Bancos

BC define regras para sistema de pagamentos instantâneos

Órgão prepara caminho para o funcionamento das transferências de recursos de forma ininterrupta, inclusive fora do horário dos bancos.

21 de Dezembro de 2018 as 18h 40min

O Banco Central definiu nesta sexta-feira (21) a implementação do sistema de pagamentos instantâneos, preparando caminho para o funcionamento no país das transferências de recursos de forma ininterrupta, inclusive fora do horário de expediente bancário.

Para especialistas do mercado, o sistema, que terá estrutura e liquidação das operações centralizada no próprio BC, criará uma alternativa mais rápida e mais barata do que os TEDs e DOCs, serviços mais usados para transferências tanto entre pessoas quanto envolvendo indivíduos e estabelecimentos comerciais.

Para efeito de comparação, uma transferência feita hoje pelos canais bancários custa ao cliente de R$ 2,30 a R$ 143,25 por transação. O valor chega ao destinatário no mesmo dia desde que realizado entre 6h30 e 17h nos chamados dias úteis. E é concluída num prazo que pode levar de 15 a 30 minutos.

Preço da transação

Com o pagamento instantâneo, o preço da transação cai para centavos, a operação é completada em segundos e pode ser feita 24 horas por dia, sete dias por semana.

Por isso, o novo modelo deve ter impacto significativo tanto nos bancos quanto no sistema de meios de pagamentos, já que os pagamentos instantâneos são vistos como potenciais substitutos para compras hoje pagas com cartões de crédito e de débito.

O BC ainda vai consultar participantes do mercado para elaborar regras específicas sobre como se dará o acesso e o funcionamento do sistema, afirmou a autarquia em comunicado.

A ideia é que o modelo permita a participação não apenas dos bancos autorizados a funcionar pela autoridade monetária, mas também pelas plataformas eletrônicas de serviços financeiros, conhecidas como fintechs.

"O sistema terá dinâmica de participação aberta aos vários tipos de prestadores de serviço de pagamento, fomentando o desenvolvimento de inovações e serviços que atendam às necessidades dos usuários finais, em um ambiente competitivo", diz o texto do BC. Os agentes de mercado poderão usar reservas bancárias e títulos públicos para liquidez das transações.

Pelo que vinha sendo discutido pelo BC com o mercado, para funcionar o sistema depende de interoperabilidade entre as instituições envolvidas, tanto para ser universal quanto para garantir segurança das operações contra fraudes.

Por isso, a tendência é de que o modelo ainda leve vários meses para funcionar de forma ampla.

"Minha expectativa é de que o sistema de pagamentos instantâneos funcione para valer no Brasil a partir de 2020", disse na semana passada à Reuters o presidente da Mastercard para Brasil e Cone Sul, João Pedro Paro Neto.

O movimento vai na esteira de outros mercados onde o pagamento instantâneo ganhou rápida popularidade. Na China e na Índia estima-se que só as empresas de tecnologia WeChat e Alipay movimentem mais de US$ 3 trilhões por ano.


Fonte: Reuters

COMENTARIOS

Mais de Economia

CPF Na Nota

Estado garante que dados dos consumidores ficarão protegidos

Banco de dados será usado apenas para participação no Programa Nota MT.

15 de Julho de 2019 as 23h01

Oportunidade

Sine oferece 1.254 oportunidades de emprego em Mato Grosso

O número de vagas está disponível de acordo com a demanda das empresas cadastradas no Sine.

15 de Julho de 2019 as 22h51

Infraestrutura

Passagens aéreas devem ficar mais baratas a partir de setembro

Expectativa é que entrada de companhias estrangeiras contribua para redução dos preços.

15 de Julho de 2019 as 21h52

Política Externa

Acordo Mercosul União-Europeia vai garantir crescimento econômico de longo prazo ao Brasil

Saiba quais os maiores benefícios previstos no acordo

15 de Julho de 2019 as 21h41

Oportunidade

Confira as vagas de emprego disponíveis no Sine de Lucas do Rio Verde

Os interessados podem procurar o Sine na Galeria Central de Serviços, localizada na Av. Paraná, nº 766 S, sala 06, Centro. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 16h.

15 de Julho de 2019 as 21h17

Levantamento

Empreendedorismo cresce acima de emprego e ocupação

Novos negócios tentam inovação e solução de problemas da sociedade

14 de Julho de 2019 as 23h43

Reforma Da Previdência

Economia com reforma da Previdência deve cair para cerca de R$ 900 bi, estima secretário

Secretário de Previdência, Rogério Marinho, fez projeção após a conclusão da votação em 1º turno, no plenário da Câmara, que modificou quatro pontos do texto da comissão especial.

13 de Julho de 2019 as 21h56

Reformas

Reformas contribuem para o crescimento econômico

Secretaria de Política Econômica revisou para 0,8% a projeção para o crescimento do PIB em 2019

13 de Julho de 2019 as 21h09

Combate A Fraudes

INSS começa pente-fino em benefícios com suspeitas de irregularidades

Meta é analisar 3 milhões de pagamentos suspeitos em 18 meses

12 de Julho de 2019 as 20h26

PIB

Governo revisa para 0,8% crescimento da economia em 2019

Relatório da Economia mostra uma projeção de inflação em 3,8%.

12 de Julho de 2019 as 19h14

Oportunidade

Confira as vagas de emprego disponíveis no Sine de Lucas do Rio Verde

Os interessados podem procurar o Sine na Galeria Central de Serviços, localizada na Av. Paraná, nº 766 S, sala 06, Centro. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 16h.

12 de Julho de 2019 as 18h19

Inflação

Inflação de junho fica em 0,01%

Queda no preço de alimentos e combustíveis levou à menor taxa do ano.

10 de Julho de 2019 as 21h59

Estudo

Brasil ganhou 14 mil novos milionários em 2018, diz estudo

Grupo dos que possuem fortuna elevada subiu para 185,5 mil pessoas no país, um avanço de 8% em relação a 2017. No mundo, número de milionários caiu pela 1ª vez após 7 anos seguidos de avanço.

10 de Julho de 2019 as 21h34

Abono Salarial

Divulgado o calendário de pagamento do abono salarial PIS-Pasep 2019-2020

Pagamentos começam no dia 25 de julho e irão até junho de 2020. Quem nasceu nos meses de julho a dezembro receberá o benefício ainda no ano de 2019.

10 de Julho de 2019 as 21h07

Inflação

Inflação oficial é de 0,01% em junho, diz IBGE

IPCA acumula 2,23% no ano e 3,37% em 12 meses.

10 de Julho de 2019 as 20h51

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

veja +

COTAÇÃO