Situação Delicada

Comissão do Senado debate situação de caminhoneiros

Audiência pública para discutir a situação dos caminhoneiros no país rendeu críticas à aprovação da Lei dos Caminhoneiros, um dos pontos da pauta de reivindicações que motivou bloqueios de rodovias no país.

Fonte:MT Agora - Agência Brasil
10 de Março de 2015 as 09h 32min

A sanção, sem vetos, da Lei dos Caminhoneiros (13.103/15) pela presidenta Dilma Rousseff foi alvo de críticas, hoje (9), do diretor de Assuntos Trabalhistas, Segurança e Saúde no Trabalho da Nova Central Sindical dos Trabalhadores, Luis Antônio Festino. A norma regulamenta o exercício da profissão de motorista de transporte coletivo de passageiros e de carga. Ela também organiza a atividade desses motoristas, fixando jornada de trabalho.
 
Durante audiência pública, na Comissão de Direitos Humanos do Senado (CDH), para discutir a situação dos caminhoneiros no país, Festino responsabilizou a Câmara dos Deputados e o Executivo por colocar motoristas profissionais de diversas categorias do país no “mesmo balaio”, com a nova lei, e assim, na avaliação dele, jogar trabalhador contra trabalhador.
 
“Em momento algum, a nossa intenção era aprovar uma lei contra os caminhoneiros. E foi o que aconteceu: aprovou-se a regulamentação da profissão. E o que aconteceu agora? Aprovou-se o mercado de trabalho, excluindo-se direitos que já tinham sido aprovados. São justas as reivindicações dos caminhoneiros: a questão do frete, do financiamento, da hospedagem”, destacou.
 
Ele lamentou ainda que os ministérios do Trabalho e Emprego e da Previdência Social não tenham sido consultados antes da sanção da lei e destacou que os caminheiros procuraram o Planalto com antecedência para discutir os pontos que consideram problemáticos na lei, mas não foram atendidos.
 
Já a representante do Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais do Trabalho Jacqueline Carrijo pediu união aos trabalhadores dos transportes para conquistar direitos e fazer com que as leis para o setor “peguem”.
 
“Sou contra a separação entre celetistas e autônomos, como se houvesse reivindicações diferentes. Não há!”, garantiu ao destacar que o estado depende da superexploração da mão de obra dos caminhoneiros e, por isso, a categoria se submete a um regime de "verdadeira escravidão", que não deveria ocorrer.
 
Amanhã (10), a categoria se reúne com o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Miguel Rossetto, com a ministra da Agricultura, Kátia Abreu e com o ministro dos Transportes, Antônio Carlos Rodrigues.
 
Na lista de reivindicações, segundo o presidente do Sindicato dos Transportadores Autônomos de Carga de Ijuí (RS), Carlos Alberto Dahmer estão: a redução do PIS/Cofins sobre o óleo diesel, a abertura de linha de crédito para o transporte autônomo, com juros de 12,5% ao ano e carência para pagamento; criação de um fórum permanente de debate para discutir as demandas da categoria oriundas da paralisação nacional, além de perdão de multas, notificações e processos judiciais aplicadas durante a paralisação.
 
Na Comissão de Direitos Humanos, o sindicalista ressaltou que o preço do óleo diesel representa de 50% a 60% do valor cobrado pelo frete. No final de fevereiro, a categoria parou e bloqueou estradas em todo o país em protesto contra a alta do diesel, pelo reajuste do preço do frete e pela redução dos pedágios em rodovias.
 
Também durante a audiência pública, o diretor-geral da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), Jorge Luiz Bastos disse que o governo está preocupado e entende que o "coração" do Brasil está no transporte rodoviário de carga. “O governo está empenhado para que uma solução seja encontrada” garantiu. Ele defendeu que o debate com os caminheiros seja permanente e não eventual.

Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Brasil

Enem 2020

Enem 2020: inscrições para certificadores começam nesta quarta-feira

As inscrições para a Rede Nacional de Certificadores (RNC), a fim de atuação em atividades de certificação dos procedimentos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, começam nesta quarta-feira (9) e vão até o dia 29 deste mês.

09 de Setembro de 2020 as 09h36

Coronavírus

Farmacêuticas da Europa e dos EUA prometem rigor em testes para vacina

Promessa é manter processo científico para vacinas contra covid-19

08 de Setembro de 2020 as 14h04

Aulas Presenciais

Covid-19: retorno de aulas presenciais é controverso nos estados

Amazonas saiu na frente e retomou atividades presenciais em agosto

08 de Setembro de 2020 as 08h34

Vacina

Argentina e México vão produzir vacina da Oxford

Informação foi dada pelo presidente argentino, Alberto Fernández

13 de Agosto de 2020 as 09h54

Covid-19

Ivermectina só poderá ser vendida com receita enquanto durar a pandemia, decide Anvisa

Decisão já havia sido aplicada a outros medicamentos, como a hidroxicloroquina, a cloroquina e a nitazoxanida

24 de Julho de 2020 as 22h25

Coronavírus

Fiocruz: covid-19 se estabilizou em níveis altos de incidência e morte

Estudo é referente ao período de 28 de junho a 11 de julho

20 de Julho de 2020 as 19h39

Covid-19

Estados e municípios recebem auxílio de mais de R$ 15 bilhões

Recursos fazem parte da segunda parcela do auxílio financeiro concedido pelo Governo Federal a estados e municípios

15 de Julho de 2020 as 15h38

Covid-19

Conselhos tutelares recebem Equipamentos de Proteção Individual

Ao todo, 30 mil conselheiros, em 5,9 mil Conselhos Tutelares do País receberão os kits de proteção

15 de Julho de 2020 as 15h33

Sociedade

Justiça abre consulta para atualizar Plano Nacional de Segurança

Período de recebimento das sugestões será de 45 dias

15 de Julho de 2020 as 15h32

Trecho barrado

Bolsonaro veta renovação por mais 30 anos de contratos de estatais de saneamento

Essa sobrevida, agora barrada, é considerada importante para estatais porque o novo marco proíbe que novos contratos sem licitação sejam fechados

15 de Julho de 2020 as 15h21

Novas Negociações

Em decreto, Bolsonaro permite redução de jornada e salários por mais 30 dias

Empresas e empregados ficam autorizados a fazer novas negociações para ampliar o corte de jornada por mais um mês e a suspensão de contrato por mais dois meses

14 de Julho de 2020 as 23h08

Ajuda

Aos 91 anos, vovô pede ajuda para vender tecidos em loja tradicional de Guarulhos

Uma vida dedicada aos tecidos que foi interrompida por conta da pandemia do coronavírus.

07 de Julho de 2020 as 15h44

Coronavírus

MPT apura 206 denúncias e tem 114 inquéritos abertos por casos de Covid-19 entre funcionários de frigoríficos

Os dados são até o dia 1º de julho, de acordo com levantamento feito pela Procuradoria-Geral do Trabalho.

07 de Julho de 2020 as 15h40

Covid-19

Resultado de teste de Bolsonaro dá positivo para covid-19

Exame foi realizado nesta segunda (6) no Hospital das Forças Armadas. Na manhã desta terça (7), o presidente acordou bem, mas continuava com febre

07 de Julho de 2020 as 14h25

Sisu

Após adiamento, MEC abre período de inscrições para o Sisu do 2º semestre de 2020 e divulga vagas do Prouni

O estudante interessado em concorrer pelo Sisu a uma vaga nas universidades federais têm até sexta para se candidatar.

07 de Julho de 2020 as 07h35

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO