Estudo

Substância psicoativa da maconha é detectada em 63% das amostras de leite materno mesmo após 6 dias do uso

Estudo colheu material de 50 mães nos Estados Unidos. Uso da planta foi legalizado em vários estados do país.

27 de Agosto de 2018 as 11h 32min

Um estudo publicado na revista "Pediatrics" nesta segunda-feira (27) detectou o THC, principal componente psicoativo na maconha, em 63% das amostras de leite materno até seis dias após o uso por mulheres. A pesquisa foi financiada pelos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos (em inglês, NIH) e pela Gerber Foundation.

Nos Estados Unidos, a maconha é ilegal de acordo com a legislação federal, mas alguns estados e o distrito de Columbia permitem o uso medicinal e/ou recreacional. De acordo com pesquisa do Yahoo News em parceria com a Faculdade Marista em Poughkeepsie, em Nova York, 20% dos adultos usam a droga sem regularidade, e 14% usam com frequência.

De acordo com o estudo desta segunda-feira, o uso da maconha foi documentado em mulheres grávidas e mães que amamentam. A Academia Americana de Pediatria, no entanto, não recomenda que as mulheres usem a maconha em nenhuma das duas situações.

Esta pesquisa levou em conta esse cenário no país e buscou, segundo os autores, trazer mais dados para aprofundar as preocupação com a saúde e o desenvolvimento de bebês que são alimentados com leite materno de mães usuárias.

Cinquenta mulheres que usaram a maconha diariamente, semanalmente ou esporadicamente – sendo a inalação o principal método de consumo – foram examinadas pelos cientistas. Foram coletadas 54 amostras de leite, sendo que em 63% delas havia o THC, principal componente psicoativo na droga, até seis dias após o uso da planta.

"Os pediatras são frequentemente colocados em uma situação desafiadora quando uma mãe que amamenta pergunta sobre a segurança de usar a maconha. Não temos dados publicados que sejam fortes para aconselhar contra o consumo" disse Christina Chambers, principal autora do estudo e professora da Universidade da Califórnia, em San Diego.

Os canabinóides – compostos ativos da maconha, como o THC - têm uma preferência por fazer ligações com moléculas de gordura, abundantes no leite materno. Esse é um dos fatos que levantou a preocupação com o uso durante a amamentação.

"Descobrimos que a quantidade de THC que uma criança poderia potencialmente ingerir por meio do leite materno é relativamente baixa, mas ainda não sabemos dizer se há uma dose segura para os bebês", completou Chambers. "Acredita-se que os produtos disponíveis hoje feitos com maconha são muito mais potentes que os que eram vendidos há 20 ou 30 anos".

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que a amamentação seja feita de forma exclusiva para o bebê até os seis meses de idade. O fim precoce da amamentação está associado a um maior risco de obesidade, asma, morte súbita, piora da saúde imunológica, entre outros fatores. Nas mães, há um maior risco de câncer de mama, de útero e do desenvolvimento do diabetes tipo 2.


Fonte: G1

COMENTARIOS

Mais de Ciência e Saúde

ProUni

Instituições superiores têm até 20 de maio para aderir ao ProUni

O prazo vale para novas adesões e aditamentos

13 de Maio de 2019 as 20h46

Enem

Inep lança conteúdo em Libras referente ao Enem 2019

Também será veiculada campanha de comunicação em Libras nas redes sociais. Os vídeos vão destacar as principais informações e datas do exame, que será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro

13 de Maio de 2019 as 20h42

Saúde

Hipertensão afeta um a cada quatro adultos no Brasil

No Dia Nacional de Combate à Hipertensão, Ministério da Saúde alerta que 34 pessoas morrem por hora de doenças cardiovasculares no país. Pressão alta é o principal fator de risco

27 de Abril de 2019 as 21h16

Ação Integrada

Hospitais Federais ampliam em 32% consultas na emergência

Balanço dos primeiros três meses da Ação Integrada de Apoio à Gestão dos hospitais federais foi apresentado pelos ministros da Secretaria-Geral da Presidência e Saúde

27 de Abril de 2019 as 21h03

Imunização

Semana ''Saúde na Escola'' aborda importância da vacinação

Ações envolverão estudantes, professores e funcionários para alertar sobre a necessidade de manter a caderneta de vacinação atualizada.

08 de Abril de 2019 as 22h33

Saúde

Três em cada cem mortes no país podem ter influência do sedentarismo

Praticar esportes é fundamental para o corpo e para a mente e ajuda a prevenir doenças como diabetes e hipertensão. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o sedentarismo é considerado o quarto maior fator de risco de mortes no mundo

08 de Abril de 2019 as 09h35

Vacinação

Campanha de vacinação contra a gripe começa esta semana em todo o país

De acordo com o Ministério da Saúde, a imunização, este ano, foi antecipada em cerca de 15 dias em relação aos anos anteriores, quando a campanha teve início na segunda quinzena de abril.

07 de Abril de 2019 as 15h23

Saúde Bucal

Equipe de Saúde realiza avaliação bucal nos alunos da rede municipal

O objetivo é verificar as condições de saúde bucal e prevenir agravos

07 de Abril de 2019 as 14h42

Saúde

Governo repassa R$ 500 mil para UTI’s de Lucas do Rio Verde

Outros 15 hospitais também serão beneficiados com repasses que passam de R$ 6 milhões

19 de Março de 2019 as 16h17

Fórum De Saúde Mental

Discussões sobre saúde mental buscam fortalecer rede assistencial

Fórum reúne profissionais da área de saúde mental, estudantes e representantes de instituições

16 de Março de 2019 as 18h16

Evento

Lucas do Rio Verde realiza I Fórum de Saúde Mental nesta sexta-feira (15)

O evento será realizado no Auditório dos Pioneiros, no Paço Municipal, a partir das 7 horas.

13 de Março de 2019 as 21h40

Ciência E Tecnologia

Bolsonaro destaca implementação de programa para dessalinização de águas salobras

Presidente da República ressaltou importância da medida para as populações que vivem no semiárido brasileiro.

10 de Março de 2019 as 17h07

Programa Mais Médicos

Médicos que atuam em áreas vulneráveis poderão renovar contrato

Ministério da Saúde abre a possibilidade para profissionais que encerrariam as atividades no programa Mais Médicos no final deste mês.

27 de Fevereiro de 2019 as 20h19

Atenção Básica

Inscrições para o Saúde na Escola terminam nesta quinta (28)

Por meio do programa, governo federal repassa recursos para municípios realizarem ações de prevenção e atenção à saúde no ambiente escolar

27 de Fevereiro de 2019 as 20h14

Prevenção

Ações de combate ao Aedes aegypti precisam ser intensificadas neste início de ano

Últimos dados do Ministério da Saúde indicam alta de 149% no total de casos prováveis da dengue no País

27 de Fevereiro de 2019 as 19h48

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

veja +

COTAÇÃO