A corrupta ditadura da coalizão

A verdade é que, apesar da corrupção envolver os homens, o principal corrupto é o sistema.

06/06/2016 - 05:29:08

   

A população brasileira vive o sobressalto das revelações. Dirigentes das maiores empreiteiras, altos executivos de estatais e personalidades políticas de alto bordo encarcerados ou usando tornozeleiras elaborada para a contenção de bandidos.

Dezenas de parlamentares e homens de governo são investigados são investigados e correm o risco de caírem na vala comum dos corruptos. O novo governo, ainda provisório, é alvo de manifestações daqueles que, afastados, não querem largar o osso.

O simplório gravador de vozes constitui hoje uma bomba terrorista que um corrupto reconhecido utiliza para cooptar e aterrorizar personalidades que, supostamente, também têm as mãos sujas.

Teme-se que os corruptos já alcançados pela Justiça, em suas delações premiadas, acabem por entregar seus comparsas até hoje não revelados.

A República brasileira chegou, lamentavelmente, ao seu mais baixo degrau. O quadro revela que o poder tem sido constituído através do assalto aos cofres públicos e da mais sórdida promiscuidade entre aqueles que têm (e deveriam honrar) o sagrado dever de governar e bem representar a coletividade.

 Temos de buscar novos paradigmas para restabelecer a saúde político-administrativa e as maiorias governamentais deixarem de ser conseguidas através da propina, da lavagem de dinheiro, da formação de quadrilha e do escambo do voto que, em vez de sagrado, é tratado como mercadoria vil.

A Operação Lava Jato e suas subsidiárias estão prestando um grande serviço à Nação ao revelarem os esquemas criminosos e os seus praticantes que, pelo bem geral, precisam ser varridos da cena político-administrativa nacional.

Espera-se que o Senado Federal decida sem demora sobre o impeachment, para podermos ter um governo definitivo (não provisório) e este tenha representatividade e segurança para promover as reformas que a sociedade reclama.

Nos é dado a ver que o grande mal está no presidencialismo de coalizão, que traz a corrupção na sua gênese.

Logo após as eleições, o governo dá vantagens aos parlamentares que quer atrair e estes se esquecem do que prometeram ao eleitor, cometendo a primeira corrupção, num sistema viciado, onde quem não adere, é eliminado do meio.

Assim, quem não se corrompe, não sobrevive. Há que se eleger os políticos com base em seus programas de governo e observar rigorosamente a divisão e a harmonia de poderes.

O Executivo governa, o Legislativo discute as leis e fiscaliza e o Judiciário garante o cumprimento do ordenamento jurídico.

Sem uma mudança radical na forma de constituir o poder, continuaremos o círculo vicioso da instabilidade que o país vive desde o advento da República.

Apesar da corrupção envolver os homens, o principal corrupto é o sistema...

 

DIRCEU CARDOSO GONÇALVES é dirigente da Aspomil (Associação de Assistência Social dos Policiais Militares de São Paulo).

aspomilpm@terra.com.br

MT Agora | Dirceu Cardoso

Mais Noticias

Artigo

Artigo: A Justiça tem lado?

Artigo

Artigo: Direito Sistêmico

Artigo

Artigo: O triunfo da Justiça

Artigo

Artigo: Pagamento de boletos fica mais fácil

18/07/2017 -

Artigo: Uma sociedade sem ética

Saindo do campo conceitual e caindo num questionamento mais objetivo, a firmeza se reduz

04/07/2017 -

Artigo: O caso do promotor de Guarantã

O que leva alguém a jogar para o alto uma carreira promissora e comprometer a vida pessoal?

04/07/2017 -

Artigo: Compliance e agronegócio

Voltar a crescer, com responsabilidade e sustentabilidade, é fundamental para todos os setores da economia

27/06/2017 -

Artigo: Recall presidencial

Parece-me apressada e inadequada, neste momento histórico, a pretendida implantação de recall presidencial

27/06/2017 -

Artigo: Como auxiliar os jovens

As mídias sociais, filmes e tudo que acontece ao redor exercem influência sobre os jovens, e faz com que eles se cobrem mais

27/06/2017 -

Edital de convocação para assembléia de fundação da Associação Acadêmica Luverdense

Convite para participação em assembleia em que será discutido o projeto de estatuto social e criação da Associação Acadêmica Luverdense - AAL

27/06/2017 -

Artigo: Delação premiada: impunidade?

A delação passa a ser considerada como prova quando o delator incrimina um terceiro e prova suas afirmações

27/06/2017 -

Artigo: O ser voluntário

Muito além dos likes nas redes sociais, o ato de se colocar à disposição do próximo por amor faz bem à saúde

06/06/2017 -

Artigo: Turismo e meio ambiente devem caminhar juntos

O Estado vive um momento importante em que colocou a temática ambiental como estratégia nas suas políticas públicas

06/06/2017 -

Artigo: Se Temer cair, haverá eleições?

As novas eleições devem ser diretas, ou seja, pelo povo, e não pelos parlamentares

06/06/2017 -

Artigo: Conforto dos animais

Os criadores não teriam resistência em adaptar-se ao aumento do espaço para os animais, desde que vendessem mais caro

20/04/2017 -

Artigo: Política X Política

Ultimamente, parece que a má política está prevalecendo sobre a boa, levando-nos a ser cada vez mais descrente na tal classe política.

04/03/2017 -

Artigo: A renovação do sistema político

A história vai registrar todos os danos irreparáveis causados por essa casta de “nobres” decaídos

01/03/2017 -

Artigo: Carnaval, corrupção e santa

No final das contas, até a Igreja Católica, conhecida pelo conservadorismo, este ano se rendeu ao Carnaval

01/01/2017 -

A importância do Coaching na formação da carreira e no Desenvolvimento Humano

O processo de coaching estimula a capacidade das pessoas de se reinventarem e encontrarem alternativas adequadas, diante do atual momento que estão vivendo.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora