Recursos

Saúde anuncia R$ 4 milhões para 18 cidades afetadas pelo rompimento de barragem em Brumadinho (MG)

Auxílio deverá ser usado na atenção básica e na prevenção de doenças

18 de Fevereiro de 2019 as 16h 32min

Objetivo da liberação é acompanhar e prevenir doenças em consequência do desastre - Foto: Arquivo/Governo de Minas Gerais

O Ministério da Saúde vai liberar R$ 4 milhões para auxiliar a população da região afetada pelo rompimento da Barragem da mina do Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG). Com os recursos, o governo espera auxiliar 18 cidades mineiras afetadas, que juntas abrigam cerca de 1 milhão de pessoas. 

Além de Brumadinho, serão beneficiadas as cidades de Betim, Curvelo, Esmeraldas, Felixlândia, Florestal, Fortuna de Minas, Igarapé, Juatuba, Maravilhas, Mário Campos, Papagaios, Pará de Minas, Paraopeba, Pequi, Pompéu, São Joaquim de Bicas e São José da Varginha. 

O objetivo é acompanhar e prevenir doenças em consequência do desastre, como aumento de casos de dengue, zika, chikungunya e febre amarela. As ações complementam as atividades do Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública que envolvem mais de 50 técnicos do Ministério da Saúde. 

Minas Gerais  

O ministro da Saúde, Henrique Mandetta, também anunciou que Minas Gerais terá mais R$ 196,1 milhões de recursos adicionais para ampliar o atendimento nas unidades de saúde públicas. A maior parte dos recursos, R$ 192 milhões, foi incorporada ao Teto MAC do estado, que é o total de recurso disponibilizado pela União para atendimentos de média e a alta complexidade ambulatorial e hospitalar. Com isso, o governo poderá incrementar a assistência na urgência e emergência, com a realização de mais cirurgias, consultas, exames e diagnósticos. 

Fonte: Planalto

COMENTARIOS

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

COTAÇÃO