Safra cheia deve impulsionar venda de máquinas agrícolas, diz Anfavea

A expectativa da associação, no entanto, é que as vendas de máquinas agrícolas e rodoviárias deve alavancar o setor.

08/02/2017 - 05:40:44

   

Os fabricantes de veículos automotores começaram 2017 com uma queda nas vendas de veículos de 5,2% em janeiro em relação ao mesmo período do ano passado. Os dados da Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) foram divulgados hoje (6) e frustaram o setor.

“O número de janeiro frustrou as nossas expectativas. Claro que tem a questão da sazonalidade, mas esperávamos chegar, pelo menos, no mesmo nível de janeiro de 2016”, disse o presidente da Anfavea, Antonio Megale, durante coletiva, em São Paulo, onde apresentou o desempenho da indústria automobilística brasileira no primeiro mês de 2017.

A expectativa da associação, no entanto, é que as vendas de máquinas agrícolas e rodoviárias deve alavancar o setor. Somente no primeiro mês deste ano houve um crescimento interno de 74,9% em relação a janeiro de 2016, e de 42% nas exportações.

A previsão da entidade para este ano é de um aumento na produção de 10,7%, puxando o crescimento em 13% nas vendas internas, e 6% nas exportações . “A previsão da safra recorde este ano é positiva para a questão das substituições de equipamentos agrícolas. Esperamos boa produtividade nessa safra e nas demais”.

Já os fabricantes de caminhões tiveram o pior desempenho no mês desde 2006, com queda de 33,3% em relação ao mesmo período de 2016. Megale considerou a situação "dramática” para o segmento, que vem apresentado recuos desde 2011.

Embora o mercado interno tenha amargado queda nas vendas de autoveículos novos, as exportações tiveram crescimento em janeiro de 56% em relação ao período anterior. “Este foi o melhor janeiro desde 2008 nas exportações, isso nos dá a indicação de que teremos um bom ano de vendas externas”, disse Megale.

E o setor tem se preparado para isso. A produção de veículos em janeiro cresceu 17,1% em relação ao mesmo mês do ano passado, chegando a 174,1 mil unidades fabricadas. A produção de máquinas agrícolas cresceu 82% no mês, com a produção três mil máquinas agrícolas. De acordo com a Anfavea, a previsão é que as exportações cresçam 7% em 2017, o que deve movimentar 11,7 bilhões de dólares no ano.

Mesmo com as quedas, o presidente da Anfavea mantém a projeção do setor para 2017. “Continuamos com a previsão de crescimento de 4% na venda de autoveículos novos; 7,2% nas exportações e de 11,9% na produção”.

Os postos de trabalho no setor seguem estáveis, com ligeira queda em janeiro de 0,04% em relação a dezembro de 2016. “Este mês já estabilizou a questão de postos de empregos, estamos prontos para dar a largada, mas ainda não apresentamos números positivos”, disse.

MT Agora - Ludmilla Souza Agência Brasil

Mais Noticias

Suspensão de Produção

Gigante da carne suspende produção em 10 frigoríficos de MT por três dias.

Show Safra

Ciclo de palestras técnicas do Show Safra inicia com foco na Ferrugem Asiática

Show Safra

Show Safra debate Plano Agrícola e Pecuário 2017/18

Show Safra

FPA defende redução de 2,5% em juros para investimento e custeio

22/03/2017 -

Prefeito Luiz Binotti participa da abertura do Show Safra BR 163

Cerca de 600 pessoas participaram da solenidade entre autoridades como ministro Blairo Maggi, governador Pedro Taques, senadores, deputados, prefeitos e vereadores da região

20/03/2017 -

Safra de grãos é recorde em MT, mas com qualidade comprometida

Produtores dizem que prejuízos passam dos R$ 238 milhões no estado. Chuvas em excesso acabaram prejudicando produtividade e colheita.

17/03/2017 -

Pedro Taques e Blairo Maggi confirmam presença no Show Safra BR 163

As autoridades devem prestigiar a abertura do evento, O deputado federal Nilson Leitão, também confirmou presença

17/03/2017 -

Economista fala sobre tendências favoráveis para o agro brasileiro

O economista Ricardo Amorim e o historiador Leandro Karnal estarão à frente das palestras másters do Show Safra BR 163

17/03/2017 -

Evento debate o uso do manejo visando alto rendimento e combate a pragas e doenças

Voltar a atenção do produtor rural para ferramentas, hábitos, tecnologias e métodos que irão influenciar no rendimento final da produção

14/03/2017 -

Prefeitura promove 4º Fórum Regional da Agricultura Familiar no dia 24

O fórum terá início às 7h30, no auditório da Fundação Rio Verde

06/03/2017 -

Colheita de soja em Mato Grosso avança para mais de 75% da área

O avanço semanal na colheita foi de 12,3 pontos percentuais.

06/03/2017 -

Alerta gafanhoto-migratório destrói pastagens e produtores temem chegada da praga na soja

Os produtores de soja temem que esta praga atinja os cultivos.

22/02/2017 -

Chuvas podem atrapalhar plantio do milho em Mato Grosso

Mato Grosso até o dia 17 de fevereiro semeou pouco mais de 58% dos 4 milhões de hectares destinados ao milho nesta safrinha.

21/02/2017 -

Economia exaurida de municípios pode ser recuperada pela agricultura familiar, afirma Fávaro

O Governo do Estado incentiva o fortalecimento da agricultura familiar nos municípios mato-grossenses.

21/02/2017 -

Cartas consulta são aprovadas e investimentos devem gerar 703 empregos

Os investimentos totalizam R$ R$ 57,1 milhões que serão aplicados na aquisição de equipamentos e insumos agrícolas

15/02/2017 -

Conab inicia fiscalização de estoques públicos

A expectativa é fiscalizar mais 603 mil toneladas de milho, café, trigo, fécula de mandioca, farinha de mandioca e diversos produtos industrializados /manufaturados.

15/02/2017 -

Mato Grosso inicia ano exportando 30% a mais de carne bovina

Na comparação com janeiro do ano passado o país obteve um aumento de 103%.

15/02/2017 -

Projeto cria selo para produtos da agroindústria familiar

A chancela, que integrará o Serviço de Inspeção Sanitária do Estado de Mato Grosso e a Coordenadoria de Defesa Agropecuária, também autoriza a comercialização dos produtos para todos os municípios situados no território mato-grossense.

14/02/2017 -

Liberado verbas para aquisição da agricultura familiar

O investimento total para aquisição de alimentos da merenda escolar, passa a ser de mais de R$ 4 bilhões. Além de beneficiar diretamente 41 milhões de estudantes matriculados na rede pública de ensino