Passagem Bloqueada

Com fronteira fechada, caminhoneiros brasileiros ficam impedidos de sair da Venezuela

Grupo de 32 caminhoneiros está retido na Venezuela; desses, 22 estão próximo à linha de fronteira entre os dois países. Representante da categoria tenta negociar com Guarda Nacional Bolivariana passagem a pé. Itamaraty ainda não se pronunciou.

26 de Fevereiro de 2019 as 01h 00min

Caminhões estão bem próximo à linha de fronteira que divide a Venezuela e o Brasil — Foto: Arquivo pessoal

Um grupo de 32 caminhoneiros brasileiros está retido dentro da Venezuela sem ter como retornar para o Brasil em razão do fechamento da fronteira, informou nesta segunda-feira (25) a Cooperativa dos Transportadores Autônomos de Cargas do Norte.

A maioria, 22 deles, está bem próxima à linha que divide os dois países, mas não pode entrar no Brasil porque a passagem é proibida para veículos e pedestres. Esses caminhões já tinham entregado a carga na Venezuela e retornavam ao país quando ocorreu o bloqueio. Somente ambulâncias tem passado pela Guarda Nacional Bolivariana.

“Está praticamente descartado que os caminhões cruzem a fronteira. Agora o que se negocia é liberar os caminhoneiros para que eles venham a pé pela BR-144", disse Dirceu Lana, presidente da Coopertan.

O Itamaraty ainda não se pronunciou sobre o que tem sido feito para ajudar brasileiros que estão no país. Na noite desse domingo (24), um grupo de turistas conseguiu voltar ao Brasil após intensas negociações.

Dirceu Lana afirmou que há idosos entre os caminhoneiros e que não seria viável retornar ao Brasil por rotas clandestinas. "Preferimos que passem pelas vias corretas".

Os demais veículos estão em um depósito distante 9 km de Pacaraima, na fronteira. "Eles estão na armazenadora, um depósito onde ficam as carretas que chegam ou que saem", disse, afirmando que o local fica próximo a uma base militar venezuelana.

Todos são de empresas que fazem o transporte internacional de mercadorias e estavam no país quando Nicolás Maduro determinou o fechamento da fronteira para impedir a entrada da ajuda humanitária programada por Juan Guiadó, autoproclamado presidente interino.

"Alguns tentaram chegar antes da fronteira ser fechada, mas não conseguiram”, disse Dirceu Lana, presidente da Coopertan. Há caminhoneiros estão com esposas, o que dá ao menos 36 pessoas impedidas de saírem.

O plano da Coopertan é negociar com a Guarda Venezuelana para que ao menos a passagem dos motoristas seja liberada.

"Nossa preocupação é com os motoristas, porque que os carros que estão na armazenadora [depósito] estão em segurança. Nosso maior problema são os caminhoneiros que estão com os carros vazios aqui na aduana [perto da fronteira]. Conversamos ontem com o general [da Guarda Venezuelana] para ver a possibilidade desses motoristas entrarem nem que seja a pé em Pacaraima", disse.

Ajuda de atravessadores

A Coopertan disse que tem levado comida aos caminhoneiros que estão próximos da fronteira com ajuda de atravessadores - pessoas que conseguem transitar pelos dois países por rotas clandestinas. Os mesmos caminhos são usados por venezuelanos que se arriscam em fuga para o Brasil.

O empresário Wolney Vieira, dono de um dos caminhões que está do outro lado da fronteira, conseguiu levar comida café e pão para o grupo nesta segunda pela manhã.

“Eles não tão presos em celas mas se encontram nas margens da estrada. Sem poder ir ou vir, só se for de forma clandestina. E nós que vamos lá para vê-los sofremos com o risco de sermos pegos no caminho”, reforçou Vieira.

“Agora está tranquilo, mas não é um situação fácil. Pode mudar a qualquer momento e ter tumulto com eles do lado de lá”, reforçou.

A Venezuela fechou a fronteira com o Brasil na quinta-feira (21) para impedir a entrada de ajuda humanitária no país. Desde então, foram registrados conflitos em cidades venezuelanas e na linha de fronteira entre os dois países.


Fonte: G1

COMENTARIOS

Mais de Brasil

Disque 100

Denúncias de violação de direitos de crianças caem em 2018

Dados foram apresentados hoje pelo MMFDH na Câmara dos Deputados

17 de Maio de 2019 as 10h04

Cartão do Caminhoneiro

Cartão do Caminhoneiro entra em vigor no dia 20 de maio

Ministro diz que medida trará flexibilidade aos motoristas autônomos

17 de Maio de 2019 as 09h57

ECA

Governo Federal lança nova edição do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA)

A medida sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro pode prevenir que adolescentes fujam para se casar, por exemplo

13 de Maio de 2019 as 20h53

Mais Médicos

Nova etapa do Programa Mais Médicos prioriza municípios com altos índices de vulnerabilidade social

O novo edital prioriza participação de profissionais formados e habilitados com CRM Brasil. As inscrições para cerca de 2 mil vagas começam a partir do dia 27 de maio

13 de Maio de 2019 as 20h51

Meu INSS

Recurso, Revisão e Cópia de Processo agora são pelo Meu INSS

O primeiro resultado do Projeto de Transformação Digital no INSS representa a virada de serviços que levam mais de 70 mil pessoas todos os meses às agências

13 de Maio de 2019 as 20h35

Justificativa

Termina hoje prazo para eleitor faltoso evitar cancelamento de título

É preciso pagar as multas pelas ausências e ir a um cartório eleitoral

06 de Maio de 2019 as 09h38

Microempreendedor

Motoristas de aplicativo poderão inscrever-se como microempreendedor

Ministério da Economia confirmou que medida está em estudo

05 de Maio de 2019 as 17h01

Enem 2019

Inscrições para o Enem 2019 começam nesta segunda-feira

As provas serão nos dia 3 e 10 de novembro

05 de Maio de 2019 as 16h33

Maio Amarelo

Campanha “Maio Amarelo” lembra importância da conscientização no trânsito

Observatório Nacional de Segurança Viária criou o movimento para conscientizar motoristas, motociclistas, ciclistas, pedestres a evitar atitudes perigosas, que custam vidas.

02 de Maio de 2019 as 10h30

Meio Ambiente

Ministério do Meio Ambiente lança Programa Nacional Lixão Zero

Objetivo é acabar com os lixões em todo o país. Iniciativa faz parte da segunda fase da Agenda Nacional de Qualidade Ambiental

01 de Maio de 2019 as 19h00

Loterias

Mega-Sena, concurso 2.146: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 125 milhões

Veja as dezenas sorteadas: 16 - 18 - 31 - 39 - 42 - 44. Quina teve 283 apostas ganhadoras. cada uma levará R$ 30.594,81.

27 de Abril de 2019 as 21h35

Força Nacional

Bombeiros brasileiros embarcam para Moçambique

Equipe irá atuar na busca e salvamento em áreas afetadas pelo ciclone Kenneth.

27 de Abril de 2019 as 21h18

Infraestrutura

Horário de Verão é suspenso em todo o país

Presidente assinou o decreto que determina o fim do horário de verão

25 de Abril de 2019 as 22h04

Nova Previdência

Presidente destaca importância da Nova Previdência para o Brasil

Em pronunciamento oficial, Jair Bolsonaro disse contar com os parlamentes para aprovar a proposta

25 de Abril de 2019 as 09h14

Celebração

Cerimônia para celebrar a Páscoa é realizada no Palácio do Planalto

Presidente Jair Bolsonaro celebrou com crianças de escola pública do Distrito Federal

22 de Abril de 2019 as 19h46

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

veja +

COTAÇÃO