Agronegócios

Produção de etanol em MT deve cair mais de 30% na nova safra, diz Conab

De acordo o órgão, estiagem provocou diminuição da produção. Maior queda, segundo a estimativa, é na produção de etanol hidratado.

Queda | 21 de Agosto de 2016 as 03h 58min
MT Agora - G1 MT

Segundo a Conab, diminuição da área cultiva com cana-de-açúcar afetou produção (Foto: Reprodução/EPTV)

A produção total de etanol em Mato Grosso deve sofrer queda de 31,6% na safra 2016/2017, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). A estimativa do órgão, é de que na nova safra sejam gerados, pelo menos, 907.025 mil litros de etanol. Na safra 2015/2016, o estado produziu mais de um milhão de litros de etanol total. Uma das justificativas para a queda na produção, segundo a Conab, foi a diminuição da área destinada à plantação de cana-de-açúcar.

A queda na produção de cana, afeta diretamente a produção de etanol e o bolso do consumidor. Segundo a Conab, a produção de etanol anidro, utilizada na mistura com a gasolina, deve cair cerca de 10% na nova safra. No último ano, foram produzidos 528 mil litros do combustível. A expectativa é de que sejam produzidos 470 mil litros de etanol anidro na nova safra.

A produção de etanol hidratado, o combustível propriamente dito, é a que deve apresentar maior queda, segundo a estimativa. A expectativa é que Mato Grosso produza apenas 436.555 mil litros do combustível. Uma queda de 45% em relação a última safra, quando foram produzidos 798 mil litros de etanol hidratado.

A justificava para a queda na produção, segundo a Conab é a diminuição da área destinada à plantação de cana-de-açúcar. No estado, a área cultivada com a planta passou de 232,8 mil hectares na última safra, para 230,2 mil hectares este ano. O órgão espera que sejam colhidos cerca de 15 mil toneladas de cana na safra 2016/2017. Ainda segundo o órgão, a estiagem também afetou a produção dos canaviais em Mato Grosso.

O diretor executivo do Sindicato das Indústrias Sucroalcooleiras do Estado de Mato Grosso (Sindalcool-MT) contesta os dados da Conab e diz que a produção no estado deve seguir dentro da normalidade. "Nós nos reunimos com todos os associados para saber qual era a realidade nas lavouras e os dados apontam que a colheita deve seguir normalmente", afirmou.

A expectativa do sindicato é de colher 17 mil toneladas de cana-de-açúcar e produzir um total de 600 mil litros de etanol hidatratato e, cerca de, 550 mil litros de etanol anidro.

COMENTARIOS

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Domingo

Lucas do Rio Verde, MT

º

COTAÇÃO