Artigo

Artigo: Brasil em busca do passado

Estamos no ano de 2017 e as gerações que estão com voz ativa se concentram nos nascidos pós-guerra (1945).

05 de Outubro de 2017 as 22h 19min

As últimas pesquisas de intenção de voto e/ou desejos administrativos no Brasil mostram um antagonismo feroz que apontam aos extremos daquilo que já vivemos em período não muito distante.

De um lado, tem aqueles que gostariam de trazer o militarismo, ou um ditador impositivo para “botar ordem”; do outro, um número considerável de brasileiros que gostariam de reconduzir o ex-presidente Lula ao poder. Como explicar isso?

As ciências do conhecimento e do comportamento humano apontam que, quando sentimos medo ou insegurança em relação a alguma coisa, imediatamente buscamos uma zona de conforto já vivida no passado.

Se encolher, buscar a posição fetal, é um dos comportamentos físicos aparente.

O inverso também é verdadeiro, projetamos para o futuro quando há esperança e a ausência de medo, como afirmava Charles Chaplin, “a vida é maravilhosa se não se tem medo dela”.

Utilizando estes conceitos para o momento vivido na política brasileira, eles ajudam na leitura das últimas pesquisas de intenção de voto e até nos movimentos recorrentes. Principalmente, via redes sociais, onde os nomes mais citados são os do ex-presidente Lula e do deputado “cherife” Bolsonaro, ou até movimentos sugerindo a volta de uma “ditadura militar”.

Estamos no ano de 2017 e as gerações que estão com voz ativa se concentram nos nascidos pós-guerra (1945).

O período de administração do regime militar (1964 a 1985) ocorreu em uma época de um Brasil bastante rural, cujas informações não chegavam, ou quando chegavam eram super filtradas.

Isso sem contar o fato de existirem pouquíssimos assaltos ou roubos a pessoas físicas e, apesar das dificuldades financeira da população, para uma parte significante da sociedade eram períodos de calmaria.

Poucos brasileiros chegavam a faculdade e para quem não estava envolvido em movimentos sociais, partidos políticos e nem tinha parentes engajados, somado a filtragem dos noticiários, na sua maioria radiofônicos, viveram uma “sensação de muita tranquilidade e paz”.

Isso é fato. Leva, inclusive, ao esquecimento das dificuldades dos primeiros anos da década de 80, onde o ex-presidente João Batista de Oliveiras Figueiredo teve dificuldades econômicas e forte descontrole sobre a inflação.

Outro período de baixa turbulência ocorreu na primeira década dos anos 2000, período que esteve no governo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (2002 a 2010), já com o país urbanizado, mas navegando na onda do crescimento econômico no Brasil e no mundo, onde as taxas de desemprego caíram vertiginosamente e tivemos muitas pessoas aumentando seu poder de compra.

Apesar do aumento da violência (principalmente urbana), a sensação era de progresso cavalar.

Utilizando os parâmetros do conceitos das ciências do comportamento humano, onde retornar a uma zono de conforto é a primeira atitude diante das dificuldades, verificamos que é até normal esta busca por um déjà vú (o termo é uma expressão da língua francesa que significa "já visto"), ou mesmo uma necessidade momentânea de revisitar o passado.

William Shakespeare escreveu que “nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com frequência, poderíamos ganhar, pelo simples medo de arriscar”. A verdade é que estamos em um momento de medo e insegurança com relação ao nosso futuro.

As pesquisas vão além de números, mostram a ausência de esperança nas instituições brasileiras e a desilusão com os instrumentos e aparatos protetivos do Estado.

Mas, voltar ao passado não pode ser a saída!


MT Agora - João Edisom

COMENTARIOS

Mais de Coluna

Artigo

Foro Privilegiado de mãe

Que os nossos filhos consigam entender nossas ausências e o nosso trabalho

12 de Maio de 2019 as 11h14

Artigo

"Eu fui perseguida desde o dia do registro da minha candidatura"

Senadora do PSL questiona voto de relator, diz que processo tem nulidades e que será absolvida no TSE

06 de Maio de 2019 as 10h16

Entrevista

A reforma trabalhista reduziu as "aventuras jurídicas", diz juíza

A juíza Dayna Lannes Andrade apontou os pontos positivos e negativos da reforma, em vigor há um ano

01 de Maio de 2019 as 10h55

Artigo

O gosto do seu cliente

Não parametrize seu cliente através dos seus gostos ou preferências

23 de Abril de 2019 as 21h59

Artigo

O povo deveria julgar os acusados de crimes de corrupção

É uma forma democrática de reforço à participação popular no exercício do poder jurisdicional do Estado

23 de Abril de 2019 as 21h56

Artigo

O povo deveria julgar os acusados de crimes de corrupção

É uma forma democrática de reforço à participação popular no exercício do poder jurisdicional do Estado

23 de Abril de 2019 as 21h56

Artigo

Direito à liberdade de expressão nas redes sociais: quais os limites?

Direito Digital, Civil e Penal

11 de Abril de 2019 as 14h04

Artigo

O agronegócio e as recuperações judiciais

A agro é setor que mais apresentou pedidos de recuperação judicial

04 de Abril de 2019 as 09h51

Artigo

Lei Kandir e Funrual, o futuro do agro brasileiro

É preciso refletir sobre o efeito colateral das iminentes mudanças

04 de Abril de 2019 as 09h50

Artigo

Por que o INSS nega tantos benefícios?

Quais são seus direitos e as possíveis soluções?

29 de Março de 2019 as 17h10

Artigo

Redução de impostos em medicamentos

O Carf julgou o recurso de um hospital do Distrito Federal, que pedia o direito à reduzir o valor a ser pago do Pis e Cofins

29 de Março de 2019 as 09h20

Artigo

Propósito de vida

Mudanças são necessárias, mas não devem envolver pesar ou sofrimento

24 de Março de 2019 as 10h28

Artigo

Depressão e sexualidade

A saúde mental e física andam sempre juntas e não podem serem separadas

24 de Março de 2019 as 10h27

Artigo

Embriaguez, seguro e indenização

Embriaguez pode afastar a obrigação de indenização pelo sinistro

24 de Março de 2019 as 10h25

Artigo

A síndrome do sabichão

Enquanto você continuar se achando o

24 de Março de 2019 as 10h22

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

veja +

COTAÇÃO