Natureza

Ameaças ao planeta são muito piores do que há 25 anos, diz carta assinada por 15 mil cientistas

Documento faz balanço da situação atual da Terra e a evolução dos projetos para sua preservação desde 1992.

13 de Novembro de 2017 as 23h 38min

Planeta Terra fotogrado durante a missão Apollo 17, em 1972 (Foto: Nasa)

Vinte e cinco anos depois que cientistas do mundo todo lançaram um "alerta para a humanidade" sobre os perigos para o meio ambiente, uma nova atualização divulgada nesta segunda-feira (13) diz que a maioria das ameaças ao planeta está ficando "muito pior".

A carta foi assinada por 15.364 cientistas de 184 países, denominada "Alerta dos cientistas do mundo para a humanidade: um segundo aviso" e publicada pela revista científica "BioScience".

A versão inicial, lançada em 1992 pela Union of Concerned Scientists, foi assinada por 1,7 mil especialistas.

Desde então, quase todas as principais ameaças ao meio ambiente se tornaram mais graves, em particular a crescente população mundial, que adicionou dois bilhões de pessoas ao planeta desde 1992, um aumento de 35%, de acordo com a atualização.

Outras grandes ameaças são o aquecimento global e as constantes emissões de carbono geradas pelo uso de combustíveis fósseis, bem como as práticas agrícolas não sustentáveis, o desmatamento, a falta de água doce, a perda de vida marinha e as crescentes zonas mortas dos oceanos.

Os animais estão sofrendo como resultado das atividades humanas e estão desaparecendo a um ritmo sem precedentes.

"Desencadeamos um evento de extinção em massa, o sexto em cerca de 540 milhões de anos, em que muitas formas de vida atuais podem ser aniquiladas ou, ao menos, estar fadadas à extinção até o final deste século", afirmou.

A carta destaca 13 passos que devem ser tomados, incluindo ampliar o acesso aos métodos contraceptivos, "estimar um tamanho de população humana sustentável e respaldado cientificamente a longo prazo" e mobilizar "nações e líderes para apoiar esse objetivo fundamental".

Outras medidas incluem promover dietas à base de plantas e energias renováveis, e ao mesmo tempo eliminar os subsídios para combustíveis fósseis.

A desigualdade de renda deve ser corrigida e "os preços, a tributação e os sistemas de incentivo (devem) levar em conta os custos reais que os padrões de consumo impõem ao nosso meio ambiente".

Na natureza, as reservas protegidas devem ser estabelecidas "em uma proporção significativa do planeta", e o tráfico de animais silvestres e a caça furtiva ilegal devem parar.

"Para evitar a miséria generalizada e a perda catastrófica de biodiversidade, a humanidade deve praticar uma alternativa mais sustentável aos negócios", afirmou a carta.

"Esta receita foi bem articulada pelos principais cientistas do mundo há 25 anos, mas, na maioria dos aspectos, não atendemos seu aviso".

"Em breve, será tarde demais para mudar o curso da nossa trajetória fracassada, e o tempo está acabando".


MT Agora - France Presse

COMENTARIOS

Mais de Ciência e Saúde

ProUni

Instituições superiores têm até 20 de maio para aderir ao ProUni

O prazo vale para novas adesões e aditamentos

13 de Maio de 2019 as 20h46

Enem

Inep lança conteúdo em Libras referente ao Enem 2019

Também será veiculada campanha de comunicação em Libras nas redes sociais. Os vídeos vão destacar as principais informações e datas do exame, que será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro

13 de Maio de 2019 as 20h42

Saúde

Hipertensão afeta um a cada quatro adultos no Brasil

No Dia Nacional de Combate à Hipertensão, Ministério da Saúde alerta que 34 pessoas morrem por hora de doenças cardiovasculares no país. Pressão alta é o principal fator de risco

27 de Abril de 2019 as 21h16

Ação Integrada

Hospitais Federais ampliam em 32% consultas na emergência

Balanço dos primeiros três meses da Ação Integrada de Apoio à Gestão dos hospitais federais foi apresentado pelos ministros da Secretaria-Geral da Presidência e Saúde

27 de Abril de 2019 as 21h03

Imunização

Semana ''Saúde na Escola'' aborda importância da vacinação

Ações envolverão estudantes, professores e funcionários para alertar sobre a necessidade de manter a caderneta de vacinação atualizada.

08 de Abril de 2019 as 22h33

Saúde

Três em cada cem mortes no país podem ter influência do sedentarismo

Praticar esportes é fundamental para o corpo e para a mente e ajuda a prevenir doenças como diabetes e hipertensão. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o sedentarismo é considerado o quarto maior fator de risco de mortes no mundo

08 de Abril de 2019 as 09h35

Vacinação

Campanha de vacinação contra a gripe começa esta semana em todo o país

De acordo com o Ministério da Saúde, a imunização, este ano, foi antecipada em cerca de 15 dias em relação aos anos anteriores, quando a campanha teve início na segunda quinzena de abril.

07 de Abril de 2019 as 15h23

Saúde Bucal

Equipe de Saúde realiza avaliação bucal nos alunos da rede municipal

O objetivo é verificar as condições de saúde bucal e prevenir agravos

07 de Abril de 2019 as 14h42

Saúde

Governo repassa R$ 500 mil para UTI’s de Lucas do Rio Verde

Outros 15 hospitais também serão beneficiados com repasses que passam de R$ 6 milhões

19 de Março de 2019 as 16h17

Fórum De Saúde Mental

Discussões sobre saúde mental buscam fortalecer rede assistencial

Fórum reúne profissionais da área de saúde mental, estudantes e representantes de instituições

16 de Março de 2019 as 18h16

Evento

Lucas do Rio Verde realiza I Fórum de Saúde Mental nesta sexta-feira (15)

O evento será realizado no Auditório dos Pioneiros, no Paço Municipal, a partir das 7 horas.

13 de Março de 2019 as 21h40

Ciência E Tecnologia

Bolsonaro destaca implementação de programa para dessalinização de águas salobras

Presidente da República ressaltou importância da medida para as populações que vivem no semiárido brasileiro.

10 de Março de 2019 as 17h07

Programa Mais Médicos

Médicos que atuam em áreas vulneráveis poderão renovar contrato

Ministério da Saúde abre a possibilidade para profissionais que encerrariam as atividades no programa Mais Médicos no final deste mês.

27 de Fevereiro de 2019 as 20h19

Atenção Básica

Inscrições para o Saúde na Escola terminam nesta quinta (28)

Por meio do programa, governo federal repassa recursos para municípios realizarem ações de prevenção e atenção à saúde no ambiente escolar

27 de Fevereiro de 2019 as 20h14

Prevenção

Ações de combate ao Aedes aegypti precisam ser intensificadas neste início de ano

Últimos dados do Ministério da Saúde indicam alta de 149% no total de casos prováveis da dengue no País

27 de Fevereiro de 2019 as 19h48

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

veja +

COTAÇÃO