Dr. Sílvio Favero doa 100% da sua terceira remuneração para a Fundação Luverdense de Saúde

Direito Executivo da Fundação Luverdense de Saúde fez um balanço da atual situação da entidade e agradeceu o valor recebido e destacou que veio em um momento oportuno.

13/03/2017 - 09:05:04

   

Após a APAE e a ALPATAS a entidade beneficiada foi a Fundação Luverdense de Saúde gestora do Hospital São Lucas que recebeu na manhã desta segunda-feira, 13, do vice-prefeito Dr. Sílvio Favaro o valor total de sua remuneração de R$ 7.730.00 (sete mil setecentos e trinta reais) que é referente ao terceiro mês como vice-prefeito, segundo ele a antecipação do repasse se deu pela necessidade urgente que se encontra a Fundação, “temos acompanhado os trabalhos que é desenvolvido pelo Hospital São Lucas, a necessidade dos médicos que tem trabalhado desde o ano passado sem receber o seu honorário que é de direito, e acima de tudo a necessidade interna tanto para compra de medicamentos quanto para honrar com os seus compromissos, esse repasse é muito pouco perto do que a realmente se precisa porém é uma iniciativa para quem sabe despertar ou fazer com que a sociedade olhe com outros olhos a fundação que precisa tanto e com tão pouco faz muito pelos nossos Luverdense” destacou Sílvio Favero. 

O Diretor Executivo da Fundação Luverdense de Saúde Claudio Boff agradeceu a iniciativa e enfatizou a credibilidade que o Hospital São Lucas possui. “O que precisamos é que todos ajudem o hospital de alguma forma, seja com valores ou até mesmo com uma visita para conhecer a estrutura e o trabalho que é desenvolvido, as pessoas precisam colocar na cabeça que o Hospital São Lucas é para a população e não para meia dúzia de pessoas. A Preocupação do hospital é fazer uma gestão transparente, uma doação como esta mostra claramente que a sociedade tem confiado no trabalho prestado. Essa doação mesmo sendo o salário cheio do vice-prefeito mostra a confiança também do Sílvio na Fundação, e mesmo que não resolva todos os problemas do hospital esse valor veio na hora certa.” Pontuou Claudio Boff

Na oportunidade o Diretor Executivo relatou que é importante a sociedade saber a forma de funcionamento do Hospital para não haver confusão, “É importante que a sociedade saiba como funciona o sistema de repasses financeiros, um exemplo são as AIH (Autorização de Internação Hospitalar) onde o governo do estado paga 148. Entenda este exemplo o custo de uma cesariana para o Hospital São Lucas é de R$ 2.500,00 reais que engloba os profissionais envolvidos, quarto, despesas com medicação ou seja tudo que é necessário; o governo do estado faz um repasse de apenas R$ 500,00 reais e o hospital fica com R$ 2.000,00 reais de déficit em apenas uma cesariana; então esse contrato de gestão que temos com a prefeitura cobre essa diferença pois o Hospital São Lucas atende o povo de Lucas do Rio Verde e é obrigação da prefeitura ajudar na saúde do povo se não já tínhamos fechados as portas pois não tem como aguentar o hospital. É valido destacar que isso é referente aos 148 AIH porém o hospital atende de 250 a 300 AIH por mês e dependemos desse repasse do poder público para cobrir essas despesas.” Explicou Cláucio.

Em conversa com o Diretor executo ele ainda pontuou a forma de pagamento dos serviços médicos, “Os médicos tem a tabela SUS que paga para entre 50 a 100 reais para o médico. Nós pagamos três vezes e meia mais a tabela do SUS, então o médico que trabalha no Hospital São Lucas não recebe pela tabela SUS, ele recebe este valor quando atende a AIH que é pago pelo hospital e devido a isso essa diferença tão grande e a prefeitura é quem cobre essa despesa pois é um cidadão Luverdense que está sendo atendido, pois não temos de onde tirar o dinheiro para cobrir essas diferenças.” Exemplificou Cláudio Boff.

Sobre o repasse deste ano Cláudio está confiante que será feito o quanto antes, pois várias reuniões entre o poder público e a direção do hospital já foram feitas “A prefeitura parece que não entendeu o porquê do repasse da verba de gestão que é para pagar essa diferença, se teve uma reunião com o Vereador Callai e os vereadores da câmara para repassar para o Hospital o valor de R$ 1.880,00.00 (Um Milhão e Oitocentos e Oitenta Mil reais) que ainda não foi repassado pela prefeitura. Quando o secretário de saúde fala que não deve o hospital realmente não deve, o Hospital apenas prestou um serviço para a população de Lucas do Rio Verde agora a prefeitura devolve o dinheiro para o hospital pois o poder público é detentor da saúde pública, e a prefeitura sempre foi parceira e acredito que agora não será diferente.” Finalizou o Diretor Executivo da Fundação.

O Vice-prefeito Sílvio Favero relatou que o Hospital São Lucas desenvolve um trabalho impar para a sociedade em geral e que a ajuda de mais pessoas iria proporcionar uma melhora significativa em todo o sistema “Me senti na obrigação de fazer esse repasse, moro aqui com a minha família e ter um hospital que atenda a necessidade de um povo como um todo é um muito importante, convido a todos os empresários, profissionais liberais comerciantes a conhecerem a estrutura e as reais necessidades da fundação, uma pequena ajuda tem um grande efeito para um todo. Faça uma visita e contribua, ouvi uma vez uma frase que dizia que ninguém é tão rico que nunca precisa e nem tão pobre que não tenha nada para contribuir, faça a sua parte”. Finalizou o Vice-prefeito.

MT Agora

Mais Noticias

Campanha

Lançada campanha Emplaca Lucas no município

Recesso

Prefeitura de Lucas do Rio Verde entra em recesso a partir do dia 22

Mutirão

Mutirão de limpeza começou no Fujii

Acidente

Bombeiros de Lucas do Rio Verde socorrem vítimas envolvidas em acidente na BR-163

08/12/2017 -

Comissão avalia expansão do ensino superior em Lucas do Rio Verde

Em pauta também estava a implantação de cursos pela Unemat

08/12/2017 -

Motorista sai ileso após caminhão pegar fogo na BR-163 em Lucas do Rio Verde

Ainda não se sabe o que provocou o início do incêndio. Uma pane elétrica não está descartada.

08/12/2017 -

Lucas: Prefeito volta de Brasília com novidades para saúde e saneamento

Em pauta na capital federal estavam a situação da UPA, esgoto, repasses de recursos e andamento de projetos já protocolados

08/12/2017 -

Nova escola estadual com 16 salas será construída em Lucas; investimentos de até R$ 8,4 milhões

O prédio terá 16 salas de aulas, para atendimento de cerca de 1,1 mil alunos.

08/12/2017 -

Processo Continuado abre nova chance para ingressar na Faculdade La Salle

Os candidatos vão concorrer as vagas remanescentes de processos anteriores.

08/12/2017 -

Ex-funcionários dos hospitais regionais de Sinop e Sorriso anunciam bloqueio na BR-163 por causa de salários atrasados

ntre as irregularidades apontadas na época estavam a má qualidade dos atendimentos prestado e o descumprimento de obrigações previstas no contrato

08/12/2017 -

Lucas: UAB está com vagas abertas para tutores presenciais

As inscrições devem ser feitas on-line do dia 08 a 12 de dezembro

08/12/2017 -

Lucas: Escola Municipal Fredolino Vieira de Barros promoveu III Estação do Conhecimento

A exposição reuniu os projetos desenvolvidos durante o ano na unidade escolar

08/12/2017 -

Sorriso: motorista perde controle da direção e atinge dois veículos estacionados; condutor e passageiro ficam feridos

De acordo com testemunhas o condutor de um dos veículos perdeu o controle da direção, atravessou o canteiro central e atingiu a lateral de um dos carros e a frente do outro.

08/12/2017 -

Sorriso: impasse entre Prefeitura e empresa resulta em paralisação das obras de iluminação da BR-163

Parte do que já havia sido entregue está sem iluminação por falta de manutenção e segurança.

08/12/2017 -

Sorriso: Prefeitura faz reparos em unidade de saúde e estuda abertura de sala de atendimento médico no projeto Casulo

As visitas fazem parte de uma determinação do prefeito Ari Lafin, com objetivos de atender reivindicação da população atendida no local.

08/12/2017 -

Sorriso: Reunião discute início das atividades do Ciopaer e implantação de novas rotas no Aeroporto Adolino Bedin

A base do Centro está sendo construída por meio de um convênio firmado entre a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) e a Prefeitura de Sorriso.

08/12/2017 -

Sorriso registra redução no número de acidentes nos últimos três meses

Em novembro, Sorriso registrou 112 acidentes de trânsito.

08/12/2017 -

Área verde de Sorriso recebe mais de mil árvores nativas e frutíferas

Foram plantadas mudas de cedro, cedro-rosa, jatobá, jacarandá, ipê branco, ipê rosa, cajueiro, mangueira e cupuaçuzeiro.

08/12/2017 -

Neste ano, o Projeto Bombeiros do Futuro transformou a rotina de quase 200 crianças em Sorriso

Ao todo 188 jovens sorrisenses de 8 a 12 anos tiveram a oportunidade de concluir o curso em 2017

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora