Brasil

Samarco entrega a secretaria de MG plano para recuperar área de Fundão

Projeto foi solicitado na época do cancelamento das licenças de mineração na área. Rompimento de barragem em Mariana provocou o maior desastre ambiental da história do país.

Desastre Ambiental Em Mariana | 13 de Janeiro de 2017 as 02h 00min
MT Agora - G1

Barragem de Fundão se rompeu no dia 5 de novembro, em Mariana (Foto: Reprodução/TV Globo)

A Samarco, cujas donas são a Vale e a BHP Billiton, informou nesta quinta-feira (12) que entregou a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) um Plano de Recuperação de Áreas Degradadas (PRAD) para Fundão, no Complexo de Germano, em Mariana na Região Central de Minas Gerais.

A Barragem de Fundão se rompeu em 5 de novembro de 2015, provocando o maior desastre ambiental da história no Brasil. O rompimento destruiu distritos de Mariana, devastou cidades, como Barra Longa, e atingiu toda a extensão do Rio Doce. Dezenove pessoas morreram.

De acordo com a mineradora, o plano de recuperação de Fundão foi uma exigência da Semad a época do cancelamento das licenças de mineração na área. O projeto é especifico para a região da barragem.

O documento propõe ações para estabilização definitiva das encostas, das estruturas e dos 13 milhões de metros cúbicos de rejeitos remanescentes, e para revegetação da área, conforme a Samarco. O projeto prevê a utilização de uma técnica diferente do alteamento a montante com uso de rejeitos, que era usado antes do rompimento de Fundão, afirma a mineradora.

Este plano não tem relação com o processo de volta das operações da Samarco em Mariana. É direcionado a recuperação da área já destruída.

A secretaria informou que o Plano de Recuperação de Áreas Degradadas está sob análise e não tem um prazo para dar uma resposta a Samarco.

COMENTARIOS

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Terça Feira

Lucas do Rio Verde, MT

º

COTAÇÃO