Para brasileiros, investimento em rodovias é prioritário para sair da crise

69% da população vê obras de infraestrutura com grande potencial para geração de empregos.

13/12/2016 - 00:19:14

   

Para 68% dos brasileiros, o crescimento do país depende da união do poder público e da iniciativa privada no setor de infraestrutura, sendo que 98% da população avalia o segmento rodoviário como prioritário. Os dados constam na pesquisa “Investimento pela Lógica do Cidadão” encomendada pelo Valor Econômico ao Instituto de Pesquisas Locomotiva.

O estudo mostrou ainda que 81% dos entrevistados acreditam que o Brasil precisa de investimento no setor para se desenvolver, porém a maioria entende que o governo tem áreas mais sensíveis e emergenciais, como a saúde, a educação e a segurança pública. Conforme o estudo, somente 2% dos entrevistados entendem que investimentos públicos devem priorizar a área a infraestrutura à despeito destas outras.

Na avaliação do presidente do Instituto, Renato Meireles, os números demonstram que a população tem a percepção da necessidade de melhorar a infraestrutura e vê na parceria com a iniciativa privada uma saída. A declaração foi dada durante a apresentação dos dados em evento promovido pelo Valor.

O diretor do Movimento Pró-Logística, Edeon Vaz, concorda que a união do público e privado para o fortalecimento e desenvolvimento nacional, especialmente quando o assunto é infraestrutura. Destaca que o Brasil tem extensão territorial muito grande e com muitas deficiências, impossibilitando que o governo consiga sanar sozinho os problemas do setor.

Vaz pontua que uma proposta de parceria com o setor privado é conceder a este segmento rodovias mais movimentadas e que podem gerar renda, enquanto o poder público se concentra em garantir melhorias para rodovias com volume menor de tráfego, mas que precisam assistir à população que delas dependem.

“Não existe outra forma de melhorar o cenário nacional, que não seja a parceria entre o poder público e a iniciativa privada. Porém, alguns pontos precisam ser revistos, como a manutenção da cobrança de impostos em segmentos que estão sob a responsabilidade da iniciativa privada. Essa isenção do imposto poderia ser revertida em barateamento da tarifa do pedágio, por exemplo”.

Diante das condições financeiras do Brasil, o professor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e especialista em Logística, Eldemir Pereira de Oliveira, também vê no envolvimento do poder público e da iniciativa privada uma forma de crescimento da economia. “Setores relacionados à infraestrutura podem ser repassados ao privado, enquanto o governo se concentra com questões voltadas à gestão”.

O gestor de Relacionamentos da Concessionária Rota do Oeste, Fábio Abritta, destaca que o envolvimento do setor privado no desenvolvimento das rodovias do país é uma realidade há décadas nos grandes centros e vem ganhando espaço no interior do Brasil, que ganha muito com isso. Frisa que atualmente, Mato Grosso é um dos estados mais promissores, com grande representatividade na economia nacional e começou a seguir o caminho dos grandes centros.

Os impactos e melhorias do envolvimento do setor privado em rodovias de Mato Grosso foram divulgados recentemente pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT), por meio da 20ª edição da Pesquisa CNT de Rodovias. O estudo demonstra a evolução registrada no segmento nos últimos três anos, principalmente na BR-163, que passou a ser de reponsabilidade da Rota do Oeste, em 2014.

O relatório classifica 43% do segmento federal como ótimo (13,7%) ou bom (29,3%) em 2016, enquanto no ano de 2013 somente 15,7% dessas rodovias apresentavam uma das duas classificações, sendo 0,8% avaliado como ótimo e 14,9%, como bom. 

O entendimento da população quanto a necessidade do envolvimento da iniciativa privada no setor, conforme demonstrado na pesquisa realizada “Investimento pela Lógica do Cidadão”, é reafirmado pelo relatório da CNT. O documento aponta que em meio às dificuldades do governo em aplicar os recursos necessários das rodovias, “as concessões têm sido fundamentais para promover a melhoria do País”, descreve trecho do material.

Emprego – Outro destaque da pesquisa “Investimento pela Lógica do Cidadão” é a influência do setor de Infraestrutura na geração de empregos. No entendimento de 69% dos entrevistados, o desenvolvimento da área, que tem como prioridade as rodovias, é importante para a criação de vagas.

Para a economista Suely Costa Campos, o entendimento da maioria dos entrevistados é correto. Ela pontua que obras dessa natureza costumam ser de grande porte e empregam centenas de pessoas, movimentando a economia. “Um exemplo claro desse impacto foram as obras da Copa, que atraíram pessoas de outros estados e até mesmo de outros países para o Brasil”.

O professor da UFMT explica que a geração de empregos é uma consequência natural do segmento, que passa a contratar mais quando tem obras em andamento, além de sublocar serviços diversos, que por sua vez, também criam postos de trabalho. “Temos que ter um olhar cuidadoso para um setor que emprega tanto e garante tantos benefícios para a sociedade”, lembra Pereira.

No pico das obras de duplicação, a Rota do Oeste chegou a empregar 5 mil pessoas. Atualmente, a Rota do Oeste emprega 1.555 trabalhadores de forma direta e indireta. Os funcionários atuam na parte administrativa e operacional da Concessionária, além de prestarem serviços na recuperação e conserva da BR-163.

Pesquisa – Encomendada pelo Valor Econômico ao Instituto de Pesquisa Locomotiva, os pesquisadores ouviram 1.157 homens e mulheres com 16 anos ou mais em todas as regiões do país entre os dias 11 e 16 de novembro. Conforme o jornal, o estudo foi realizado com a finalidade de conhecer a opinião dos brasileiros sobre os desafios para o crescimento da economia, a percepção sobre a infraestrutura nacional e a necessidade de investimentos.

Sobre a Rota do Oeste - A Rota do Oeste, empresa da Odebrecht Rodovias, é responsável pela recuperação, conservação, manutenção e implantação de melhorias da BR-163, bem como a oferta de serviços de atendimento ao usuário, entre os municípios Itiquira (MT) e Sinop (MT), um trecho com extensão de 850,9 quilômetros.

Nos cinco primeiros anos, será realizada a duplicação de um trecho de 453,6 km entre a divisa com Mato Grosso do Sul até Rondonópolis, de Posto Gil a Sinop, além da Rodovia dos Imigrantes. Também faz parte do escopo de trabalho da Concessionária a recuperação e conservação do trecho de 108 quilômetros entre Várzea Grande e Rosário Oeste.

MT Agora - Assessoria

Mais Noticias

Prouni

Prouni abre inscrição para 77 mil bolsas em universidades privadas nesta segunda

CNH

Comissão da Câmara aprova fim de multa para quem esquece CNH

Aposentadoria

Reforma da Previdência prevê mesmo tempo de contribuição para homens e mulheres

Indenização

Gol indenizará índios em R$ 4 milhões após queda de avião perto de aldeia

06/02/2017 -

Guia alerta sobre consumo precoce de bebidas alcoólicas entre jovens

Às vésperas do carnaval, período em que há forte estímulo para a ingestão de bebidas alcoólicas, o principal objetivo do documento é alertar pediatras, pais, professores e os próprios adolescentes para os prejuízos do consumo precoce.

05/02/2017 -

Tire suas dúvidas sobre o saque do FGTS inativo em 2017

Muito tem se especulado sobre o assunto e informações incorretas têm circulado, principalmente nas redes sociais.

03/02/2017 -

OMS diz que antes de 2020 não será licenciada vacina segura contra o vírus Zika

...Ao fazer um balaço das ações para combater o vírus, adotadas nos últimos 12 meses, Chan estimou que antes de 2020 não será licenciada uma vacina segura contra o Zika

02/02/2017 -

Ex-primeira-dama Marisa Letícia tem morte cerebral

A ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva, 66 anos, teve morte cerebral hoje (2). Ela está na unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Sírio-Libanês desde o dia 24 de janeiro.

26/01/2017 -

Febre amarela: distribuição de vacina será reforçada com 11,5 milhões de doses

Das 11,5 milhões de doses adicionais da vacina, 6 milhões serão entregues nos próximos dias e 5,5 milhões serão distribuídos conforme a necessidade dos estados.

25/01/2017 -

Ex-primeira-dama Marisa Letícia é internada com AVC em São Paulo

Ex-primeira-dama passou por um procedimento de emergência que durou cerca de duas horas. Segundo os médicos, a hemorragia foi contida e ela ficará internada, em observação.

25/01/2017 -

Salvador tem aeroporto mais mal avaliado em pesquisa; Curitiba é o melhor

Governo divulga nesta terça (24) pesquisa trimestral de satisfação de passageiros. Opiniões foram ouvidas nos 15 maiores aeroportos do país.

23/01/2017 -

Inscrições para o Sisu começam nesta terça; consulta pode ser feita no site

O candidato também pode consultar, em seu boletim, a sua classificação parcial na opção de curso escolhido.

19/01/2017 -

Relator da Lava Jato no STF, Teori Zavascki morre aos 68 anos após queda de avião em Paraty (RJ), diz filho

Ministro do Supremo Tribunal Federal viajava de São Paulo para o litoral sul do Rio de Janeiro; magistrado tinha três filhos e estava na Suprema Corte desde 2012.

18/01/2017 -

Só 7,3% dos alunos atingem aprendizado adequado em matemática no ensino médio

O índice é ainda menor quando consideradas apenas as escolas públicas.

17/01/2017 -

Enem deste ano não servirá como certificação do ensino médio, diz ministro

“A notícia deve ser oficializada amanhã, a separação do Enem em relação ao Encceja [Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos]”

17/01/2017 -

Anvisa aprova pela primeira vez registro de remédio à base de maconha

...O medicamento é da britânica GW Pharma Limited, e a detentora do registro do medicamento no Brasil é a empresa Beaufour Ipsen Farmacêutica Ltda., localizada em São Paulo (SP)...

17/01/2017 -

Mortes suspeitas por febre amarela sobem para 47 em Minas Gerais, diz governo

Casos suspeitos são 152, segundo boletim divulgado nesta segunda-feira (16). Cidades afetadas por doença são nos vales do Rio Doce e do Mucuri e uma na Zona da Mata.

13/01/2017 -

UNB confirma tremor de terra de magnitude 3,2 em Poços de Caldas (MG)

Moradores de várias regiões da cidade publicaram relatos nas redes sociais. Corpo de Bombeiros enviou equipes para bairros onde tremor foi sentido.

13/01/2017 -

Samarco entrega a secretaria de MG plano para recuperar área de Fundão

Projeto foi solicitado na época do cancelamento das licenças de mineração na área. Rompimento de barragem em Mariana provocou o maior desastre ambiental da história do país.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora