Comércio é autorizado a cobrar preço diferente de acordo com o meio de pagamento

A medida faz parte de um pacote de medidas microeconômicas anunciadas pelo governo na semana passada para estimular a economia

28/12/2016 - 21:03:42

   

A partir de 27/12/16 comerciantes podem cobrar preços diferentes para compras feitas em dinheiro, cartão de débito ou cartão de crédito. A Medida Provisória 764, que autoriza a prática, foi publicada na edição desta terça-feira (27) do Diário Oficial da União.

Apesar de proibido pela regulamentação anterior, o desconto nos pagamentos à vista, em dinheiro vivo, já vinha sendo praticado no comércio varejista, e segundo declarações do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, a medida provisória publicada hoje vem somente “regular” tal prática. 

“Fica autorizada a diferenciação de preços de bens e serviços oferecidos ao público, em função do prazo ou do instrumento de pagamento utilizado”, diz a MP. A medida assinada pelo presidente Michel Temer também anula qualquer cláusula contratual que proíba ou restrinja a diferenciação de preços.

A medida faz parte de um pacote de medidas microeconômicas anunciadas pelo governo na semana passada para estimular a economia, que passa por um período de forte recessão.

Defesa do Consumidor

Algumas entidades de defesa do consumidor se manifestaram contra a autorização. Para a Proteste, é “abusiva” a diferenciação de preços em função da forma de pagamento.

“Ao aderir a um cartão de crédito o consumidor já paga anuidade, ou tem custos com outras tarifas e paga juros quando entra no rotativo. Por isso, não tem porque pagar mais para utilizá-lo”, disse a Proteste em nota divulgada após o anúncio da medida. A associação recomenda ao consumidor que não adquira bens e serviços em empresas que adotarem a prática.

Um dos principais temores é que se torne comum o embutimento dos custos do cartão já no preço anunciado dos produtos. Dessa maneira, ao conceder o desconto à vista, o comerciante estaria na verdade cobrando o que seria o preço normal.

Comércio

Para entidades representativas do comércio, o risco dos custos do cartão virem embutidos nos preços anunciados já existe, mesmo sem a medida, e a legalização de preços é positiva não só para lojistas, mas também para o consumidor, por conferir maior liberdade nas relações comerciais.

“Existe uma coisa que se chama concorrência. Nada impede aumentar o preço e depois dizer que o desconto é promoção. No mercado você tem liberdade de preços, não vejo que isso vai alterar em nada”, disse Marcel Solimeo, diretor do Instituto de Economia da Associação Comercial de São Paulo. “Não vai mudar muito em relação ao que é hoje, a não ser a segurança para quem já faz a diferenciação de preços”, completou o economista.

MT Agora - Agência Brasil

Mais Noticias

Dados

PIB avança 0,2% no 2º trimestre de 2017, diz IBGE

Dados

Consumo de energia elétrica residencial avança 6,7% em Mato Grosso

Fundo De Participação Dos Municípios

Governo de MT repassa em julho R$ 213 milhões aos municípios

Investimento

Temer diz que país vai recuperar grau de investimento 'logo, logo'

04/08/2017 -

Consumidor deve gastar em média R$ 125 com presente do Dia dos Pais

Pelo cálculo dos organizadores, o movimento financeiro deve atingir R$ 10,7 bilhões

04/08/2017 -

Economia brasileira crescerá 0,4% este ano, prevê Cepal

Outro fator favorável, segundo a Cepal, é a melhora nos preços das matérias-primas exportadas pela região

25/07/2017 -

Juiz do DF manda suspender decreto que aumentou tributos sobre combustíveis

Aumento foi anunciado pelo governo na semana passada e atingiu gasolina, etanol e diesel. AGU diz que vai recorrer da decisão.

24/07/2017 -

Saiba como o aumento do combustível afeta seu bolso

O efeito cascata do aumento sobre o transporte de mercadorias e, por consequência, sobre o preço de produtos vendidos em supermercados, shoppings e no comércio popular

18/07/2017 -

Receita começa a pagar hoje o 2º lote de restituição

Este lote também incluirá restituições residuais de 2008 a 2016, segundo informou o órgão

27/06/2017 -

Procons orientam consumidor sobre diferenciação de preço para compras pagas com cartão ou dinheiro

Na prática, caso o cliente opte por pagar em dinheiro, poderá ter um desconto, já que não existem as despesas administrativas que são cobradas quando os pagamentos são efetuados com cartões

23/04/2017 -

Prazo para enviar declaração do Imposto de Renda está acabando

Prazo termina no próximo dia 28 para enviar a declaração do Imposto de Renda

04/04/2017 -

Vendas de material de construção aumentam em março

Nos últimos 12 meses, o desempenho é negativo em 5%, mas os resultados vêm indicando que estamos iniciando uma recuperação

29/03/2017 -

Consumidores de energia elétrica terão desconto na tarifa em abril

Os percentuais de redução na tarifa que será aplicada em abril variam de 0,95% a 19,47%.

07/03/2017 -

Mais de 1 milhão de contribuintes entregaram declaração do Imposto de Renda

Neste ano, a declaração do Imposto de Renda teve uma série de mudanças. As principais são a redução da idade mínima, de 14 para 12 anos, na apresentação do CPF de dependentes e a incorporação do Receitanet

07/03/2017 -

Caixa abre agências sábado para o saque das contas inativas do FGTS

O funcionamento das agências no sábado será exclusivo para atender trabalhadores que querem sacar o dinheiro das contas inativas

03/03/2017 -

Lucas do Rio Verde, Cuiabá e Diamantino têm maiores ofertas de empregos

As pessoas devem ficar atentas ao painel de vagas disponibilizado toda semana no Sine.

20/02/2017 -

Desempregados para voltar ao mercado de trabalho aceitam salário menor

O estudo mostra que sete em cada dez desempregados (68%) estão dispostos a ganhar menos do que recebiam no último emprego

14/02/2017 -

Brasil terá ao menos 2,5 milhões de novos pobres até o fim do ano

Estudo inédito do Banco Mundial aponta medidas para conter avanço da pobreza Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/brasil/brasil-tera-ao-menos-25-milhoes-de-novos-pobres-ate-fim-do-ano-20915254#ixzz4YeENT2Qp © 1996 - 2017. Todos direit

13/02/2017 -

Calendário para saques do FGTS deve ser divulgado na próxima terça-feira

Poderão ser sacados os valores de todas as contas inativas do Fundo desde o dia 31 de dezembro de 2015

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora