Destaque Nacional

Projeto de Lucas do Rio Verde é destaque em evento nacional

O projeto “Semeando a Educação” foi classificado entre os 65 melhores de um total de 1.090 inscritos

27 de Maio de 2014 as 14h 21min

A secretária de Planejamento, Gestão e Orçamento de Lucas do Rio Verde, Solimara Lígia Moura, e a supervisora de gestão, Ivanilde Rigo, participam hoje (23) da Arena de Participação Social, em Brasília.

O evento reúne representantes da sociedade civil, gestores públicos, especialistas e convidados internacionais nos diálogos sobre os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) e a Construção da Agenda Pós-2015 e no II Seminário Internacional do Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil.

Na cerimônia de abertura, a presidente Dilma Rousseff fez o lançamento da Política Nacional de Participação Social e do Compromisso Nacional pela Participação Social, que visam fortalecer e articular os mecanismos e as instâncias democráticas de diálogo entre Estado e sociedade civil.

Também será realizada durante o evento, a entrega da quinta edição do Prêmio ODM Brasil, que reconhece as 30 melhores práticas de gestão municipal e projetos sociais que contribuem para o alcance das metas do milênio, a melhoria da qualidade de vida da população e as transformações sociais de nosso país.

O projeto “Semeando a Educação”, de Lucas do Rio Verde, foi classificado entre os 65 melhores de um total de 1.090 inscritos. A temática teve início em 2002 e foi coordenada, na época, pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura, através da secretária Solimara e da coordenadora de projetos Ivanilde, em parceria com o Instituto Sadia e Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente.

O trabalho, que foi realizado na rede municipal de ensino e atendeu alunos residentes em oito bairros da cidade e zona rural, disponibilizava uma coordenadora pedagógica, uma bióloga e uma engenheira agrônoma, assim como sala para atividades teóricas e uma área para atividades práticas, para estudos da flora e da fauna locais, levantamento das espécies do cerrado adequadas para a recomposição de áreas, coleta de sementes e produção de mudas.

Durante os anos de execução do projeto, os estudantes participaram de todo o processo tal como: coleta das sementes, semeadura, preparação do solo e plantio das mudas; processo este que desenvolveu conhecimentos, habilidades, atitudes e competências, elementos fundamentais para uma participação cidadã e construção de uma sociedade sustentável.

MT Agora - Assessoria

COMENTARIOS

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

COTAÇÃO