Ação Integrada

Hospitais Federais ampliam em 32% consultas na emergência

Balanço dos primeiros três meses da Ação Integrada de Apoio à Gestão dos hospitais federais foi apresentado pelos ministros da Secretaria-Geral da Presidência e Saúde

27 de Abril de 2019 as 21h 03min

Iniciada em 23 de janeiro, a Ação Integrada de Apoio à Gestão dos Hospitais Federais do Rio (HFRJs) teve seus três primeiros meses avaliados pelos ministros da Secretaria-Geral da Presidência da República (SGPR), Floriano Peixoto, e Ministério da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Os resultados da Ação foram apresentados em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (26), no Núcleo do Ministério da Saúde no Rio (Nerj).

Segundo números levantados pelo Departamento de Gestão Hospitalar (DGH), a Ação Integrada contribuiu para a ampliação dos atendimentos assistenciais, a melhoria de fluxos nas emergências e centro cirúrgicos, a redução de infecção hospitalar e a maior integração do Núcleo Interno de Regulação (NIR) com o sistema de regulação de leitos municipal e estadual.

“Foram registrados 20 mil atendimentos em acréscimo nos hospitais federais [em relação ao mesmo período do ano passado] e temos em curso a colaboração dos hospitais de referência, que qualificaram quase 1,5 mil profissionais dos hospitais federais”, destacou o ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Floriano Peixoto.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, lembrou que a primeira fase foi de identificação de todos os gargalos relacionados à estrutura hospitalar e de recursos humanos, organização de estoque e gestão de insumos. “Agora devemos investir R$ 120 milhões em reformas para adequação da parte elétrica, hidráulica, de ambiência e recuperação. Esses recursos já estão autorizados e agora os hospitais irão indicar as obras prioritárias”, assegurou Mandetta, ao anunciar que estão sendo estudadas alternativas para contratação de profissionais de saúde, em parceria com o governo estadual, para reforçar o atendimento.

 Resultados 

No primeiro trimestre de 2019, quando comparado com o mesmo período de 2018, os HFRJs aumentaram em 32% o número de consultas de emergência; em 7%, os atendimentos ambulatoriais; em 10%, o número de internações; e em 3% o total de cirurgias. Esta produção assistencial consolidada significou a realização, no primeiro trimestre de 2019, de 250.155 atendimentos, 20.216 a mais do que o contabilizado no mesmo período de 2018.

Colaboraram para esse resultado positivo as ações de qualificação médico-assistenciais realizadas pelos hospitais de referência que participam da Ação Integrada. São eles: Sírio-Libanês (SP), Albert Einstein (SP), Alemão Oswaldo Cruz (SP), Hospital do Coração (SP) e Moinhos de Vento (RS).

Durante a coletiva, foi assinada, ainda, Exposição de Motivos Interministerial (Ministérios da Saúde, Economia e Secretaria-Geral da Presidência da República) que deve subsidiar a elaboração de decreto presidencial para possibilitar o avanço do projeto de centralizaçao de compras e serviços. A partir do documento, deverá ser criado um Grupo de Trabalho que vai elaborar um plano de ação para unificar as contratações para aquisição de materiais e prestação de serviços nos Hospitais Federais do Rio. 

Sobre Ação Integrada nos Hospitais Federais

A Ação Integrada de Apoio à Gestão dos Hospitais Federais do RJ está sendo realizada pelo Ministério da Saúde, em parceria com Secretaria-Geral da Presidência da República (SGPR), por meio da Secretaria Especial de Modernização do Estado (Seme), além de diversos órgãos da Administração Pública Federal e dos hospitais de referência.

Seu objetivo é modernizar as relações administrativas e qualificar os serviços assistenciais oferecidos pelos 6 hospitais federais localizados no Rio de Janeiro – Andaraí (HFA), Bonsucesso (HFB), Cardoso Fontes (HFCF), Ipanema (HFI), Lagoa (HFL) e Servidores do Estado (HFSE) –, tornando-os mais ágeis, acessíveis e alinhados às boas práticas e aos padrões de qualidade e segurança dos pacientes.

Programa de Qualificação do Atendimento

Dentro do escopo da Ação Integrada, em seus primeiros 3 meses, constava a realização de diversos projetos de qualificação dentro dos Hospitais Federais. Redução das infecções hospitalares em UTIs, estruturação dos Núcleos Internos de Regulação (NIR) e melhoria dos fluxos de atendimentos nas emergências e do centro cirúrgico eram alguns dos objetivos desses programas.

Mais de 50 profissionais dos cinco hospitais de referência compuseram o grupo de trabalho que realizou as atividades e as mais de 100 visitas aos hospitais federais. Ao todo, 1.413 funcionários participaram das capacitações.

Gestão Eficiente

Uma das principais entregas da Ação Integrada foi a elaboração de um novo modelo de governança compatível com as melhores práticas da gestão hospitalar, que poderá inspirar, ser adaptado e replicado nos demais hospitais estaduais e municipais.

Alinhou-se ao modelo de governança a definição de um novo organograma para a gestão de pessoal nos hospitais. O documento determina competências e responsabilidades em toda a estrutura administrativa, com a designação dos gestores em conformidade com as suas capacidades técnicas e curriculares, levando em consideração também os requisitos expostos no decreto 9.727/2019. Com tais procedimentos, evita-se a ocupação de cargos e funções sem que sejam atendidos os adequados critérios técnicos e de formação.

Após o diagnóstico realizado por um grupo de trabalho formado por técnicos dos hospitais de referência e militares especializados em gestão pública, com assistência da SGPR, foi elaborado, ainda, o projeto de centralização dos processos de Compras e Serviços que, quando implementado, diminuirá o custo das aquisições dos materiais e dos insumos hospitalares, gerando uma economia estimada, inicialmente, em R$ 50 milhões por ano – valor equivalente ao custeio anual do Hospital Federal da Lagoa.  

Participação Social 

Foi realizado um esforço conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU) para aumentar a participação de todos os públicos dos hospitais – servidores, terceirizados, fornecedores, pacientes e cidadãos em geral. Além das capacitações dos ouvidores dos hospitais federais, foi executada a ouvidoria ativa, que buscou proativamente as manifestações nas próprias unidades.

Ainda como parte desse projeto especial de promoção da participação social, foi criado um canal dedicadono Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal (e-OUV) para concentrar o recebimento de manifestações sobre os hospitais federais via Internet: saude.gov.br/hospitaisfederais

Nas primeiras duas semanas desde o lançamento, foram recebidas mais de 300 mensagens, destinadas diretamente à Presidência da República. As sugestões, reclamações, denúncias, elogios e solicitações subsidiarão a elaboração das propostas para a melhora na qualidade do atendimento.


Fonte: Governo Do Brasil

COMENTARIOS

Mais de Ciência e Saúde

Saúde

Medicamento por compartilhamento de risco amplia tratamento de AME

Ministério da Saúde cria alternativas para promover melhores condições de vida ao paciente. Uma delas foi a incorporação do medicamento Spinraza.

15 de Julho de 2019 as 21h36

Estudo

Composto de planta da Mata Atlântica combate leishmaniose e Chagas

Estudo do Instituto Adolfo Lutz, Universidade Federal do ABC e Universidade de Oxford, apoiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), pode resultar em novos medicamentos para o tratamento de pacientes.

14 de Julho de 2019 as 23h48

Saúde

Fechada há 4 meses, Santa Casa de Cuiabá deve ser reinaugurada e reabrir até o final de julho

Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá deve ser reinaugurada na próxima terça-feira (23). O atendimento da população, porém, não deve ser feito de imediato.

13 de Julho de 2019 as 22h16

UTI Em Lucas

Hospital São Lucas passa a gerir UTI’s a partir de segunda-feira (15)

''Estamos realmente em uma força tarefa para fazer as UTI’s funcionar'', afirma gestora do HSL

13 de Julho de 2019 as 20h27

Processo Seletivo

Governo publica novo processo seletivo com 215 vagas para o Hospital Regional de Alta Floresta (MT)

De acordo com o edital, as inscrições poderão ser realizadas presencialmente no Escritório Regional de Saúde de Alta Floresta, a partir desta sexta-feira (12), das 8h às 17h dos dias úteis, e estarão abertas até o dia 25 de julho.

12 de Julho de 2019 as 22h08

Oportunidade

Consórcio de Saúde abre licitação para a compra de material de laboratório

Serão adquiridos 83 tipos de materiais, que serão utilizados na realização de exames laboratoriais dos pacientes atendidos pelo SUS

11 de Julho de 2019 as 22h25

Estudo

Estudo mostra que adolescentes de faixas carentes estão mais obesos

Esta é a primeira vez que uma investigação como essa é feita no Brasil, observando fatores socioeconômicos associados à desnutrição e à obesidade.

10 de Julho de 2019 as 21h04

Estudo

Oftalmologia na atenção básica pode reduzir cegueira no país

Estudo visa desenvolver políticas de interiorização da especialidade.

10 de Julho de 2019 as 20h37

Recursos Para A Saúde

Hospitais universitários federais ligados ao SUS recebem mais de R$ 79 milhões

Os recursos fazem parte do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais.

10 de Julho de 2019 as 19h57

Oportunidade

Consórcio de Saúde abre licitação para a compra de material médico e odontológico

Os documentos e propostas de preço devem ser encaminhados até o dia 15 de julho, por meio do site www.bnc.org.br

10 de Julho de 2019 as 16h13

Saúde

Presidente quer intensificar combate à hanseníase no país

Fundação Nippon promove trabalho internacional de prevenção e tratamento da doença.

08 de Julho de 2019 as 23h01

Estudo

Pouca massa muscular pode indicar risco de morte para idosos

Médicos recomendam exercícios físicos e dieta rica em proteínas.

08 de Julho de 2019 as 20h29

Programa Mais Médicos

Começam hoje as inscrições para a 2ª fase do Programa Mais Médicos

Os profissionais interessados em aderir ao programa terão entre os dias 8 e 12 de julho para fazer a inscrição.

08 de Julho de 2019 as 20h09

Doação De Sangue

Campanha de doação de sangue acontece neste sábado (13)

A campanha será realizada no PSF X, bairro Cerrado, com início às 7h30

08 de Julho de 2019 as 15h36

Saúde

Inverno requer cuidados contra a dengue

Dias mais frios devem ser usados para acabar com criadouros.

07 de Julho de 2019 as 21h55

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

veja +

COTAÇÃO