Artigo

Artigo: Por que nem todos são filhos de Deus?

A infância passou, as coisas de criança ficaram para trás e constatei que nem todos são filhos de Deus.

Fonte:Fonte: Eustáquio Rodrigues
29 de Agosto de 2018 as 20h 08min

Quando era criança eu costumava ouvir essa expressão: “vou descansar porque também sou filho de Deus”. Eu imaginava, claro, que independentemente de quem fossem ou o que fizessem, todos eram filhos de Deus. A infância passou, as coisas de criança ficaram para trás e constatei que nem todos são filhos de Deus.

Primeiramente vamos definir de que Deus estou falando. Falo daquele Deus lá da Bíblia (do Antigo e Novo Testamento, tá?), o Deus que inicialmente escolheu o povo judeu para ser um povo especial e posteriormente abriu essa condição para todos os outros povos da terra mediante um requisito. Esse requisito, já adianto: não é título de nobreza, não é dinheiro, não é terra, não é beleza, não são obras, não é nada além de fé em Jesus Cristo. E tudo de graça, mediante a graça.

Pois bem, esse mesmo Deus criou tudo que existe. E quando eu digo tudo, é tudo mesmo, sem exceção. Ah, mas eu criei um boneco de neve (sim, mas não criou a neve); ah, eu criei um carrinho de rolimã (mas não criou a madeira); ah, mas eu criei um artesanato de barro (mas não criou o barro). Se esse mesmo Deus criou tudo, obviamente tudo e todos são criaturas de Deus. E ser uma criatura não necessariamente o torna um filho. Seu boneco de neve não é seu filho, nem seu rolimã e nem seu artesanato são seus filhos. É tudo “criação” sua, nunca serão seus filhos no sentido estrito (você pode até ter um carinho natural por eles, como você tem um carinho pelo seu cachorro, mas nunca serão filhos). Filhos são gerados por nós. Eu sou filho do meu pai e mãe, pois me geraram. Você é filho de seu pai e sua mãe, pois geraram você. Os políticos são filhos de pais e mães - não as mães de reputação duvidosa, mas suas mães de verdade – pois foram gerados por eles.

Assim sendo, pode-se afirmar que, a despeito de todas as suas criaturas, Deus teve um único filho aqui na terra: Jesus Cristo, gerado especial e diretamente pelo Espírito Santo (lembre-se que o Deus da Bíblia, o Deus dos judeus é uma trindade – Deus pai, o Filho e o Espírito Santo). Então, o Espírito Santo “fecundou” Maria para que esta pudesse gerar uma criança que seria o Deus Filho ou o Filho de Deus. Tá difícil de entender essa parte? Não importa, o que importa é que você entenda que o único Filho de Deus aqui na terra foi Jesus Cristo – o qual ainda vive até hoje, graças a Deus (o pai).

Daí vem a má notícia: nem todos são filhos de Deus, pois não foram gerados por Ele. Somos meras criaturas, geradas por nossos pais, que foram gerados por nossos avós, que foram gerados pelas bisavós e que milhares de etc. antes foram gerados pelo primeiro casal, criado por Deus. E como todos sabem, somente são herdeiros os filhos (não, nem seu boneco de neve, nem o rolimã e nem o artesanato herdarão alguma coisa). Portanto, os que não são filhos de Deus não herdarão sua herança, que nada mais é que desfrutar agora e a eternidade ao Seu lado em paz, amor, tranquilidade, alegria, luz e tudo o mais que você pensar a respeito de Deus (o Deus da Bíblia).

Mas agora vem a boa notícia. Sabe aquela traquitana que você criou, que mesmo se tornado uma geringonça você passou a gostar, a sentir um carinho especial por ela, a ponto de querer guardá-la pelo resto da vida com você? Pois é. Aconteceu o mesmo com Deus. Deus amou tanto essas criaturinhas (nós), mas tanto mesmo que bolou um plano para que todos nós (criados inicialmente perfeitos, mas que contaminados pelo pecado e pela desobediência tornaram-se imperfeitos, verdadeiros trastes mesmo) pudéssemos nos tornar seus filhos. E nem é um plano mirabolante, como os planos do Cebolinha ou os planos dos vilões de James Bond. É um plano muito simples que você, eu, qualquer pessoa pode fazer parte para deixar de ser uma criaturinha e se tornar um filho de Deus. É simples, mas é preciso algo essencial: ter fé.

O plano foi o seguinte: Deus enviou seu único filho (lembram-se Dele lá no parágrafo 4?) para nos ensinar como ser um Filho de Deus. Deus falou assim: “Jesus, vai lá e mostra para esse povo como eles devem agir e o que devem fazer para se tornarem Seu irmão, um filho Meu”. E Jesus veio e nos ensinou tudo direitinho amando a Deus sobre todas as coisas e amando ao próximo como a si mesmo. E ainda disse: “creiam em mim, em tudo o que eu fiz, sejam iguais a mim e sigam-me. Fazendo isso vocês se tornarão meus irmãos na herança e verdadeiros filhos de Deus. ” Daí o que acontece se você crer (mas crer de verdade) nisso? Você nasce de novo! Mas nasce espiritualmente (não, não me diga que você imaginou um parto de um adulto nove meses depois), com um espírito novo (não é um espírito recauchutado, consertado ou reformando, é novo!), gerado também pelo Espírito Santo de Deus. Que maravilha, pois “eis que tudo se faz novo em sua vida”.

E esse é o plano. Viu como era simples mesmo? E ainda é muito simples. Basta crer em Jesus Cristo como nosso Salvador. Sim, aquele Jesus que morreu na cruz e ressuscitou no terceiro dia (está tudo escrito na Bíblia, não é lorota minha). Somente por meio Dele é que deixamos de ser esses soldadinhos de chumbo aqui na terra e nos transformamos plenamente no Filho do Deus vivo. A partir daí você poderá dizer, de fato: vou descansar porque também sou filho de Deus.

 

EUSTÁQUIO RODRIGUES FILHO é servidor público e escritor.


COMENTARIOS

Mais de Coluna

Artigo

Mercado Imobiliário e o Novo Momento

Todo mundo está se perguntando: e agora? O que vai acontecer na economia? A única certeza que temos nesse momento é a incerteza.

27 de Março de 2020 as 13h41

Artigo

O Compliance e o Direito Societário

A atuação jurídica no compliance envolve dentre outras coisas, a assessoria, orientação e elaboração de organização societária

20 de Fevereiro de 2020 as 16h26

Artigo

O Pior já passou por Ramiro Azambuja

Os últimos cinco anos foram difíceis para o setor de construção civil e mercado imobiliário em todo o país, mas 2020 começa com ares e indicadores otimistas.

09 de Fevereiro de 2020 as 22h54

Artigo

A hegemonia do etanol, por Marino Franz

O consumo interno de etanol continua crescendo, mesmo com a alta nos preços registrada neste início de ano

03 de Fevereiro de 2020 as 10h43

Artigo

Privilégio fiscal e a verdade sobre o “aumento dos preços”

Você sabia que em Mato Grosso empresas do mesmo setor, como por exemplo, do comércio, tinham incentivos fiscais diferentes?

20 de Janeiro de 2020 as 22h45

Artigo

Nova regra do ICMS em MT a partir de 01/01/2020

O nome já diz “guerra fiscal”, pois praticamente impossível a aprovação de um incentivo pelo Confaz, então os Estados (todos) passaram a conceder incentivos ao arrepio da lei.

21 de Dezembro de 2019 as 21h29

Artigo

Pacote Anicrime: Legitima Defesa aos Agentes de Segurança Pública

“Observados os requisitos previstos no caput deste artigo, considera-se também em legítima defesa o agente de segurança pública que repele agressão ou risco de agressão a vítima mantida refém durante a prática de crimes.”

09 de Janeiro de 2020 as 13h44

Artigo

Nova Lei de Abuso de Autoridade entrou em vigor

Há uma infinidade de punições previstas na lei de abuso de autoridade, sendo elas desde perda ou afastamento do cargo, quanto a indenizações cíveis e penas restritivas de direitos

07 de Janeiro de 2020 as 00h01

Artigo

Novidades da Lei 13.964/19 e Recompensa a Informantes

Agora qualquer cidadão (informante) que tiver acesso a informações que relatar informações consistentes que levem a recuperação do produto do crime contra a administração pública poderá ter como recompensa até 5% do valor recuperado.

07 de Janeiro de 2020 as 23h48

Carreira

10 características de um bom líder – que os líderes ruins não têm

Gestores fortes dividem a autoridade,falam obrigado e assumem seus erros

07 de Janeiro de 2020 as 15h46

Artigo

O inevitável processo civilizatório

A vida vai acrescentando coisas e desejos à nossa existência

10 de Dezembro de 2019 as 14h34

Artigo

Avanço na recuperação judicial

Lei também beneficia produtores que tenham atuado como pessoas físicas

10 de Dezembro de 2019 as 14h32

Artigo

Dicas para vender mais

Uma das coisas mais valorizadas pelo cliente é a economia do tempo dele

10 de Dezembro de 2019 as 14h30

Artigo

Transformação Compliance

Esse novo movimento tem ganhado força entre os mercados

07 de Novembro de 2019 as 09h25

Artigo

As reformas que temos

A neutralidade acredito que seja o aspecto mais frágil em ambos os projetos

07 de Novembro de 2019 as 09h23

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO