Visita De Empresários Chineses Em Lucas

Comitiva de empresários chineses vem a Lucas do Rio Verde conhecer potenciais econômicos

A visita tem o objetivo de conhecer como é produção agrícola no estado e as ações que visam a sustentabilidade.

11 de Dezembro de 2015 as 20h 58min

Uma comitiva da China formada por representantes da indústria de óleo e farelo de soja, da Associação Chinesa da Indústria de Soja, organizações não-governamentais, como a Solidariedad, a TNC e a WWF, e o instituto de estatística agrícola Polson está em Lucas do Rio Verde conhecendo o sistema de produção agrícola, os potenciais econômicos e as iniciativas sustentáveis.

A comitiva está visitando o estado desde o início da semana e foi recepcionada na manhã de ontem (10) no gabinete pelo prefeito Otaviano Pivetta, a secretária municipal de Agricultura e Meio Ambiente e produtores rurais do município.

O prefeito Otaviano Pivetta apresentou os potenciais do município e a preocupação em relação ao crescimento sustentável. “Mostramos os diferenciais de Lucas, como a produção preocupada com o meio ambiente e a implantação do projeto Lucas do Rio Verde Legal para auxiliar neste processo de desenvolvimento econômico e socioambiental”.

O chefe da delegação e vice-presidente da Associação Chinesa da Indústria de Soja, Liu Denggao, ressaltou que ficou muito impressionado com as paisagens vistas durante a viagem, tudo parece mais verde e o ar mais fresco.

“Nós aprendemos durante esta viagem que a produtividade desta região é altíssima não somente a soja e milho, mas o algodão também. Aprendemos que o transporte para o produtor é muito alto, e isso tira a competitividade dos produtos desta região. A melhoria da infraestrutura do transporte é essencial para melhoria da competitividade comercial. Acreditamos que a parceria comercial entre Brasil e China possa ser fortalecida no futuro”.

Durante a tarde, a comitiva foi visitar propriedades rurais que aderiram ao projeto Lucas do Rio Verde Legal e recuperaram as áreas degradadas. O projeto surgiu em 2006 com o objetivo de produzir cumprindo as normas socioambientais. Atualmente, o município precisa recuperar apenas 417 hectares de Área de Proteção Permanente (APP) degradados. A proposta é que para 2016, este passivo seja zerado.

A secretária municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Luciane Copetti, enfatizou que o mais importante da visita é a oportunidade que o município tem de mostrar como o projeto Lucas do Rio Verde Legal foi produzido e os resultados que já são apresentados.

“Os chineses precisam comprar produtos e também estão sendo cobrados no sentido de que temos que cumprir a legislação em relação dos gases do efeito estufa. O que nós queremos mostrar em Lucas do Rio Verde é que nós temos produção, essa região é altamente produtiva, cerca de 40% da produção do estado e o diferencial de Lucas, é que nós estamos produzindo com responsabilidade socioambiental”.

MT Agora - Assessoria

COMENTARIOS

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

COTAÇÃO