Agronegócios

Segunda usina de etanol de milho prevista para ser construída em MT deve gerar mais de 3 mil empregos

Projetada para moer um milhão de toneladas de milho por ano, usina será construída em Sinop. Obra que deve custar R$ 500 milhões está prevista para começar em janeiro de 2018.

Investimento | 10 de Novembro de 2017 as 23h 28min
MT Agora - G1 MT

Sinop foi escolhido para a construção da usina pela maior disponibilidade de matéria-prima e pelo fato de estar em processo de industrialização. (Foto: Divulgação)

As obras de construção da segunda usina de etanol de milho do país estão previstas para ter início em janeiro, em Sinop, a 503 km de Cuiabá. Projetada para ter capacidade de moer um milhão de toneladas do grão por ano, a usina será a maior do Brasil, de acordo com o diretor executivo da Indústria Paraguaya Alcoholes (Inpasa), Rafael Ranzolin.

O investimento previsto para a construção da usina, às margens da BR-163, é de R$ 500 milhões. Segundo Rafael, o local foi escolhido por questões de logística e por apresentar melhor qualidade de solo.

Rafael contou que o município foi escolhido pela maior disponibilidade de matéria-prima e pelo fato de estar em processo de industrialização.

“Vamos trabalhar com raio médio de 150 km a 200 km de aquisição de matéria-prima, mas vamos comprar no estado todo. Sinop é um polo universitário e centro de tecnologia”, disse.

A fase de construção da usina deve gerar dois mil empregos diretos no município, além de mais de três mil vagas de emprego, diretas e indiretas, que devem ser abertas após a inauguração da usina, em julho de 2019.

Em agosto deste ano, uma usina de etanol de milho foi inaugurada em Lucas do Rio Verde, a 360 km de Cuiabá. A planta projetada pela FS Bioenergia tem capacidade de produzir 240 milhões de litros de etanol, além de 180 mil toneladas de farelo, 6 mil toneladas de óleo de melhor e energia, gerada a partir da queima de eucalipto, por ano.

A usina que deverá ser construída em Sinop, terá maior capacidade de produção em comparação com a de Lucas do Rio Verde, que possui rendimento para moer cerca de 600 mil toneladas de milho por ano.

COMENTARIOS

Mais de Agronegócios

Algodão

Qualidade das fibras do algodão continua sendo prejudicada

As chuvas moderadas e de forte intensidade, prejudicam a qualidade das fibras, trazendo prejuízos aos produtores.

17 de Agosto de 2018 as 15h31

Tabela De Frete

Tabelamento do preço de frete ainda não é praticado

Entidades se posicionam sobre a falta de diálogo e impactos da Medida Provisória.

15 de Agosto de 2018 as 19h56

Indea

Indea reinaugura unidade em Lucas do Rio Verde

A obra é fruto do termo de cooperação assinado entre o Governo do Estado e o Fundo Emergencial de Saúde Animal do Estado de Mato Grosso (Fesa) e o Fundo Mato-grossense de Apoio à Cultura da Semente (Fase).

10 de Agosto de 2018 as 16h04

Projeção

MT deve se manter na liderança como maior produtor de milho e soja pelos próximos 10 anos

Produção de soja deve passar de quase 32 mil toneladas para pouco mais de 43 mil toneladas. Já a produção de milho no estado deve ter aumento de 45,5%.

07 de Agosto de 2018 as 23h16

Estudo

Exposição ao agrotóxico em MT é seis vezes maior que a média nacional, aponta pesquisa

Dados indicam a presença de resíduos na urina e no sangue de trabalhadores rurais e de professores, urbanos e rurais, dos três municípios pesquisados, e de produtos não autorizados para a cultura em que foram encontrados.

01 de Agosto de 2018 as 22h41

Rebanho Bovino

Sapezal, Campo Novo e Lucas do Rio Verde entre maiores na expansão do rebanho bovino

Atualmente são cerca de 30 milhões de cabeças de gado no Estado.

01 de Agosto de 2018 as 20h52

Veja Mais
Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Sexta Feira

Lucas do Rio Verde, MT

Estrelado

23º

COTAÇÃO