Cidades

Seduc ainda não definiu medida em caso de servidor que assediou aluna em escola de Lucas do Rio Verde

No final do mês de junho ele foi denunciado por ter assediado uma adolescente nas dependências da escola.

Após Denúncia | 12 de Julho de 2018 as 15h 33min
MT Agora - Expresso MT

Escola Ângelo Nadin, em Lucas do Rio Verde

A Secretaria de Estado de Educação ainda não definiu que medida tomar em relação ao caso do servidor público que atua na Escola Ângelo Nadin, em Lucas do Rio Verde. No final do mês de junho ele foi denunciado por ter assediado uma adolescente nas dependências da escola. Alunos filmaram o momento em que ambos trocam carícias. O vídeo viralizou nas redes sociais e provocou a abertura de um processo administrativo para apurar a conduta do servidor.

De acordo com a Assessora Pedagógica que atua em Lucas do Rio Verde, Lucinete Dalabrida, todas as providências foram tomadas a partir do momento da denúncia feita junto a assessoria. Ela explica que uma comissão ouviu as versões do servidor e da aluna. "Convidamos um responsável para estar presente, a mãe não pode estar presente, mas foi representada por outra filha, que é maior de idade, pra estar acompanhando o caso", explicou.

Lucinete acrescentou que o processo administrativo foi instaurado e encaminhado para a Seduc que ainda não definiu as medidas a serem tomadas. O servidor está em período de férias e pode ser exonerado ou até mesmo transferido de cidade, em razão da repercussão que o caso tomou. "Estamos esperando a Seduc se manifestar pra tomar as providências", reforçou a assessora, ressaltando que o caso não foi tratado como abuso, como foi tratado nas postagens das redes sociais. "Ela (aluna) comprova que não houve abuso".

COMENTARIOS

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Quarta Feira

Lucas do Rio Verde, MT

º

COTAÇÃO