Economia

Bovespa sobe e fecha acima de 89 mil pontos pela primeira vez

Ibovespa avançou 1,33%, a 89.598 pontos, renovando a máxima histórica de fechamento.

Patamar Recorde | 06 de Novembro de 2018 as 00h 20min
Fonte: G1

Bovespa — Foto: Nelson Almeira/AFP

O principal índice da bolsa brasileira, o Ibovespa, subiu nesta segunda-feira (5), renovando o patamar recorde de fechamento, com investidores atentos ao noticiário corporativo e apostando numa agenda de ajuste fiscal no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro.

O Ibovespa avançou 1,33%, a 89.598 pontos, na máxima do dia. Na mínima, foi a 88.347 pontos.

A ação preferencial da Petrobras subiu 3,07%, ajudada pela alta do petróleo no exterior, antes da divulgação do balanço do terceiro trimestre, prevista para o começo da terça-feira (6). Os papéis do Bradesco e do Itaú Unibanco também ficaram entre as contribuições positivas.

A equipe de transição de Bolsonaro começa a trabalhar nesta semana com os técnicos do atual governo de Michel Temer. O deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS) foi nomeado ministro extraordinário por Temer para coordenar a equipe.

O mercado também fez ajustes sobre os avanços dos recibos das ações brasileiras negociados nos Estados Unidos (ADRs) na sexta-feira (2), quando a bolsa não operou no Brasil por causa do feriado de Finados.

No exterior, o foco estava voltado para a eleição legislativa nos EUA na terça-feira, com o Partido Democrata tendo uma grande chance de assumir o controle da Câmara dos Deputados dos EUA, enquanto Partido Republicano provavelmente deve manter o Senado.

Na visão da equipe da XP Investimentos, se os republicanos perderem o controle de uma das casas, a agenda do presidente Donald Trump provavelmente focará no comércio e política externa, imigração e regulamentação, “ou seja, mais ruído para os mercados globais”, conforme nota a clientes.

COMENTARIOS

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Domingo

Lucas do Rio Verde, MT

º

COTAÇÃO