Artigo: Obesidade, um tema palpitante

O sedentarismo representa um dos fatores que tem como resultado final o excesso de peso

08/02/2017 - 17:08:35

   

A obesidade tem sido um tema muito abordado ultimamente, pois tem acometido cada vez mais pessoas no mundo e especialmente no Brasil. Dados mostram que o excesso de peso já atinge pouco mais da metade dos brasileiros e a obesidade próxima a 20 %. Com isto tanto o poder público, como até mesmo as pessoas tem se interessado mais pelo assunto e por formas de tratamento.

Antes de qualquer coisa vamos falar da definição de obesidade, usando com base o IMC (índice de massa corporal), não que este seja o único parâmetro, mas um dos mais utilizados, inclusive no meio médico.

Ele usa os dados do peso em kg do indivíduo e da altura em metros, na seguinte fórmula: peso em kg dividido pelo quadrado da altura em metros. Por exemplo, alguém com 100 kg e 1,70 m. Se pega a altura e multiplica-se por ela mesmo (1,7 x 1,7 = 2,89), agora dividimos o peso por este valor, (100/2, 89 = 34,6), ou seja, IMC DE 34,6.

Agora que já sabemos a fórmula, vamos ver qual o critério utilizado: IMC sendo de 18 a 25 = peso normal, 25 a 30 = sobrepeso, 30 a 35 = obesidade grau I, 35 a 40 = obesidade grau II e acima de 40 = obesidade grau III.

Estes critérios são importantes, pois irão nortear as indicações para os tratamentos da obesidade, como uso do BALÃO GÁSTRICO, ou mesmo, CIRURGIAS PARA OBESIDADE. Assuntos que abordaremos especificamente em nova oportunidade.

Hoje vamos abordar os fatores que mais tem influenciado esta epidemia de excesso de peso que vivemos atualmente: sedentarismo e má alimentação.

Na sociedade moderna em que vivemos, onde para ser bem sucedido precisamos nos dedicar muito ao trabalho e estudos, deixamos em segundo plano as atividades físicas e uma alimentação de qualidade.

O sedentarismo representa um dos fatores mais importantes nesta equação que tem como resultado final o excesso de peso, pois ao abrirmos mão de nos exercitarmos, quer seja com uma simples caminhada de 40 minutos três vezes por semana ou uma atividade esportiva mais complexa, como corrida, ciclismo ou mesmo aulas na academia, passamos a ter um gasto energético menor, o que proporciona uma “sobra de energia”, que vai se acumular na forma de gordura.

Outro fator, e o mais importante, é o cuidado com a alimentação, que não precisa necessariamente ser em excesso, pode ser simplesmente em qualidade ruim. Como assim? Muitas pessoas argumentam no consultório que não comem muito, o que pode ser uma verdade, pois a quantidade até é pequena, mas a qualidade é muito ruim, e aí temos dois vilões, e excesso de açúcares / carboidratos, e de gorduras.

De forma resumida o que devemos fazer para melhorar o nosso peso e qualidade de vida é passarmos a ser mais ativos, com atividade física regular, ao menos três vezes por semana, e diminuirmos o consumo de alimentos ricos em açúcares, como doces, refrigerantes, bolos, massas e pães, além de reduzir o consumo de gorduras de origem animal, como carnes gordas, trocar o leite integral pelo desnatado, entre outras coisas.

Em uma próxima oportunidade falaremos sobre opções de tratamento para obesidade e excesso de peso através do uso do balão gástrico que é um método moderno, simples e com baixo índice de complicações, além de diferentes técnicas de cirurgia para obesidade severa.

Saúde!!!

Kairo José Dias Moreno é médico especialista em gastrocirurgia, cirurgia da obesidade e videocirurgia 

MT Agora

Mais Noticias

Artigo

Artigo: Recall presidencial

Artigo

Artigo: Como auxiliar os jovens

Artigo

Artigo: Falta de ética na política

Artigo

Artigo: Delação premiada: impunidade?

27/06/2017 -

Artigo: O ser voluntário

Muito além dos likes nas redes sociais, o ato de se colocar à disposição do próximo por amor faz bem à saúde

06/06/2017 -

Artigo: Turismo e meio ambiente devem caminhar juntos

O Estado vive um momento importante em que colocou a temática ambiental como estratégia nas suas políticas públicas

06/06/2017 -

Artigo: Se Temer cair, haverá eleições?

As novas eleições devem ser diretas, ou seja, pelo povo, e não pelos parlamentares

06/06/2017 -

Artigo: Conforto dos animais

Os criadores não teriam resistência em adaptar-se ao aumento do espaço para os animais, desde que vendessem mais caro

20/04/2017 -

Artigo: Política X Política

Ultimamente, parece que a má política está prevalecendo sobre a boa, levando-nos a ser cada vez mais descrente na tal classe política.

04/03/2017 -

Artigo: A renovação do sistema político

A história vai registrar todos os danos irreparáveis causados por essa casta de “nobres” decaídos

01/03/2017 -

Artigo: Carnaval, corrupção e santa

No final das contas, até a Igreja Católica, conhecida pelo conservadorismo, este ano se rendeu ao Carnaval

01/01/2017 -

A importância do Coaching na formação da carreira e no Desenvolvimento Humano

O processo de coaching estimula a capacidade das pessoas de se reinventarem e encontrarem alternativas adequadas, diante do atual momento que estão vivendo.

20/02/2017 -

Artigo: A patricinha não estuda história

Quem nasceu em um ninho de cobras é fácil e dizer que “a oposição tem chances reais de vencer em 2018”

13/02/2017 -

Arrigo: Cuiabá 300 anos

Cuiabá está no rol que envolve poucas cidades brasileiras com tempo de fundação próximo ou superior a 300 anos.

09/02/2017 -

Artigo: Corporações e a barbárie

...Neste momento, a banda dos pobres voltou-se contra a banda dos ricos e estabeleceu o crime da barbárie...

24/01/2017 -

A inoperância dos operantes

Vamos continuar nossa briga para que consigamos receber do Estado pelo menos o mínimo.

17/01/2017 -

Investir na Juventude é garantir o presente e o futuro

O que a juventude reivindica agora, será refletido no futuro. Investir em qualidade de vida para os jovens hoje, fará com que eles se sintam cada vez mais integrados com o Município, despertando um sentimento que parece perdido.

10/01/2017 -

Flávio Stringueta: O "Negócio da China"

Pensemos na seguinte frase: o candidato menos ruim também é ruim.

28/12/2016 -

Cooperativismo de crédito e função social

No Dia Nacional do Cooperativismo de Crédito, comemorado em 28 de dezembro, esse discurso ganha força e mostra que é eficiente tanto na teoria quanto em sua atuação prática.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora