Artigo

Avanço na recuperação judicial

Lei também beneficia produtores que tenham atuado como pessoas físicas

Fonte: Marcos Aurélio | Mídia News
10 de Dezembro de 2019 as 14h 32min

Com o impacto gerado pela crise econômica brasileira, milhares de produtores rurais entraram em dificuldades financeiras, contraíram dívidas e agora enfrentam o risco de perder seu negócio. A Recuperação Judicial, garantida pela Lei 11.101/2005, pode ser a esperança para estes empresários em todo o país. Recentemente, após uma decisão do Superior Tribunal de Justiça, ficou garantido que podem ser beneficiados pela Lei da RJ produtores rurais que tenham atuado por um tempo como pessoas físicas. Sendo assim, a inscrição na junta comercial permanece obrigatória, mas o tempo antes da inscrição na junta passa a contar e a evolução patrimonial durante esse período pode integrar a RJ.

De qualquer maneira, é necessário que a empresa esteja em plena atividade há pelo menos dois anos (artigo 48). A decisão mencionada anteriormente foi favorável ao Grupo JPupin (recurso especial 1800032). Vale lembrar que são vários os meios para se comprovar a atividade empresarial. Além da Declaração de Informações Econômico-fiscais da Pessoa Jurídica (DIPJ), o cadastro no Sistema Integrado de Informações Sobre Operações Interestaduais com Mercadorias e Serviços, o Imposto de Renda, notas fiscais de produtor rural, comprovante de recolhimento de tributos, cópias de contratos bancários rurais e documentos contábeis são válidos no processo.

Com dívidas de aproximadamente R$ 1,3 bilhão, o casal José Pupin e Vera Lúcia, proprietários do negócio rural, adquiriram a maior parte do seu patrimônio ainda quando eram pessoas físicas. O Banco do Brasil, principal credor do grupo, vinha alegando que a inclusão dos débitos anteriores à inscrição na Junta Comercial ia de encontro à legislação referente à Recuperação Judicial (art. 48 da lei 11.101/05). O STJ, porém por três votos a dois, decidiu, que a condição para que o grupo entrasse em RJ é o exercício regular da atividade empresarial há pelo menos dois anos, mesmo que a inscrição na junta tenha ocorrido anos após o início do negócio.

É um caso que pode abrir caminho para criação de uma jurisprudência benéfica aos produtores rurais. É um avanço e ao mesmo tempo uma ponta de esperança para milhares de empresários que se encontram em dificuldades financeiras. Em todo o país, produtores aguardavam essa decisão. E agora terão uma nova chance de continuarem com seus negócios, com a manutenção da função social da empresa e consequente preservação dos empregos de trabalhadores Brasil afora.

MARCO AURÉLIO MESTRE MEDEIROS é advogado.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Coluna

Artigo

Taxa Selic e o mercado imobiliário

Pela nona vez consecutiva a taxa Selic foi reduzida, atingindo o índice de 2%, o menor patamar histórico do Brasil

19 de Agosto de 2020 as 16h51

Artigo

Lucas do Rio Verde: Uma grande cidade, feita de suor e coragem

Esses 32 anos só nos mostram o potencial de crescimento que ainda existe na região.

06 de Agosto de 2020 as 14h48

Artigo

Ferrogrão: do sonho à realidade

Entre as vantagens estão a capacidade de carga dos trens, menor custo em grandes distâncias, maior segurança em relação ao rodoviário, menor frete, entre outros fatores

06 de Agosto de 2020 as 14h41

Artigo

Aceleração digital e os impactos nos negócios

A internet permite que se tenha acesso a todos os produtos e serviços e instituiu, nos últimos três meses, novas formas de trabalho e atendimento das demandas nos negócios.

24 de Julho de 2020 as 13h49

Artigo

Doem alimentos: restaurantes, lanchonetes, hotéis, padarias, etc

Empresas, no final do dia, simplesmente descartavam sobras no lixo

09 de Julho de 2020 as 08h32

Artigo

Eleições 2020 - Não haverá coligação para candidatos a vereador?

Neste ano eleitoral a grande mudança a ser implantada é que não haverá coligação nas candidaturas proporcionais, ou seja, para vereadores. Leia o texto e entenda no essa mudança implica.

02 de Julho de 2020 as 13h40

Artigo

Trabalho, responsabilidade e transparência no combate à COVID-19

Os casos aumentaram e as medidas que tomamos nos últimos 15 também foram duras, mas entendemos que foram acertadas

02 de Julho de 2020 as 07h06

Artigo

O futuro de Mato Grosso é o etanol

Mato Grosso representa a maior área cultivada do país, com 5,4 milhões de hectares

01 de Julho de 2020 as 08h56

Artigo

A retomada da economia vem do agro

O agronegócio será o único setor a ter crescimento positivo no ano, com projeção de 2,5%, segundo dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – IPEA.

22 de Junho de 2020 as 16h10

Artigo

Advogado tributarista revela o motivo que levou mais de 780 mil empresas à falência no Brasil durante a pandemia da covid-19

O advogado tributarista e empreendedor Eliézer Marins analisa os reais motivos que têm levado milhares de empresas durante a quarentena e a pandemia da covid-19.

22 de Junho de 2020 as 15h41

Artigo

A burocracia exacerbada nos Cartórios de Registro de Imóveis de MT

Muitas vezes o cidadão que necessita transmitir a propriedade imobiliária ou desmembrar seu imóvel e se depara com tais pendências de impossível solução

22 de Junho de 2020 as 15h31

Artigo

Aos nossos super-heróis de carne e osso

São seres humanos que se alegram com uma vida salva, se preocupam e se dedicam a cada paciente.

03 de Junho de 2020 as 11h01

Artigo

A vida é um bem comum, vamos lutar juntos pela sua defesa

Não quero chegar a medidas mais drásticas, pois acredito que todos podem colaborar e tornar esse momento mais fácil.

28 de Maio de 2020 as 15h20

Artigo

A crise vai passar

As primeiras projeções preveem uma recuperação tímida ainda no segundo semestre e uma alavancada da economia em 2021.

07 de Abril de 2020 as 09h29

Artigo

Mercado Imobiliário e o Novo Momento

Todo mundo está se perguntando: e agora? O que vai acontecer na economia? A única certeza que temos nesse momento é a incerteza.

27 de Março de 2020 as 13h41

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO