Cidades

EMADE reúne empreendedores em busca de conhecimento e politicas de fortalecimento empresarial de Sorriso

o evento foi voltado para pequenos e grandes empreendedores, além dos agricultores e empresas ligadas ao agronegócio.

EMADE | 13 de Fevereiro de 2017 as 18h 57min
MT Agora - Bianca Arruda | Decom

O Encontro Mato-grossense de Desenvolvimento Empresarial, Comércio, Indústria e Agronegócio (Emade), realizado no último sábado (11), em Sorriso, reuniu representantes das esferas Federal, Estadual e Municipal em trono da mesma temática: as linhas de crédito disponíveis do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO).

“Este evento foi o pontapé inicial para que mais pessoas venham investir em Sorriso, e ainda serviu para que nossos empresários saibam como ter acesso as linhas de crédito, ampliando seus negócios e colaborando para o nosso crescimento e fortalecimento”, destacou o secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Claudio Drusina.

Promovido pela Prefeitura Municipal, em parceria com a Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), o evento foi voltado para pequenos e grandes empreendedores, além dos agricultores e empresas ligadas ao agronegócio.

“Viemos conversar com os pequenos e grandes empresários do agronegócio, que hoje é o carro chefe da nossa economia, mas também buscamos pessoas da indústria, do comércio e de áreas de serviços. O FCO tem recursos na ordem de R$ 10 bilhões, e nós queremos conversar com todos para afinarmos nossas ações, afim de que a demanda seja correspondente à disponibilidade dos recursos disponíveis para este ano”, explicou o superintendente da Sudeco, Antônio Carlos Nantes de Oliveira.

Segundo o prefeito de Sorriso, Ari Lafin, a Administração Municipal está em busca de mecanismos e políticas que favoreçam o fortalecimento empresarial. “Este foi um passo muito importante para o desenvolvimento socioeconômico não apenas de Sorriso, mas de toda a região, e até do Estado de Mato Grosso. Vimos um debate sadio, voltado às verdadeiras necessidades dos empresários. Isso mostra que o setor produtivo está buscando conhecimento. Somos os maiores produtores de grãos e agora precisamos verticalizar a nossa produção e fazer com que ela se transforme em nosso município”.

  O FCO foi criado em 1989, com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento econômico e social da Região, mediante a execução de programas de financiamento aos setores produtivos.  Empresas e produtores rurais que desejarem iniciar, ampliar, modernizar ou relocalizar seus empreendimentos na região Centro-Oeste podem contar com o apoio do FCO. A administração do Fundo é exercida pelo Ministério da Integração Nacional, Conselho Deliberativo do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Condel/Sudeco) e Banco do Brasil.

COMENTARIOS

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Segunda Feira

Lucas do Rio Verde, MT

Tempestades

25º

COTAÇÃO