Ensino Superior

Ministro defende mais alunos nas salas das universidades públicas

Segundo os dados do último Censo da Educação Superior, de 2017, no setor privado, que concentra a maior parte das matrículas, há, em média, quase 30 estudantes para cada professor. Nas instituições públicas, essa relação é de 12 estudantes por

26 de Fevereiro de 2019 as 23h 21min

O ministro da Educação, Ricardo Vélez, defendeu hoje (26), em audiência pública no Senado Federal, aumentar o número de estudantes nas salas de aula das universidades públicas. Vélez também disse ser favorável às cotas "enquanto não for resolvida a questão do ensino básico de qualidade para todos".

Segundo os dados do último Censo da Educação Superior, de 2017, no setor privado, que concentra a maior parte das matrículas, há, em média, quase 30 estudantes para cada professor. Nas instituições públicas, essa relação é de 12 estudantes por professor.

"Poderíamos utilizar a excelente qualidade acadêmica das nossas universidades públicas colocando mais alunos em sala de aula, aumentando as vagas no setor público", defendeu. O ministro não chegou a apontar uma relação ideal, mas citou exemplos de países em que essa relação chega a 50 ou 60 estudantes por professor. "Não vejo por que no nosso Brasil não podemos aumentar um pouco mais o número de estudantes na sala de aula".

Uma das questões na qual a expansão das universidades públicas esbarra é na falta de orçamento. "Eu vejo isso com muita preocupação. O país está em uma recessão. Estamos com dificuldades econômicas. É muito difícil manter a dotação orçamentária das universidades públicas da forma como se deu nos períodos da  bonança econômica", explicou. 

O ministro descartou, no entanto, a privatização dessas instituições. "Universidade pública não deve ser privatizada. Mas, por ser pública, precisa ser gerida com responsabilidade", disse. O ministro defendeu o aumento do número de estudantes como forma de otimizar o atual orçamento.

De acordo com o Censo, a maior parte das matrículas do ensino superior está em instituições privadas. Dos cerca de 8,3 milhões, aproximadamente 2 milhões estão em instituições públicas.

Cotas nas universidades

Vélez também defendeu as cotas nas universidades. "É importante que todos tenham acesso a universidade em pé de igualdade. E aí está nossa dívida social. Temos cotas. Defendo as cotas enquanto não for resolvida a questão de ensino básico de qualidade para todos", diz.

A lei de cotas, Lei 12.711/2012, estabelece que metade das vagas das intituições federais devem ser reservadas para estudantes de escolas públicas. Devem ser reservadas também vagas para estudantes negros e indígenas. O número dessas vagas é calculado com base na porcentagem dessas populações no local em que a universidade está inserida.

Educação básica

Na audiência pública, Vélez voltou a defender a melhora da educação básica, que vai do ensino infantil até o ensino médio, como forma de melhorar a qualidade da educação brasileira. Ele também voltou a defender a máxima "Mais Brasil, menos Brasília", defendendo um fortalecimento da gestão da educação nos estados e municípios.

Ele também defendeu o modelo de educação cívico-militar e ressaltou que a pasta tem uma Subsecretaria voltada para ampliar esse modelo de gestão no país.  

Mensagem às escolas

Ao menos três parlamentares questionaram o ministro em relação à mensagem enviada pelo MEC a escolas de todo país com uma carta para ser lida aos estudantes. As escolas deveriam também reunir professores, funcionários e alunos e cantar o Hino Nacional. A ação, voluntária, deveria ser gravada.

Os principais pontos criticados foram o pedido para gravar estudantes, que são menores de idade, e o uso do slogan de campanha do presidente Jair Bolsonaro na carta: "Brasil acima de tudo. Deus acima de todos".

O ministro reconheceu que errou em determinados pontos da mensagem. "O slogande campanha foi um erro. Já tirei. Reconheci, foi um engano. Quanto à filmagem. Só será divulgada com a autorização da família", disse. Vélez defendeu a prática de cantar o Hino Nacional: "Cantar o Hino Nacional não é constrangimento legal, é amor à pátria".

O ministro participou de audiência pública na Comissão de Educação, Cultura e Esporte no Senado Federal e, por mais de três horas respondeu perguntas de senadores.


Fonte: Mariana Tokarnia | Agência Brasil

COMENTARIOS

Mais de Brasil

Disque 100

Denúncias de violação de direitos de crianças caem em 2018

Dados foram apresentados hoje pelo MMFDH na Câmara dos Deputados

17 de Maio de 2019 as 10h04

Cartão do Caminhoneiro

Cartão do Caminhoneiro entra em vigor no dia 20 de maio

Ministro diz que medida trará flexibilidade aos motoristas autônomos

17 de Maio de 2019 as 09h57

ECA

Governo Federal lança nova edição do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA)

A medida sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro pode prevenir que adolescentes fujam para se casar, por exemplo

13 de Maio de 2019 as 20h53

Mais Médicos

Nova etapa do Programa Mais Médicos prioriza municípios com altos índices de vulnerabilidade social

O novo edital prioriza participação de profissionais formados e habilitados com CRM Brasil. As inscrições para cerca de 2 mil vagas começam a partir do dia 27 de maio

13 de Maio de 2019 as 20h51

Meu INSS

Recurso, Revisão e Cópia de Processo agora são pelo Meu INSS

O primeiro resultado do Projeto de Transformação Digital no INSS representa a virada de serviços que levam mais de 70 mil pessoas todos os meses às agências

13 de Maio de 2019 as 20h35

Justificativa

Termina hoje prazo para eleitor faltoso evitar cancelamento de título

É preciso pagar as multas pelas ausências e ir a um cartório eleitoral

06 de Maio de 2019 as 09h38

Microempreendedor

Motoristas de aplicativo poderão inscrever-se como microempreendedor

Ministério da Economia confirmou que medida está em estudo

05 de Maio de 2019 as 17h01

Enem 2019

Inscrições para o Enem 2019 começam nesta segunda-feira

As provas serão nos dia 3 e 10 de novembro

05 de Maio de 2019 as 16h33

Maio Amarelo

Campanha “Maio Amarelo” lembra importância da conscientização no trânsito

Observatório Nacional de Segurança Viária criou o movimento para conscientizar motoristas, motociclistas, ciclistas, pedestres a evitar atitudes perigosas, que custam vidas.

02 de Maio de 2019 as 10h30

Meio Ambiente

Ministério do Meio Ambiente lança Programa Nacional Lixão Zero

Objetivo é acabar com os lixões em todo o país. Iniciativa faz parte da segunda fase da Agenda Nacional de Qualidade Ambiental

01 de Maio de 2019 as 19h00

Loterias

Mega-Sena, concurso 2.146: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 125 milhões

Veja as dezenas sorteadas: 16 - 18 - 31 - 39 - 42 - 44. Quina teve 283 apostas ganhadoras. cada uma levará R$ 30.594,81.

27 de Abril de 2019 as 21h35

Força Nacional

Bombeiros brasileiros embarcam para Moçambique

Equipe irá atuar na busca e salvamento em áreas afetadas pelo ciclone Kenneth.

27 de Abril de 2019 as 21h18

Infraestrutura

Horário de Verão é suspenso em todo o país

Presidente assinou o decreto que determina o fim do horário de verão

25 de Abril de 2019 as 22h04

Nova Previdência

Presidente destaca importância da Nova Previdência para o Brasil

Em pronunciamento oficial, Jair Bolsonaro disse contar com os parlamentes para aprovar a proposta

25 de Abril de 2019 as 09h14

Celebração

Cerimônia para celebrar a Páscoa é realizada no Palácio do Planalto

Presidente Jair Bolsonaro celebrou com crianças de escola pública do Distrito Federal

22 de Abril de 2019 as 19h46

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

veja +

COTAÇÃO