Número de nascimentos no Brasil cai pela 1ª vez desde 2010, aponta IBGE

Em 2016, foram registrados 2,79 milhões de nascimentos, queda de 5,1% ante 2015. Número de casamentos também caiu e o de divórcios aumentou.

14/11/2017 - 16:11:46

   

O número de nascimentos registrados no Brasil caiu pela 1ª vez desde 2010, segundo as estatísticas do Registro Civil 2016, divulgadas nesta terça-feira (14) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O levantamento mostra que no ano passado também houve queda no número de casamentos, ao passo que o de divórcios aumentou.

Em 2016, foram registrados 2,79 milhões nascimentos no Brasil, o que representa uma queda 5,1%, ou 151 mil nascimentos a menos, na comparação com 2015.

Apesar do país já ter registrado queda no número de nascimentos em anos anteriores, o percentual de 2016 ficou bem acima. Em 2010, houve recuo de 0,2% em relação ao ano anterior. Em 2009, a queda foi de 1,3%. Em 2006 e 2007, foram verificadas retrações de 2,6% e 1,7%, respectivamente.

A região com maior queda nos nascimentos em 2016 foi o Centro-Oeste (-5,6%) e o Sul, com menor queda, de 3,8%. No Nordeste e no Sudeste, o recuo foi de 5,5%, e no Sul, de 3,8%.

Roraima foi o único estado a registrar mais nascimentos, com alta de 3,9%. Pernambuco registrou a maior queda (-10%), seguido por Tocantins (-8%), Sergipe (-7,5%) e Rio Grande do Norte (-7%). Em São Paulo, houve recuo de 5,1% e, no Rio de Janeiro, queda de -6,5%.

Embora a pesquisa do IBGE seja apenas numérica, sem apontar as possíveis causas, a queda dos nascimentos em 2016 aconteceu em meio à pior recessão da história do Brasil e em um período em que houve uma epidemia de zika, que pode provocar microcefalia em bebês. Pernambuco foi o primeiro estado onde o aumento dos casos de zika chamou a atenção das autoridades de saúde.

A região Norte teve a maior concentração de nascimentos no grupo de mães de 20 a 24 anos (29,6%). Por outro lado, as regiões Sul e Sudeste têm perfil de mães com idade mais avançada. Nessas regiões, o maior percentual de nascimentos ocorre entre as mulheres de 25-29 anos (24,7% no Sul e 24,3% no Sudeste), 20-24 anos (23,5% em ambas) e 30-34 anos (22,1% em ambas).

Casamentos caem 3,7%

Já o número de casamentos no país caiu 3,7% no ano passado, segundo o IBGE. A redução foi observada tanto nos casamentos entre cônjuges de sexos diferentes quanto para os cônjuges do mesmo sexo, com exceção das Regiões Sudeste e Centro-Oeste que apresentaram aumento nos registros de casamento gay.

Foram registrados 1.095.535 casamentos civis em 2016 em todo o país. As uniões entre pessoas de sexos diferentes caíram 3,7%, enquanto as entre pessoas do mesmo sexo recuaram 4,6%, representando 0,49% do total de casamentos registrados, revertendo tendência verificada no ano anterior. Em 2015, o casamento gay cresceu 5 vezes mais que entre homem e mulher.

Piauí foi o estado que registrou a maior queda no número de casamentos (-13,2%), seguido por Alagoas (-12,53%), Paraíba (-11,31%) e Roraima (-10%). Na outra ponta, o Amapá foi o destaque com aumento de 20% no número de casamentos registrados. Em São Paulo, houve queda de 2,9% e, no Rio de Janeiro, recuo de 0,10%.

Divórcios e guarda compartilhada crescem

Em 2016, o número de divórcios concedidos em 1ª instância ou por escrituras extrajudiciais aumentou 4,7% em relação a 2015, totalizando 344.526 registros, segundo o IBGE.

Em média, o homem se divorciam aos 43 anos, e a mulher aos 40. No Brasil, o tempo médio entre a data do casamento e a data da sentença ou escritura do divórcio é de 15 anos.

Segundo o IBGE, é maior proporção dos divórcios ocorreu em famílias constituídas somente com filhos menores de idade (47,5%) e em famílias sem filhos (27,2%).

A guarda dos filhos menores segue predominantemente com a mãe, mas a fatia caiu de 78,8% em 2015 para 74,4% em 2016. Já a guarda compartilhada aumentou de 12,9% em 2015 para 16,9% em 2016.

Mortalidade até os 14 anos cai

A pesquisa do IBGE mostra ainda que caiu a mortalidade até os 14 anos de idade, ao passo que aumentou o número de óbitos nas idades mais avançadas, em especial acima dos 50 anos, um reflexo do envelhecimento populacional.

Em 2016, um homem de 20 anos tinha onze vezes mais chance de não completar os 25 anos do que uma mulher, segundo o IBGE.

No grupo de homens de 15 a 24 anos, estados como São Paulo, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rondônia, Distrito Federal, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Pernambuco e Minas Gerais conseguiram reduzir a quantidade de óbitos por causas externas, estatística que inclui as vítimas da violência. Por outro lado, houve aumento em estados como a Bahia, Sergipe e Piauí.

O volume de óbitos registrados no Brasil nos últimos 10 anos cresceu 24,7%, passando de 1.019.393 registros em 2006 para 1.270.898 em 2016. "Enquanto nas idades iniciais os declínios foram significativos, foram observados aumentos importantes para as idades acima de 50 anos, fruto do envelhecimento populacional", destaca o IBGE.

MT Agora - G1

Mais Noticias

Crime Brutal

Pastor invade apartamento e tenta violentar criança no Paraná

Acidente

Botijão explode e fere sete pessoas em Pernambuco; bebê teve 90% do corpo queimado

Crime Brutal

Bebê de 1 ano morre após ser estuprado por vizinho em São Paulo

Criminalidade

Criminosos invadem base do Samu e roubam ambulância e motos em SP

20/11/2017 -

Caminhão bate em viaduto e concreto atinge carro, e mata juíza em SP

Caminhão bateu em viaduto e concreto atingiu carro que passava pela Avenida do Estado. Vítima foi levada em estado grave ao hospital, mas não resistiu.

20/11/2017 -

Carro invade padaria em Natal (RN) e por pouco não atinge quatro pessoas

Acidente aconteceu na tarde deste domingo no bairro Rosa dos Ventos, em Parnamirim. Dois homens estavam no veículo, e arcaram com os prejuízos.

20/11/2017 -

Corpo de italiano é encontrado em cachoeira no litoral de SP

Homem trabalhava como publicitário em São Paulo e passava feriado no litoral.

16/11/2017 -

Bebê tem cabeça arrancada durante o parto em Minas Gerais

Mãe acusa equipe médica de negligência; hospital afirma que feto já estava morto

16/11/2017 -

Vício em celular chega a consultórios e já preocupa médicos no Brasil

''Uso abusivo'' é identificado em todas as idades e tem sido gatilho para depressão e outros transtornos. Tratamentos de ''detox'' incluem terapia e técnicas que chamam atenção para prazeres da vida real.

17/10/2017 -

Aeronave do Greenpeace cai na região de Anavilhanas, no AM; uma pessoa morreu

Outras quatro pessoas ficaram feridas, de acordo com o Greenpeace.Não há informações sobre as causas do acidente.

17/10/2017 -

Desmatamento na Amazônia caiu 16% no último ano, diz ministro do Meio Ambiente

Queda foi verificada entre agosto de 2016 e julho de 2017 com base em dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

09/10/2017 -

Mais uma criança vítima de ataque em creche morre em MG

Matheus Felipe Rocha dos Santos, de 5 anos, estava internado no Hospital João XXIII.

09/10/2017 -

Queda de avião sobre casa deixa três mortos em Rio Preto (SP)

Monomotor se chocou contra o quintal de uma casa na rua Noruega. Segundo os bombeiros, as três pessoas que estavam na aeronave morreram.

06/10/2017 -

Vigia de creche em Janaúba (MG) falou que ''iria morrer'', diz delegado; perícia indica que ele trancou portas antes de atear fogo

Delegado diz que Damião Soares dos Santos tinha mania de perseguição; polícia encontrou cartas e galões com álcool na casa do vigia. Ele colocou fogo em creche – cinco crianças e uma professora morreram.

06/10/2017 -

''A conduta dela foi heroica'', diz delegado sobre professora que morreu em creche em Janaúba (MG)

Segundo o delegado, Helley Abreu Batista, de 43 anos, lutou com autor para salvar os alunos; ela teve 90% do corpo queimado e morreu no hospital.

06/10/2017 -

Morrem mais duas crianças vítimas de incêndio em creche em MG

As duas crianças estavam em estado grave e haviam sido transferidas para Montes Claros.

05/10/2017 -

Morre segurança que ateou fogo em crianças de creche em Janaúba, MG

Quatro crianças morreram; cerca de 40 pessoas foram levadas para o hospital local – 25 delas seguem internadas.

05/10/2017 -

Segurança ateia fogo em creche de Janaúba (MG) e mata 4 crianças

Damião Soares dos Santos, de 50 anos, também ateou fogo no próprio corpo e morreu no hospital. Cerca de 40 pessoas foram socorridas – 25 delas seguem internadas.

29/09/2017 -

43% declaram apoio a intervenção militar temporária no Brasil

O questionário foi respondido entre os dias 25 e 28 de setembro.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora