Artigo

Artigo: A renovação do sistema político

A história vai registrar todos os danos irreparáveis causados por essa casta de “nobres” decaídos

04 de Março de 2017 as 14h 16min

A falta de legitimidade, a corrupção sistêmica, o corporativismo, o fisiologismo, o clientelismo e as instituições democratamente combalidas são os pontos nevrálgicos, que por sua vez, revelam a face obscura do nosso arcaico sistema político.

Porém, diante de todos os fatos – que vêm expondo a verdadeira imagem da política brasileira, seja pela grande mídia ou pela contribuição dos cidadãos – parece-me que o país está sendo passado a limpo, pois parte de toda sujeira – que estava e ainda está debaixo do tapete do regime aristocrático, que se entranhou nos poderes que compõe o Estado Republicano – está vindo à tona.

Sim! Isso mesmo! As instituições brasileiras estão passando por uma revolução ética e de amadurecimento constitucional. Não se pode julgar negativamente o país pelo que está ocorrendo ou ocorreu na política, mas pela oportunidade que os cidadãos terão... De renovar o sistema político atual.

Conforme o histórico discurso do memorável ex-presidente dos Estados Unidos, Abraham Lincoln: "A democracia é o governo do povo, pelo povo, para o povo", a democracia se trata de um estado de fato, ela não existe simples e puramente porque uma constituição ou um líder qualquer afirma que um Estado é democrático.

Porque, para a sua existência o governo tem de emanar do povo, se isso não ocorre, o Estado não é democrático. Desta forma, é através da democracia que a vontade da maioria se sobrepõe a da minoria em busca de uma maior efetividade da participação política da população.

No entanto, a falta de legitimidade política do atual comandante do Governo Federal e de seus asseclas é nítida. A sujeira começou lá trás quando o abuso do poder econômico, via propinas do Petrolão, tornou a campanha de Dilma/Temer ilegal e fraudulenta. Fora as mentiras contadas ao povo, como estabilidade econômica e manutenção dos programas sociais.

Pois bem, para sustentar essa máquina, movida por decisões maquiavélicas, o esquadrão inteiro do PT, juntamente com o do PMDB, acabou violando os princípios vitais da legalidade constitucional do país, o que, posteriormente, desembocou em um desajuste fiscal, e, por fim, todas as consequências disso já, exaustivamente, noticiadas e debatidas na mídia. 

Não obstante, diante do governo desestabilizado, insustentável e capenga do PT, bem como da insatisfação popular e o iminente efeito da operação Laja Jato, os caciques do PMDB e demais partidos “aliados” resolveram fazer o acordão, na calada da noite, para usurpar o poder e trocar a figura quixoteana da ex-presidente Dilma Rousseff ( PT ) com a manobra do impeachment, o que de fato foi comprovado com a deleção bombástica do Marcelo Bahia Odebrecht nesta semana.

Ele, por sua vez, citou todos os partidos e pessoas que receberam as propinas para que os contratos junto à Petrobras fossem fechados. Uma coincidência irônica de tudo isso é que os parlamentares envolvidos são os mesmos que orquestraram o processo de impeachment.        

Desde então, os ministérios do Governo Federal viraram trincheiras do foro privilegiado. A governabilidade institucional era questão de atender aos interesses dos representantes da aristocracia brasileira. Sangraram a constituição modificando os direitos sociais. Legislaram em causa própria para tentar intimidar o Judiciário. Liberaram geral a Legislação para favorecer o grupo dos parlamentares que eram aliados do presidente Temer.         

Contudo, agora, que os fatos vieram à tona revelando toda trama orquestrada pelos caciques da política – que permanecem atrelados ao poder para não serem responsabilizados pelos atos deles – os cidadãos brasileiros terão a oportunidade de manifestarem nas ruas a indignação generalizada em face desse sistema político obsoleto, corrupto e imoral, pois não existem mais argumentos para sustentar os inúmeros desmandos dessa organização criminosa.

A história vai registrar todos os danos irreparáveis causados por essa casta de “nobres” decaídos. Porém, para que os princípios democráticos se restabeleçam nesta pátria, o povo necessita de sair às ruas e exigir a renovação desse sistema político. Mulheres e homens virtuosos e justos é que não faltam para ajudar a reerguer este país.                      

Marcelo Ferraz é escritor e jornalista.


MT Agora

COMENTARIOS

Mais de Coluna

Artigo

Direito à liberdade de expressão nas redes sociais: quais os limites?

Direito Digital, Civil e Penal

11 de Abril de 2019 as 14h04

Artigo

O agronegócio e as recuperações judiciais

A agro é setor que mais apresentou pedidos de recuperação judicial

04 de Abril de 2019 as 09h51

Artigo

Lei Kandir e Funrual, o futuro do agro brasileiro

É preciso refletir sobre o efeito colateral das iminentes mudanças

04 de Abril de 2019 as 09h50

Artigo

Por que o INSS nega tantos benefícios?

Quais são seus direitos e as possíveis soluções?

29 de Março de 2019 as 17h10

Artigo

Redução de impostos em medicamentos

O Carf julgou o recurso de um hospital do Distrito Federal, que pedia o direito à reduzir o valor a ser pago do Pis e Cofins

29 de Março de 2019 as 09h20

Artigo

Propósito de vida

Mudanças são necessárias, mas não devem envolver pesar ou sofrimento

24 de Março de 2019 as 10h28

Artigo

Depressão e sexualidade

A saúde mental e física andam sempre juntas e não podem serem separadas

24 de Março de 2019 as 10h27

Artigo

Embriaguez, seguro e indenização

Embriaguez pode afastar a obrigação de indenização pelo sinistro

24 de Março de 2019 as 10h25

Artigo

A síndrome do sabichão

Enquanto você continuar se achando o

24 de Março de 2019 as 10h22

Artigo

Artigo: Além dos fenômenos espirituais

Sempre será válido buscar um grupo de estudos dentro de um sério núcleo espírita

13 de Março de 2019 as 10h08

Artigo

Artigo: Inadimplência no condomínio

Protesto de boletos vencidos é uma prática adotada e válida

13 de Março de 2019 as 10h06

Artigo

Artigo: Novo Incra: a salvação da lavoura

O Agro faz a diferença não só na balança comercial brasileira

13 de Março de 2019 as 10h04

Artigo

Artigo: Alimento impróprio e dano moral

Corpo estranho encontrado em alimento expõe o consumidor a risco

02 de Março de 2019 as 17h28

Artigo

Artigo: Cadastro positivo

A nova redação prevê a inclusão automática do consumidor no cadastro

02 de Março de 2019 as 17h26

Artigo

Delegado: MT deve sufocar facções e se preparar para represálias

Delegado Flávio Stringueta defende cerco à comunicação entre bandidos presos e comparsas soltos

25 de Fevereiro de 2019 as 10h03

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

Você concorda com a decisão do TRE que cassou o mandato da senadora Selma Arruda?

Sim

Não

Parcial
veja +

COTAÇÃO