Ciência e Saúde

Trâmite do certificado de vacinação será totalmente pela internet

Ação deverá economizar R$ 120 milhões ao ano e aumentar controle na emissão do documento.

Efiência | 26 de Janeiro de 2019 as 09h 46min
Fonte: Ministério Da Economia

Certidão atesta que o cidadão está protegido contra a febre amarela - Foto: Arquivo/Agência Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) vai lançar mão da tecnologia para facilitar a vida dos cidadãos. Agora, o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP), exigido de viajantes para entrar em 100 países, será digital.

Disponível a partir da próxima terça-feira (29), o serviço é gratuito e online, da solicitação e processamento ao recebimento do documento. O certificado comprova que o turista foi vacinado contra a febre amarela. 

Processo

Para pedir o documento, é necessário tomar a dose contra a doença e em seguida solicitar o CIVP pelo Portal de Serviços. Após a análise da Anvisa, o cartão é enviado ao usuário, que deve assinar o documento.

A ação deve reduzir custos e aumentar o controle sobre as certidões. Por ano, mais de 730 mil CIVP são solicitadas. A economia para a sociedade é estimada em R$ 120 milhões por ano.

COMENTARIOS

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

COTAÇÃO