniela Bueno, assim que avisados do ocorrido, fiscais foram até a fazenda para verificar a situação e coletar material para exames.

“Fomos informados da morte de um bezerro, na sexta-feira (7), mas chegando lá encontramos outros dois animais mortos. Os fiscais foram ao local, coletaram material e, na segunda-feira (10), recebemos o resultado positivo”, relatou.

Assim que tiveram acesso ao resultado, os fiscais voltaram à propriedade e vacinaram cerca de mil animais, entre bois, vacas, bezerros e novilhas.

De acordo com o pecuarista, as mortes ocorreram uma seguida da outra e de forma rápida. Apesar do laudo ter confirmado a incidência de raiva em apenas três casos, ele suspeita que outros três animais também tenham sido vítimas da doença.

Depois dos casos confirmados, os fiscais do Indea estão percorrendo a região e já notificaram 119 propriedades, em um raio de 12 km. Todas devem vacinar o rebanho contra raiva.

“Os pecuaristas notificados têm um prazo de 10 dias para fazer a vacinação e todos os animais devem receber a dose”, explicou Daniela.

Ainda segundo ela, os agentes buscam de onde estão vindo dos morcegos que transmitem a doença para que possam exterminar o vírus.

“Estamos procurando onde esses morcegos estão alojados para fazermos a captura”, completou.

Raiva bovina

Transmitido pela picada de morcegos hematófagos, que são portadores, reservatórios e transmissores do vírus, por meio da saliva infectada que, pela mordedura ou lambida em alguma ferida aparente do animal, transmite a raiva. O vírus não tem tratamento. Por isso, a alternativa é a vacinação.

Após a contaminação, o animal tem até três meses de vida, período em que se desenvolvem sintomas como isolamento, agressividade, salivação e dificuldade ao andar. O ser humano também pode ser infectado.


Fonte: Laércio Romão | TV Centro América

COMENTARIOS

Mais de Agronegócios

Vazio Sanitário Da Soja

Vazio Sanitário da soja começa amanhã em Mato Grosso

Indea deve iniciar fiscalizações nas áreas produtoras

14 de Junho de 2019 as 21h33

Embargo

Acrimat diz que não dá para calcular impacto da suspensão do embargo da carne bovina produzida em MT

Associação diz que pecuaristas vão mudar estratégias de comercialização até que preços sejam restabelecidos.

14 de Junho de 2019 as 11h53

Milho

Produção de milho em MT deve ser de mais de 30 milhões de toneladas, segundo Conab

Imea também estima produção no mesmo patamar, com algumas toneladas a mais.

12 de Junho de 2019 as 07h02

Vaca Louca

Preço da arroba do boi despenca após caso atípico de vaca louca

O Ministério da Agricultura suspendeu o envio de carnes para a China e essa ação fez com que as indústrias adotassem outras estratégias de compra e também de abate dos animais em Mato Grosso.

09 de Junho de 2019 as 21h23

Florestas Plantadas

Ministério da Agricultura aprova Plano Nacional de Florestas Plantadas para fortalecer o segmento no Brasil

Plantio florestal adota sistemas agrícolas sustentáveis e deve expandir área plantada nos próximos anos.

05 de Junho de 2019 as 22h16

Caso Em Mato Grosso

Governo anuncia suspensão da exportação de carne bovina para a China após caso de ''vaca louca''

De acordo com Ministério da Agricultura, suspensão atende a acordo sanitário entre Brasil e China. Na semana passada, foi detectado caso da doença em um animal no Mato Grosso.

03 de Junho de 2019 as 22h17

Seca

Silagem de milho é alternativa de alimentação para o gado durante a seca

Com a fabricação da própria silagem de milho, não há a necessidade de comprar e transportar o produto de fora. Isso faz com que os custos com a alimentação do gado diminuam.

26 de Maio de 2019 as 12h15

Aftosa

Em MT, búfalos são vacinados contra aftosa; vacinação termina em 31 de maio

Propriedade em Jangada investe na criação da búfalos para produção de leite e derivados.

26 de Maio de 2019 as 12h08

Chuvas

Chuva e pragas provocam aumento de preço do quiabo, chuchu e abacate em MT

Pesquisa mostra que tomate teve baixa no preço.

22 de Maio de 2019 as 10h20

Regularização

Reuniões esclarecem moradores sobre Programa de Regularização Fundiária em Nova Mutum

A expectativa da Prefeitura é que todo processo seja concluído em 12 meses.

15 de Maio de 2019 as 10h22

Agricultura Familiar

Agricultura Familiar de Nova Mutum terá assessoria de Laboratório para Análise de Solo

Essa ação visa prestar serviços de assessoria aos pequenos produtores que comercializam nos mercados

15 de Maio de 2019 as 10h16

Taxação

Produtores de MT protestam contra taxação do milho e cobram aplicação do Fethab em estradas

Cartas de reivindicação serão entregues na ALMT e no Palácio Paiaguás.

15 de Maio de 2019 as 09h56

Agricultura

Produção de milho impulsiona Safra 2018/2019, que deve alcançar 236,7 milhões de toneladas

Resultado se aproxima do recorde histórico alcançado em 2016/2017

13 de Maio de 2019 as 20h26

Agricultura Familiar

Publicada lista de produtos com bônus em maio para Garantia de Preços para a Agricultura Familiar

Onze produtos tiveram preço de mercado abaixo e terão descontos na amortização ou liquidação do Pronaf

13 de Maio de 2019 as 20h23

Segurança no Campo

Fazendeiros de MT apoiam decreto pró-armas de Bolsonaro

Produtores afirmam que invasões de propriedades chegaram a um nível inaceitável

13 de Maio de 2019 as 10h04

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

veja +

COTAÇÃO