Redação

Coca-Cola Femsa paga US$ 1,85 bi por indústria de bebidas brasileira

Acordo para compra de 100% da Spaipa foi anunciado neste sábado (31). Spaipa atua em todo o Paraná e em mais da metade do Estado de SP.

Fonte:MT Agora - Reuters
31 de Agosto de 2013 as 21h 40min

A Coca-Cola Femsa, uma joint venture (parceria) entre a Coca-Cola e a varejista mexicana e engarrafadora Femsa, anunciou neste sábado (31) acordo para a compra de 100% do controle acionário da indústria de bebidas brasileira Spaipa, por US$ 1,85 bilhão.

O acordo representa mais um passo da companhia na consolidação no Sistema Coca-Cola Brasil, segundo uma nota divulgada pela empresa, que já é a maior desse sistema.

"A Spaipa, que atua em todo o Paraná e em mais da metade do Estado de São Paulo, contribui de forma importante para reforçar a posição de liderança da Coca-Cola Femsa dentro do Sistema Coca-Cola", disse.

Em junho deste ano, a Coca-Cola Femsa adquiriu a Companhia Fluminense de Refrigerantes, engarrafadora com atuação em parte dos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais, por US$ 448 milhões.

O negócio anunciado neste sábado foi a sétima aquisição da empresa desde a decisão de entrar no Brasil, quando assumiu o controle da Panamco, que atuava no litoral e em parte do interior do Estado de São Paulo, assim como nas regiões metropolitanas de Campinas e da capital paulista, além de todo o Mato Grosso do Sul. Em 2008, a empresa comprou a Remil, franquia com atuação em Minas Gerais.

"Há uma grande complementaridade entre os territórios da Coca-Cola Femsa Brasil e os que pertencem à Spaipa. Isso nos permitirá ganhos logísticos e maior eficiência no atendimento de nossos clientes", disse o presidente da Coca-Cola Femsa Brasil, José Ramón Martínez, em comunicado.

Ele observou que a aquisição das operações da Spaipa traz boas possibilidades de crescimento para a companhia.

A Spaipa tem sede em Curitiba (PR) e atende 399 cidades no Estado do Paraná e 336 no Estado de São Paulo. A empresa possui duas fábricas em cada Estado: em Curitiba e Maringá, no Paraná, e em Marília e Bauru, em São Paulo. Além disso, a Spaipa conta com sete centros de distribuição, 6 mil funcionários e 445 caminhões para atender 116 mil pontos de venda e 17,2 milhões de consumidores.

Em 2012, Spaipa vendeu 236 milhões de caixas unitárias de bebidas, gerando uma receita líquida de cerca de US$ 929 milhões.

Com a aquisição, a Coca-Cola Femsa Brasil amplia também a sua capacidade produtiva no país, que passa de 680 milhões para mais de 1,1 bilhão de caixas unitárias por ano. O número de colaboradores diretos crescerá cerca de 40%, e o total de consumidores atendidos passa de quase 50 milhões para 66 milhões.

O acordo já foi aprovado pelo Conselho de Administração da Coca-Cola Femsa, mas a transferência da gestão da operação não acontecerá de imediato, pois depende ainda de aprovação do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

Adicionalmente, a Coca-Cola Femsa buscará aprovação desta transação com a The Coca-Cola Company.

Outros investimentos
Para desenvolver as estratégias de crescimento no mercado brasileiro de bebidas, a Coca-Cola Femsa Brasil lembrou em nota que "está investindo mais de US$ 340 milhões somente em ampliação de capacidade de produção e logística".

No final de 2013, começa a operar a primeira de duas etapas do novo Centro de Distribuição de Sumaré (SP), nas quais serão investidos US$ 37 milhões de dólares.

A empresa também está construindo uma unidade fabril em Itabirito (MG), que terá capacidade anual para produção de 2,1 bilhões de litros, equivalente a um incremento de aproximadamente 47 por cento em relação à produção atual da fábrica de Belo Horizonte. Os investimentos na construção e implantação da unidade são da ordem de 258 milhões de dólares.

Na unidade de Jundiaí, estão sendo investidos 53 milhões de dólares na construção de um armazém vertical totalmente automatizado e na instalação de uma nova linha de PET, com capacidade de produzir 72 mil garrafas PET por hora.

Hoje, a fábrica de Jundiaí, maior da Coca-Cola no mundo em volume de produção, possui capacidade produtiva de 300 milhões de caixas unitárias por ano.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Economia

Pacto Federativo

Secretário do Tesouro pede cláusula de calamidade no Pacto Federativo

Flexibilidade ajudaria em eventual segunda onda de covid, diz Funchal

29 de Outubro de 2020 as 21h31

Geração de Emprego

Criação de empregos em setembro atinge melhor nível em dez anos

Caged diz que 249,3 mil postos de trabalho foram abertos no mês

29 de Outubro de 2020 as 18h32

IPI Reduzida

Jogos eletrônicos têm a alíquota de IPI reduzida

É a segunda redução do imposto para o setor. Com a medida, a alíquota vai variar de 6% a 30%

28 de Outubro de 2020 as 22h42

Brasil Mais

Programa Brasil Mais é retomado com objetivo de ampliar a produtividade de empresas brasileiras

Iniciativa vai oferecer capacitação para melhorar a gestão e apoiar a adoção de tecnologias digitais a cerca de 120 mil empresas

28 de Outubro de 2020 as 22h39

Auxílio Residual

Beneficiários do Bolsa Família recebem 2ª parcela de auxílio residual

Hoje foram liberados R$ 421,6 milhões para 1,6 milhão de pessoas

19 de Outubro de 2020 as 10h40

Informações G1

Defensoria recorre à Justiça para que cédulas de R$ 200 saiam de circulação

A Defensoria Pública da União (DPU) ingressou com uma Ação Civil Pública na Justiça para que o Banco Central suspenda a confecção das notas de R$ 200.

13 de Outubro de 2020 as 18h24

Auxílio Emergencial

Caixa libera saques e transferências para mais 4 milhões nesta terça

Liberação é para aniversariantes em julho, que tiveram dinheiro creditado em poupança social digital no dia 23 de setembro.

13 de Outubro de 2020 as 07h43

Renegociação

Renegociação de pagamentos fica em segundo plano para 51% dos brasileiros durante a pandemia

Pesquisa da Mobills também aponta que 11% cancelaram os serviços que pagavam anteriormente

14 de Setembro de 2020 as 14h34

Queda

Mercado financeiro prevê queda da economia em 5,31% este ano

Para o próximo ano, a expectativa é de crescimento de 3,50%, diz BC

08 de Setembro de 2020 as 08h52

Limpa Nome

Campanha Serasa Limpa Nome termina nesta terça-feira

Iniciativa permite quitar dívidas de até R$ 1 mil por apenas R$ 100

08 de Setembro de 2020 as 08h47

Projeções

Ministério da Economia mantém em queda de 4,70% a projeção do PIB de 2020

Para 2021, a projeção de crescimento foi mantida em 3,20%, enquanto para 2022, a estimativa de alta no PIB continuou em 2,60%

15 de Julho de 2020 as 15h28

Auxílio Emergencial

Não dá para transformar os R$ 600 em renda permanente, diz diretor da IFI

Para Felipe Salto, Brasil precisa discutir a implantação de uma eventual renda básica permanente no cenário pós-pandemia

14 de Julho de 2020 as 23h38

Negociação

Senado aprova negociação de dívidas de micro e pequenas empresas

A matéria já passou pela Câmara e agora vai à sanção presidencial

14 de Julho de 2020 as 23h24

Suínos

Argentina destrói 188 Kg de carne suína com triquinose

Medida impediu que a carne chegasse ao consumidor

09 de Julho de 2020 as 08h03

Auxílio Emergencial

Caixa libera saque de primeira parcela do terceiro lote de aprovados

No total são 4,9 milhões dentro desse terceiro lote. Nesta segunda-feira, poderão sacar o dinheiro os nascidos em janeiro, um total de 400 mil trabalhadores.

06 de Julho de 2020 as 07h33

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

Para você, qual deve ser a prioridade de Miguel Vaz em seu mandato?

Saúde

Infraestrutura

Ação social

Geração de emprego

Atração de Novas Empresas / Indústria

Parcial
veja +

COTAÇÃO