Leandro J. Nascimento

Renegociação de dívida da agricultura familiar tem baixa adesão em MT

Agricultores têm até 30 de setembro para manifestar interesse em renegociar. Estado tem 124 mil famílias vinculadas à categoria familiar.

MT Agora - G1
22 de Maio de 2012 as 14h 08min

Seis meses após entrar em vigor quatro resoluções do Governo Federal que possibilitaram aos agricultores familiares renegociar as dívidas de operações de crédito rural, no âmbito do Pronaf e também do crédito fundiário, a procura junto às instituições financeiras está abaixo do esperado. De acordo com o Banco do Brasil, somente em Mato Grosso são 65.851 contratos cujos saldos devedores podem ser revistos junto à instituição. O banco responde, no estado, por 98% das liberações de recursos para as atividades no campo.

Há prazo estipulado pelo Governo Federal para que sejam registradas as intenções de se negociar os débitos. Vai até o dia 30 de setembro, conforme explica o gerente de Agricultura Familiar da Superintendência do Banco do Brasil em Mato Grosso, Edson Anelli. “Hoje há uma baixa adesão nos pedidos de renegociação das dívidas do Pronaf e do Crédito Fundiário. É importante renegociar os débitos porque é a oportunidade de retornar ao Sistema Nacional de Crédito”, mencionou.

Cento e quarenta e uma mil famílias estão enquadradas na categoria familiar e exercem atividades tradicionais em assentamentos ou demais comunidades na zona rural. O segmento é a grande aposta para tornar o estado autossuficiente no fornecimento dos alimentos que chegam à mesa dos mato-grossenses.

O secretário adjunto de Desenvolvimento Rural do Estado (Sedraf), Renaldo Loffi, destaca que se ampliada a produção na linha bovinocultura de leite, fruticultura, apicultura, piscicultura bem como a ovinocultura e caprinocultura, a unidade federada ganhará autonomia na produção de alimentos.

Atualmente, 70% dos produtos consumidos originam-se de outros estados. “Temos possibilidade para abastecer o estado e exportar para outros. Fazer com que sejamos suficientes em alimentos como leite, frutas, verduras e legumes”, detalhou o representante.

O desafio, destacam ambos representantes da instituição financeira e também do governo, é estimular os agricultores a renegociar os débitos. Segundo explica Anelli, do Banco do Brasil, não está estimado o tamanho do endividamento da agricultura familiar. Isto porque o volume liberado varia de proposta para proposta.

"É preciso buscar informação junto aos sindicatos para saber como as operações se enquadram nas resoluções, fazer as intenções de renegociação e juntar a documentação necessária", pontuou ainda o gerente de Agricultura Familiar.

Em Cuiabá, representantes de diferentes entidades traçaram um plano estratégico para levar até os municípios com mais casos de endividados as informações sobre as resoluções. Serão organizados mutirões para orientar pequenos produtores.

Em Mato Grosso, o maior volume de dívidas está concentrado nos assentamentos rurais como na chamada Baixada Cuiabana - região formada pelos municípios de Acorizal, Barão de Melgaço, Campo Verde, Chapada dos Guimarães, Cuiabá, Jangada, Nobres, Nossa Senhora do Livramento, Nova Brasilândia, Planalto da Serra, Poconé, Rosário Oeste, Santo Antônio de Leverger, Várzea Grande.

Há concentração de casos também na região de Cáceres e baixo Araguaia. "São os municípios onde existe a maior parcela dos assentamentos", concluiu Anelli.

De acordo com a Lei 12.188 é denominado agricultor familiar quem possui rendimento bruto anual de até R$ 110 mil proveniente de atividade agropecuária. Utiliza mão de obra familiar e mora no próprio local onde atua. Ainda, detém uma área com até quatro módulos fiscais.

Entenda as resoluções
Edson Anelli, da superintendência do Banco do Brasil, explica que cada resolução abrange um grupo em particular. A de número 4.028, por exemplo, engloba as operações de custeio com risco integral ou parcial nas linhas C, D e E do Pronaf. Nela, o limite de crédito por beneficiário chega a R$ 30 mil.

Já a resolução 4.029 é voltada ao crédito fundiário e autorizou a renegociação de operações de crédito fundiário contratadas ao amparo do Fundo de Terra e da Reforma Agrária, inclusive as operações do Programa Cédula da Terra.

A 4.030 possibilitou a renegociação do saldo devedor dos financiamentos de investimento rural contratados entre 2 de janeiro de 2005 e 31 de dezembro de 2012, ao amparo da Linha de Crédito para o Grupo B do Pronaf – Microcrédito Produtivo Rural.

Por sua vez, a resolução de número 4.031 é voltada para as operações relacionadas aos grupos A e A/C do Pronaf.


COMENTARIOS

Mais de Agronegócios

Plantio

Plantio da soja na Bahia está atrasado; Em Mato Grosso, agricultores antecipam vendas do grão

Início de safra no Brasil apresenta irregularidade nas chuvas e produtores tentam amenizar os prejuízos do atraso.

18 de Novembro de 2019 as 09h56

Plantio da Soja

Sem chuva, produtores optam por irrigação para começar o plantio da soja em MT

Plantio teve início no último domingo (15). Nas regiões Leste e Araguaia, a safra deve começar no próximo mês.

20 de Setembro de 2019 as 17h48

Grãos

Mais de 100 mil toneladas de grãos caem de carretas durante o transporte em MT e são perdidas anualmente

Desperdício costuma ser maior quando há trepidações, causadas pelas más condições das vias.

27 de Agosto de 2019 as 16h10

Agricultura Familiar

Mais de 130 mil agricultores serão beneficiados pelo Susaf

Para ter acesso aos benefícios da lei, o produtor fará a adesão ao Serviço de Inspeção Municipal (SIM), como já ocorre hoje nos municípios.

26 de Agosto de 2019 as 15h55

Produção de Aves

Produtores de MT investem em tecnologia e iluminação para aumentar produção de aves

Estimativa de que o estado produza 13 milhões de toneladas de frango, este ano.

26 de Agosto de 2019 as 09h13

Queimadas

Em visita a MT, ministro do Meio Ambiente diz que parte das queimadas é feita de forma intencional

Segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), de janeiro até o dia 20 de agosto foram registrados quase 14 mil focos de calor em Mato Grosso.

22 de Agosto de 2019 as 10h33

Soja

Prestes a começar plantio de soja, produtores ainda buscam preços melhores para comercializar safra passada em MT

Imea diz que até o final de julho, cerca de 87% da safra 2018/2019 havia sido comercializados. Preço médico para a saca foi de R$ 65.

20 de Agosto de 2019 as 09h39

Colheita

Produtores de algodão aceleram a colheita e máquinas trabalham 24h por dia em MT

Esse avanço da colheita à noite acontece também para não atrasar os trabalhos que devem terminar em agosto, para que logo depois seja iniciado o cultivo da soja.

18 de Agosto de 2019 as 16h54

Soja

Área de soja aumenta pouco mais de 2% na última safra em MT, segundo levantamento da Unemat

Mais de 10 milhões de hectares de soja foram cultivados na safra passada.

18 de Agosto de 2019 as 16h33

Incentivos Fiscais

Projeto aprovado por deputados de MT concede até R$ 268 milhões em incentivos a setor algodoeiro

Segundo parlamentares, proposta visa garantir incentivo, fomento e atrativos para que novas empresas venham se instalar no estado.

16 de Agosto de 2019 as 00h21

Agricultura Familiar

Mais de 150 mil famílias vivem da agricultura familiar em MT, diz deputado

Em todo o estado, existem mais de 3 milhões de hectares de terra que pertencem somente a União, segundo o deputado estadual Valdir Barranco (PT).

13 de Agosto de 2019 as 22h16

Produção Agropecuária

Governo estima valor bruto da produção agropecuária em R$ 603 bilhões

Esse valor seria o segundo maior alcançado pelo setor agro nos últimos trinta anos.

13 de Agosto de 2019 as 21h29

DITR

Começa hoje prazo para entrega da declaração de propriedade rural

Titulares de terras têm até 30 de setembro para enviar dados.

12 de Agosto de 2019 as 12h59

Levantamento

Mato Grosso segue como maior produtor nacional de grãos; Sorriso, Nova Mutum e Lucas se destacam

Estes são os números do 11º levantamento do Acompanhamento da Safra Brasileira de Grãos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), publicado nesta semana.

12 de Agosto de 2019 as 12h43

Produção

MT lidera produção de grãos no país com 67 milhões de toneladas, estima Conab

A produção em MT equivale quase 28% da safra nacional de grãos, estimada em 241,3 milhões de toneladas. Na região Centro-Oeste, o número sobe para 61,15% do total previsto.

11 de Agosto de 2019 as 16h26

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

veja +

COTAÇÃO