Redação

Arrecadação soma R$ 85,683 bi em junho, pior desempenho desde março

Segundo dados da Receita, arrecadação cai em comparação a maio e com 2012

Fonte:MT Agora - Veja
23 de Julho de 2013 as 07h 13min

O governo federal arrecadou 85,683 bilhões de reais em impostos e contribuições em junho, no pior resultado mensal desde março deste ano (80,556 bilhões de reais) e abaixo do esperado pelo governo, mostrando queda real de 0,99% sobre igual mês do ano passado, informou a Receita Federal nesta segunda-feira. No acumulado de 2013 até junho, a arrecadação chega a 543,985 bilhões de reais, alta real de apenas 0,49% sobre um ano antes.

Em maio, a arrecadação havia ficado em 88,087 bilhões de reais, em número ajustado pela Receita. Todos os valores são corrigidos pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Os números mostram que o recolhimento de tributos federais continua afetado pelo baixo crescimento da economia, pelas desonerações tributárias adotadas para aquecer a economia e pela baixa lucratividade das empresas. De acordo com a Receita, somente entre janeiro e junho, 35,1 bilhões de reais deixaram de entrar nos cofres do governo federal por efeito das desonerações.

O fisco federal também aponta como fatores que influenciaram negativamente os resultados, o baixo crescimento da produção industrial e das vendas de bens e serviços, refletindo a baixa expansão da atividade.

Na comparação de junho com igual mês do ano anterior, quase todos os tributos federais mostraram queda na arrecadação, como imposto de renda, com recuo de 9,11%, e o imposto sobre operações financeiras (IOF), com retração de 10,32%.

Na comparação do primeiro semestre frente a igual período do ano passado, o Imposto sobre Produtos Industrializado (IPI) mostrou queda real de 10,83%, o IOF teve retração de 13,73% e o IR queda de 0,01%.

Em entrevista à Reuters, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse que não havia mais margem para redução de tributos e que poderá haver recomposição de alguns tributos para ajudar nas receitas. O ministro disse ainda que o baixo crescimento da economia é um dos fatores que impedem a receita tributária de mostrar expansão mais robusta. O governo anunciará nesta tarde mais cortes no Orçamento para ajudar nas contas públicas do país.

Desonerações - O secretário da Receita Federal, Carlos Alberto Freitas Barreto, informouque as desonerações tributárias anunciadas pelo governo somam 35,103 bilhões de reais no primeiro semestre de 2013, ante 19,977 bilhões de reais em igual período do ano passado, um aumento de 75,7% no período.

O valor inclui folha de salários (1,016 bilhão de reais em 2012 e 6,953 bilhões de reais em 2013); IPI ( 2,695 bilhões de reais em 2012 e 6,207 bilhões de reais em 2013); Cide-combustível (2,852 bilhões de reais em 2012 e 5,380 bilhões de reais em 2013); IOF crédito para pessoa física (677 milhões de reais em 2012 e 1,797 bilhão de reais em 2013) e outros (12,737 bilhões de reais em 2012 e 14,766 bilhões de reais em 2013). Ainda assim, ele afirmou que a instituição mantém a previsão de crescimento real da arrecadação de 3% a 3,5% para 2013.

Barreto não comentou a possibilidade de mudança na projeção por conta da revisão do Orçamento e dos novos parâmetros econômicos que serão divulgados ainda nesta segunda-feira.


COMENTARIOS

Mais de Brasil

Coronavírus

Auxílio de R$ 600 será solicitado por aplicativo; entenda as regras

O objetivo do benefício é proteger segmentos mais vulneráveis em meio à crise econômica gerada pela pandemia do coronavírus.

03 de Abril de 2020 as 20h26

Economia

Cepal prevê queda de pelo menos 1,8% na economia da América Latina

Segundo relatório, redução é devido aos efeitos do coronavírus

03 de Abril de 2020 as 14h30

Pandemia

Dimensão da pandemia no Brasil será percebida nas próximas semanas

Diretor do Butantan afirma que país está no começo da epidemia

03 de Abril de 2020 as 14h25

Internacional

Novo embaixador dos Estados Unidos chega ao Brasil

"Foco imediato" de Todd Chapman será ajudar no combate à covid-19

30 de Março de 2020 as 04h43

Coronavírus

China prepara defesa contra segunda onda de coronavírus

"Não há razão para descansar", diz porta-voz do governo de Pequim

30 de Março de 2020 as 04h41

Coronavírus

BNDES anuncia R$ 2 bilhões de crédito para área da saúde

Limite de crédito é de R$ 150 milhões por empresa a cada seis meses

30 de Março de 2020 as 04h40

Coronavírus

Guedes diz que, como cidadão, prefere isolamento

Para ministro, economia não suporta mais de dois meses estagnada

30 de Março de 2020 as 04h38

Educação

EAD ganha impulso com a suspensão das aulas

Educação a distância exige do aluno disciplina e foco

30 de Março de 2020 as 04h35

Coronavírus

Itália registra mais 756 mortes por coronavírus e total chega a 10.779

Número total de casos confirmados na Itália aumentou para 97.689

30 de Março de 2020 as 04h33

Coronavírus

Universidades criam aplicativos para ajudar no combate ao coronavírus

Um dos projetos é o CheckCorona, da Universidade de São Paulo

30 de Março de 2020 as 04h30

Mega-Sena

Ninguém acertou as seis dezenas do Concurso 2.247 da Mega-Sena

São as seguintes as dezenas sorteadas: 01 – 42 – 44 – 47 – 48 - 53

30 de Março de 2020 as 04h28

Acordo

Representante de clubes lamenta falta de acordo coletivo com jogadores

Propostas dos clubes foram rejeitadas por atletas profissionais

30 de Março de 2020 as 04h26

Coronavírus

Pandemia gera 1,3 mil denúncias de violações de direitos no Brasil

A região Sudeste concentra mais da metade dos casos denunciados

30 de Março de 2020 as 04h21

Coronavírus

Bancos federais baixam juros e aumentam crédito para dar liquidez à economia

Financiamento para Santas Casas também vai compor a cesta de ações do Governo Federal

30 de Março de 2020 as 04h19

Economia

Pequenas e médias empresas terão ajuda do Governo Federal para pagar salários

O pacote econômico faz parte das ações de enfrentamento ao coronavírus

30 de Março de 2020 as 04h18

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO