Dr. Sílvio Favero doa 100% da sua terceira remuneração para a Fundação Luverdense de Saúde

Direito Executivo da Fundação Luverdense de Saúde fez um balanço da atual situação da entidade e agradeceu o valor recebido e destacou que veio em um momento oportuno.

13/03/2017 - 09:05:04

   

Após a APAE e a ALPATAS a entidade beneficiada foi a Fundação Luverdense de Saúde gestora do Hospital São Lucas que recebeu na manhã desta segunda-feira, 13, do vice-prefeito Dr. Sílvio Favaro o valor total de sua remuneração de R$ 7.730.00 (sete mil setecentos e trinta reais) que é referente ao terceiro mês como vice-prefeito, segundo ele a antecipação do repasse se deu pela necessidade urgente que se encontra a Fundação, “temos acompanhado os trabalhos que é desenvolvido pelo Hospital São Lucas, a necessidade dos médicos que tem trabalhado desde o ano passado sem receber o seu honorário que é de direito, e acima de tudo a necessidade interna tanto para compra de medicamentos quanto para honrar com os seus compromissos, esse repasse é muito pouco perto do que a realmente se precisa porém é uma iniciativa para quem sabe despertar ou fazer com que a sociedade olhe com outros olhos a fundação que precisa tanto e com tão pouco faz muito pelos nossos Luverdense” destacou Sílvio Favero. 

O Diretor Executivo da Fundação Luverdense de Saúde Claudio Boff agradeceu a iniciativa e enfatizou a credibilidade que o Hospital São Lucas possui. “O que precisamos é que todos ajudem o hospital de alguma forma, seja com valores ou até mesmo com uma visita para conhecer a estrutura e o trabalho que é desenvolvido, as pessoas precisam colocar na cabeça que o Hospital São Lucas é para a população e não para meia dúzia de pessoas. A Preocupação do hospital é fazer uma gestão transparente, uma doação como esta mostra claramente que a sociedade tem confiado no trabalho prestado. Essa doação mesmo sendo o salário cheio do vice-prefeito mostra a confiança também do Sílvio na Fundação, e mesmo que não resolva todos os problemas do hospital esse valor veio na hora certa.” Pontuou Claudio Boff

Na oportunidade o Diretor Executivo relatou que é importante a sociedade saber a forma de funcionamento do Hospital para não haver confusão, “É importante que a sociedade saiba como funciona o sistema de repasses financeiros, um exemplo são as AIH (Autorização de Internação Hospitalar) onde o governo do estado paga 148. Entenda este exemplo o custo de uma cesariana para o Hospital São Lucas é de R$ 2.500,00 reais que engloba os profissionais envolvidos, quarto, despesas com medicação ou seja tudo que é necessário; o governo do estado faz um repasse de apenas R$ 500,00 reais e o hospital fica com R$ 2.000,00 reais de déficit em apenas uma cesariana; então esse contrato de gestão que temos com a prefeitura cobre essa diferença pois o Hospital São Lucas atende o povo de Lucas do Rio Verde e é obrigação da prefeitura ajudar na saúde do povo se não já tínhamos fechados as portas pois não tem como aguentar o hospital. É valido destacar que isso é referente aos 148 AIH porém o hospital atende de 250 a 300 AIH por mês e dependemos desse repasse do poder público para cobrir essas despesas.” Explicou Cláucio.

Em conversa com o Diretor executo ele ainda pontuou a forma de pagamento dos serviços médicos, “Os médicos tem a tabela SUS que paga para entre 50 a 100 reais para o médico. Nós pagamos três vezes e meia mais a tabela do SUS, então o médico que trabalha no Hospital São Lucas não recebe pela tabela SUS, ele recebe este valor quando atende a AIH que é pago pelo hospital e devido a isso essa diferença tão grande e a prefeitura é quem cobre essa despesa pois é um cidadão Luverdense que está sendo atendido, pois não temos de onde tirar o dinheiro para cobrir essas diferenças.” Exemplificou Cláudio Boff.

Sobre o repasse deste ano Cláudio está confiante que será feito o quanto antes, pois várias reuniões entre o poder público e a direção do hospital já foram feitas “A prefeitura parece que não entendeu o porquê do repasse da verba de gestão que é para pagar essa diferença, se teve uma reunião com o Vereador Callai e os vereadores da câmara para repassar para o Hospital o valor de R$ 1.880,00.00 (Um Milhão e Oitocentos e Oitenta Mil reais) que ainda não foi repassado pela prefeitura. Quando o secretário de saúde fala que não deve o hospital realmente não deve, o Hospital apenas prestou um serviço para a população de Lucas do Rio Verde agora a prefeitura devolve o dinheiro para o hospital pois o poder público é detentor da saúde pública, e a prefeitura sempre foi parceira e acredito que agora não será diferente.” Finalizou o Diretor Executivo da Fundação.

O Vice-prefeito Sílvio Favero relatou que o Hospital São Lucas desenvolve um trabalho impar para a sociedade em geral e que a ajuda de mais pessoas iria proporcionar uma melhora significativa em todo o sistema “Me senti na obrigação de fazer esse repasse, moro aqui com a minha família e ter um hospital que atenda a necessidade de um povo como um todo é um muito importante, convido a todos os empresários, profissionais liberais comerciantes a conhecerem a estrutura e as reais necessidades da fundação, uma pequena ajuda tem um grande efeito para um todo. Faça uma visita e contribua, ouvi uma vez uma frase que dizia que ninguém é tão rico que nunca precisa e nem tão pobre que não tenha nada para contribuir, faça a sua parte”. Finalizou o Vice-prefeito.

MT Agora

Mais Noticias

Greve

Manifestantes trancam BR-163 na região de Lucas do Rio Verde

Recurso

Prefeitura cria Conselho do Fethab para discutir aplicação de recursos

Organização

Esporte promove reunião com grupo de mobilizadores de artes marciais

Parceria

Binotti busca parceria com Governo do Estado para obras de infraestrutura

26/04/2017 -

Raimundo Dantas assume vice-presidência da Assemae Regional Norte

A nova diretoria regional pretende trabalhar para combater o assédio do setor privado e fortalecer os serviços municipais

24/04/2017 -

Prefeitura lançou o projeto Brique na Praça em Lucas

O Brique na Praça será realizado toda quarta-feira e sábado, das 17h às 21h, na Praça dos Migrantes, no Centro.

21/04/2017 -

UAB e UFMT promovem aula inaugural dos cursos de Matemática e Administração Pública

Os cursos atenderão 100 novos acadêmicos, sendo 50 em Matemática e 50 em Administração Pública

21/04/2017 -

Equipe da prefeitura e vereadores aprofundam discussões sobre RGA

Durante o encontro, a equipe técnica apresentou os estudos das propostas

21/04/2017 -

Abelhas se agitam em ventania, atacam moradores e matam três cachorros

Ataque ocorreu no início da noite desta quinta-feira em Sorriso (MT). Segundo os bombeiros, os três cachorros são da mesma família.

20/04/2017 -

Procon do município orienta sobre novo golpe da lista telefônica

O horário de atendimento do Procon de Lucas é das 7 às 11h

20/04/2017 -

União Faz a Vida promove oficina para professores do município

Em 2016 o programa envolveu cerca de 600 professores, 20 escolas e 15 mil alunos

20/04/2017 -

Prefeitura de Lucas do Rio Verde lança Campanha do IPTU 2017

Os contribuintes que fizerem o pagamento do IPTU em cota única até 15 de maio terão desconto de 30%

20/04/2017 -

Aprovado projeto de lei que tornará Lucas a capital da agroindústria

A ideia foi do prefeito Luiz Binotti que almeja trazer mais indústrias para o município

19/04/2017 -

Conselho e prefeitura divulgam lista dos pré-aprovados do Residencial Vida Nova I

A lista é composta por 350 nomes pré-aprovados e mais 105 de cadastro reserva

18/04/2017 -

Lista dos pré-selecionados do Programa Habitacional Vida Nova I será divulgado amanhã

Serão divulgados os nomes dos 350 pré-selecionados e dos 105 do Cadastro Reserva.

18/04/2017 -

1ª Conferência Municipal de Saúde das Mulheres reúne dezenas de participantes

A conferência está sendo realizada na Câmara de Vereadores e segue até às 17h

18/04/2017 -

Condomínio Rosa em parceria com a Prefeitura vai realizar o "Dia D"

O Condomínio Rosa está localizado na Av. Ângelo Dall’Alba, n. 1.777, Parque do Buritis

14/04/2017 -

Prefeitura e Sindicatos iniciam discussão do reajuste salarial de 2017 para os servidores públicos

Os representantes dos Sindicatos e do Poder Executivo seguem em reunião na próxima segunda-feira (17)

13/04/2017 -

Poder Executivo apresenta sugestões para regularizar Chácara Bom Jesus

No local, residem 69 famílias, que atualmente não podem ser atendidas com nenhuma infraestrutura