Artigo

Artigo: Esperança para 2018

Mulheres vítimas de delito sexual precisam do apoio das demais. As mulheres se movem, e não é para trás...

Fonte:MT Agora
02 de Janeiro de 2018 as 16h 24min

O medo tomou conta do gênero feminino em 2017, segundo Eliane Brum in El País. Porém, nem tudo foi retrocesso. Importantes fatos ocorreram, revelando que as mulheres estão prontas para o embate, se necessário for.

A preocupação assolou, no ano que passou. Vivemos situações terríveis, com gosto de derrota aos direitos das mulheres. Todavia, a realidade mostrou que em se cuidando de direitos humanos, retroceder fica quase impossível.

Músicas com contexto feminista, sites, hashtags, youtubers e a mídia em geral, deixou evidente o quanto é difícil a desconstrução de direitos já alcançados. Pronunciar palavras agressivas às mulheres, disfarçadas de "cantadas", recebeu por elas outro tratamento.

E foi assim no ano que passou. Dizer qualquer coisa como "gostosa" para uma jovem, é, nos dias atuais, pedir para receber em troca um "te liga". E não adianta tentar explicar se cuidar de carinho, porquanto, é assédio mesmo.

E cada vez que o homem tentou esclarecer as suas atitudes agressivas, ficou pior. Resta a eles a compreensão de que o mundo mudou, ou melhor, evoluiu.

A adequação é o que se espera. Não há qualquer complacência com atitudes maldosas, disfarçadas de "bondades" ou "bem querer".

Não é possível ejacular em mulheres nos metrôs, ônibus, aviões, ou qualquer outro meio de transporte. Não é possível passar as mãos nas partes íntimas femininas nas ruas ou corredores. Não é possível dar "tapinhas inocentes". Não é possível olhares que despem.

Não é possível tirar para fora da calça as partes reservadas e ostentá-las como troféu. Não é possível emitir comentários sexuais em locais públicos. Não é possível abraçar efusivamente como se quisesse algo mais. Não é possível encostar para um cumprimento lambendo o rosto da mulher. Não é possível o assédio sexual no ambiente de trabalho. Muito deixou de ser possível...

A facilidade de mobilização pelas redes sociais fez destruir, romper, detonar, costumes machistas presenciados cotidianamente. E quando os grupos de mulheres passaram a conversar relatando os fatos do dia-a-dia, percebeu-se que a sonoridade move a natureza feminina.

O ano de 2017, nos EUA, começou com a marcha das mulheres contra o presidente Trump, terminando com a derrocada dos abusadores de Hollywood. Em "terras brasilis" não foi diferente. Ainda que superpoderosos ou autoridades, as máscaras despencam.

Não é aceitável assediar, abusar, estuprar ou cantar. A passos lentos, as brasileiras rompem o silêncio. Redações de jornais, hospitais, poder público, universidades, coxias, nada mais é inalcançável para as mulheres. Elas, agora, não se calarão.

O feminismo traça tessituras encampadas pelo movimento negro e LGBTQ, e avança. Fica complicado para o homem branco e heterossexual compreender que já tem que dividir poder e privilégios.

É o término do autoconsentimento do homem sobre a mulher, que dantes era visível e produzido pelo preconceito, silêncio, e, domínio.

O direito de macho o acompanhava desde o nascimento, juntamente com o órgão sexual. É fácil ganhar poder, o difícil é dividir.

Não pode mais: bater em mulher; assediar e abusar de mulheres; violentar mulheres. Com o consentimento, tudo pode. Sem o consentimento ou com vício, nada pode. Se em qualquer momento o consentimento for modificado, a atitude deve mudar imediatamente.

No ano que se inicia, elas devem continuar andando juntas, de mãos dadas, ao lado de homens capazes de escutar e discorrer de igual para igual. A solidariedade com aquelas que se encontram no ciclo de violência doméstica, sem o julgamento dolorido, é primordial.

As mulheres vítimas dos delitos sexuais precisam do apoio incondicional das demais.

As mulheres se movem, e não é para trás...

ROSANA LEITE DE BARROS é defensora pública estadual em Mato Grosso.


COMENTARIOS

Mais de Coluna

Artigo

Mercado Imobiliário e o Novo Momento

Todo mundo está se perguntando: e agora? O que vai acontecer na economia? A única certeza que temos nesse momento é a incerteza.

27 de Março de 2020 as 13h41

Artigo

O Compliance e o Direito Societário

A atuação jurídica no compliance envolve dentre outras coisas, a assessoria, orientação e elaboração de organização societária

20 de Fevereiro de 2020 as 16h26

Artigo

O Pior já passou por Ramiro Azambuja

Os últimos cinco anos foram difíceis para o setor de construção civil e mercado imobiliário em todo o país, mas 2020 começa com ares e indicadores otimistas.

09 de Fevereiro de 2020 as 22h54

Artigo

A hegemonia do etanol, por Marino Franz

O consumo interno de etanol continua crescendo, mesmo com a alta nos preços registrada neste início de ano

03 de Fevereiro de 2020 as 10h43

Artigo

Privilégio fiscal e a verdade sobre o “aumento dos preços”

Você sabia que em Mato Grosso empresas do mesmo setor, como por exemplo, do comércio, tinham incentivos fiscais diferentes?

20 de Janeiro de 2020 as 22h45

Artigo

Nova regra do ICMS em MT a partir de 01/01/2020

O nome já diz “guerra fiscal”, pois praticamente impossível a aprovação de um incentivo pelo Confaz, então os Estados (todos) passaram a conceder incentivos ao arrepio da lei.

21 de Dezembro de 2019 as 21h29

Artigo

Pacote Anicrime: Legitima Defesa aos Agentes de Segurança Pública

“Observados os requisitos previstos no caput deste artigo, considera-se também em legítima defesa o agente de segurança pública que repele agressão ou risco de agressão a vítima mantida refém durante a prática de crimes.”

09 de Janeiro de 2020 as 13h44

Artigo

Nova Lei de Abuso de Autoridade entrou em vigor

Há uma infinidade de punições previstas na lei de abuso de autoridade, sendo elas desde perda ou afastamento do cargo, quanto a indenizações cíveis e penas restritivas de direitos

07 de Janeiro de 2020 as 00h01

Artigo

Novidades da Lei 13.964/19 e Recompensa a Informantes

Agora qualquer cidadão (informante) que tiver acesso a informações que relatar informações consistentes que levem a recuperação do produto do crime contra a administração pública poderá ter como recompensa até 5% do valor recuperado.

07 de Janeiro de 2020 as 23h48

Carreira

10 características de um bom líder – que os líderes ruins não têm

Gestores fortes dividem a autoridade,falam obrigado e assumem seus erros

07 de Janeiro de 2020 as 15h46

Artigo

O inevitável processo civilizatório

A vida vai acrescentando coisas e desejos à nossa existência

10 de Dezembro de 2019 as 14h34

Artigo

Avanço na recuperação judicial

Lei também beneficia produtores que tenham atuado como pessoas físicas

10 de Dezembro de 2019 as 14h32

Artigo

Dicas para vender mais

Uma das coisas mais valorizadas pelo cliente é a economia do tempo dele

10 de Dezembro de 2019 as 14h30

Artigo

Transformação Compliance

Esse novo movimento tem ganhado força entre os mercados

07 de Novembro de 2019 as 09h25

Artigo

As reformas que temos

A neutralidade acredito que seja o aspecto mais frágil em ambos os projetos

07 de Novembro de 2019 as 09h23

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO