Prontuário Eletrônico

Postos de saúde no País devem adotar prontuário eletrônico em até 60 dias

Mecanismo permite acompanhamento de histórico do paciente, dados e resultados de exames

06 de Outubro de 2016 as 20h 42min

As unidades básicas de saúde em todos os municípios do País têm 60 dias para adotar o prontuário eletrônico.

Com o mecanismo digital, todos os serviços de saúde da cidade poderão acompanhar o histórico, os dados e resultado de exames dos pacientes, além de verificar em tempo real a disponibilidade de medicamentos ou mesmo registrar as visitas de agentes de saúde. A ação tem como objetivo melhorar o atendimento ao cidadão.

 A transmissão 100% digital dos dados da rede municipal para a base nacional permite, ainda, que o Ministério da Saúde verifique, on-line, como está sendo investido cada real do SUS na saúde do brasileiro.

A plataforma digital permite o acompanhamento do histórico médico do paciente em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS), oferecendo ganho na qualidade e na gestão da Atenção Básica para o gestor, para os profissionais de saúde e ao cidadão.

“O prontuário vai nos permitir eficiência, transparência, economia, como na consulta a exames e na oferta de medicamentos, e permitirá que o cidadão seja o fiscal do Sistema Único de Saúde. Até 10 de dezembro, já deveremos ter mais de 50% dos brasileiros com seu atendimento verificado no sistema de controle do Ministério da Saúde, para que seja atingido o objetivo da informatização dos mecanismos de controle de cada real do SUS”, destacou o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

O ministro também informou que o Ministério da Saúde está preparado para apoiar os municípios que encontrarem dificuldades na implantação do prontuário eletrônico. Assim, cada gestor deverá reportar suas necessidades à pasta, até 10 de dezembro, que avaliará cada caso para providenciar a estrutura para a transmissão dos dados.

Balanço

Atualmente, 76% das unidades básicas de saúde ainda registram o histórico do paciente em papel, apesar de dados do Ministério das Comunicações apontarem que todas as cidades contam com ponto de internet banda larga.

O Ministério da Saúde oferece plataforma gratuita, mas o envio dos dados também pode ser feito pelos municípios por sistema próprio. Após o período para implantação das plataformas, o pagamento do PAB Variável às prefeituras, equivalente a R$ 10 bilhões por ano, ficará condicionado à implantação do prontuário eletrônico. Esse recurso é aplicado no custeio dos atendimentos de pediatria e vinculados a programas como Saúde da Família, Brasil Sorridente, entre outros.

A informatização dos sistemas de saúde é uma das prioridades da gestão do Ministério da Saúde. O objetivo é integrar o controle das ações, promover a correta aplicação dos recursos públicos, obter dados para o planejamento do setor e, principalmente, propiciar a ampliação do acesso e da qualidade da assistência prestada à população, tornando o atendimento mais eficiente. A medida ajudará também a reduzir custos, evitando, por exemplo, a duplicidade de exames ou retiradas de medicamentos.

Das 41.688 unidades básicas de saúde em funcionamento em 5.506 municípios, 10.134 (106,98 milhões de pessoas) já têm o Prontuário Eletrônico, sendo que 2.902 utilizam versões oferecidas gratuitamente pelo Ministério da Saúde, e 7.232 softwares próprios e privados.

Lançamento

Com o objetivo de apoiar os municípios no processo de informatização, o Ministério da Saúde lança, nesta quinta-feira (6), a versão 2.1 do Prontuário Eletrônico do e-SUS AB. A plataforma permite o profissional de saúde gravar e acessar informações, como detalhamento da consulta e diagnóstico, disponibilidade de medicamentos nas farmácias dos municípios, procedimentos realizados, resultado de exames e evolução do paciente.

A nova versão possibilita ainda que o registro ao Cartão Nacional de Saúde (CNS), a identificação do cidadão no SUS, seja feito digitalmente em qualquer unidade que já utilize a atualização do programa.

O Ministério da Saúde economizará R$ 84 milhões por ano com tecnologias para informação. A pasta também vai apoiar municípios que tenham dificuldades para implantar o novo modelo, conforme as necessidades encaminhadas pelos gestores, que serão analisadas caso a caso.


MT Agora - Portal Brasi

COMENTARIOS

Mais de Ciência e Saúde

Alerta

Exposição contínua à tela do computador pode afetar crianças e jovens

A tecnologia atual disponível para telas e mídias em geral oferece benefícios, mas também pode trazer riscos para a saúde de crianças e adolescentes.

20 de Junho de 2019 as 21h27

Programa Mais Médicos

Mais Médicos: 1,9 mil profissionais começam a atuar em junho

Os profissionais do Mais Médicos selecionados devem comparecer aos municípios entre os dias 24 e 28 de junho para início das atividades nas unidades de saúde de todo o país.

19 de Junho de 2019 as 22h38

Hospital São Lucas

Gestão do Hospital São Lucas divulga nota esclarecendo situação das UTI’s

Plano de ação está sendo elaborado para evitar o fechamento das UTI’s.

19 de Junho de 2019 as 22h06

Estimativa

Cegueira afeta 39 milhões de pessoas no mundo; conheça suas principais causas

No Brasil, estimativa é de que 1.577.016 de indivíduos sejam cegos, o equivalente a 0,75% da população nacional.

16 de Junho de 2019 as 16h09

Exames Laboratoriais

Laboratório Municipal tem novo ponto de coleta no PSF XIII

A unidade irá atender pacientes do PSFs X (Cerrado), XII (Veneza), XIII (Parque das Américas) e XV (Jaime Seiti Fujii)

12 de Junho de 2019 as 21h01

Licitação

Consórcio de Saúde abre licitação para o credenciamento de empresas especializadas na área de Medicina Hiperbárica

Os documentos devem ser entregues de 12 a 27 de junho. O resultado será divulgado no dia 28 de junho.

11 de Junho de 2019 as 17h00

Copa América

Brasil preparado para atuar em situações de saúde na Copa América

Todos os jogos serão monitorados por profissionais do SUS nas cinco cidades-sede do torneio. Serão avaliadas eventuais situações de risco, demandas de saúde e respostas a emergências

10 de Junho de 2019 as 22h01

Imunização

Instituto Butantã alerta sobre importância das vacinas

Palestras mostram eficácia de vacinas no combate a doenças infecciosas

09 de Junho de 2019 as 17h52

Tecnologia Na Medicina

Nanocápsulas ativadas por calor podem ajudar no tratamento do câncer

O método envolve o transporte de medicamentos antitumor por meio de cápsulas em escala nanométrica, feitas com membranas de células cancerosas.

09 de Junho de 2019 as 17h32

Teste Do Pezinho

Ministério da Saúde reforça a importância do Teste do Pezinho entre o 3º e 5º dia de vida

Em cinco anos, mais de 17 mil recém-nascidos foram diagnosticados com alguma das doenças detectáveis pelo Teste do Pezinho, oferecido pelo SUS. Hipotireoidismo congênito e a doença falciforme respondem por 77% dos casos.

07 de Junho de 2019 as 23h22

Hospital São Lucas

Governo efetua pagamento de mais R$ 1 milhão para UTI de Lucas do Rio Verde

Aplicação de recurso tem por objetivo a melhora do acesso ao atendimento, em benefício ao usuário do SUS em Mato Grosso.

06 de Junho de 2019 as 00h05

Imunização

Vacinação contra gripe é estendida para toda população

A partir desta segunda, toda a população pode se vacinar contra a gripe. Público prioritário teve mais de 50 dias para se vacinar com exclusividade.

03 de Junho de 2019 as 21h55

ProUni

Instituições superiores têm até 20 de maio para aderir ao ProUni

O prazo vale para novas adesões e aditamentos

13 de Maio de 2019 as 20h46

Enem

Inep lança conteúdo em Libras referente ao Enem 2019

Também será veiculada campanha de comunicação em Libras nas redes sociais. Os vídeos vão destacar as principais informações e datas do exame, que será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro

13 de Maio de 2019 as 20h42

Saúde

Hipertensão afeta um a cada quatro adultos no Brasil

No Dia Nacional de Combate à Hipertensão, Ministério da Saúde alerta que 34 pessoas morrem por hora de doenças cardiovasculares no país. Pressão alta é o principal fator de risco

27 de Abril de 2019 as 21h16

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

veja +

COTAÇÃO