FMI reduz previsão de alta para o PIB do Brasil em 2017 para 0,2%

Projeção para queda em 2016 foi ampliada para 3,5%. Último relatório, de outubro, havia mantido as estimativas. Para 2018, é prevista alta de 1,5%.

17/01/2017 - 03:02:56

   

O Fundo Monetário Internacional (FMI) está mais pessimista em suas previsões a respeito do desempenho da economia brasileira em 2016 e em 2017. Em relatório divulgado nesta segunda-feira (16), o fundo ampliou a previsão de queda do Produto Interno Bruto (PIB) do ano passado de 3,3% para 3,5% e reduziu a projeção de alta em 2017, de 0,5% para 0,2%. Para 2018, o FMI projeta um crescimento de 1,5%.

Na última estimativa apresentada em outubro, o FMI havia mantido as projeções, depois de ter melhorado pela primeira vez – após cinco revisões para baixo – sua projeção para o PIB de 2016. O número fechado do ano anterior será anunciado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em março.

Em janeiro, o Banco Mundial (Bird) também prevê que a economia brasileira crescerá 0,5% em 2017, mesma projeção feita por economistas do mercado financeiro ouvidos pelo Banco Central nesta segunda-feira. Em novembro do ano passado, o governo estimou que o PIB do país crescerá 1% este ano.

Para o FMI, os países da América Latina e Caribe devem "encolher" 0,7% em 2016 – uma piora de 0,1 ponto percentual em relação à última previsão. Em 2017, a previsão de alta de 1,6% foi reduzida para 1,2%.

"Na América Latina, o declínio do crescimento reflete, em grande medida, as expectativas da recuperação de curto prazo na Argentina e no Brasil, depois de um crescimento mais fraco do que o esperado no segundo semestre de 2016 e à maior resistência à incerteza no México e à deterioração contínua na Venezuela", diz o FMI, em nota.

O FMI manteve a projeção de crescimento da economia mundial em 2016. O órgão prevê que o mundo vai crescer 3,1% neste ano, a mesma de outubro. Para 2017, a estimativa ficou igual: avanço de 3,4%. Para 2018, o FMI acredita que a economia deverá avançar mais do que nos anos anteriores: 3,6%.

Para as economias avançadas, o FMI prevê que o crescimento será de 1,6% em 2016, 1,9%, em 2017 e 2%, em 2018.

No caso dos EUA, a maior economia do mundo, o relatório manteve o avanço de 1,6%, previsto para 2016 em outubro e aumentou a projeção para 2017, de 2,2% para 2,3%. Para 2018, está ainda mais otimista, já que prevê uma expansão de 2,5%.

"Se um aumento de demanda impulsionada pelo lado fiscal colidir com restrições de capacidade mais rígidas, será necessário um caminho mais acentuado para a taxa de juros para conter a inflação, o dólar vai se valorizar fortemente, o crescimento real será menor, a pressão orçamentária aumentará e o déficit em conta corrente dos EUA se ampliará", disse o economista-chefe do FMI, Maurice Obstfeld, em comunicado.

Na zona do euro, o crescimento foi mantido em 1,7% para 2016. Para 2017, melhorou de 1,5% para 1,6% - a mesma taxa de 2018. O Reino Unido, por sua vez, deverá crescer mais do que o previsto em outubro: de 1,8% para 2%, e de 1,1% em 2017 para 1,5%. Em 2018, o aumento estimado pe de 1,4%.

MT Agora - G1

Mais Noticias

Dados

PIB avança 0,2% no 2º trimestre de 2017, diz IBGE

Dados

Consumo de energia elétrica residencial avança 6,7% em Mato Grosso

Fundo De Participação Dos Municípios

Governo de MT repassa em julho R$ 213 milhões aos municípios

Investimento

Temer diz que país vai recuperar grau de investimento 'logo, logo'

04/08/2017 -

Consumidor deve gastar em média R$ 125 com presente do Dia dos Pais

Pelo cálculo dos organizadores, o movimento financeiro deve atingir R$ 10,7 bilhões

04/08/2017 -

Economia brasileira crescerá 0,4% este ano, prevê Cepal

Outro fator favorável, segundo a Cepal, é a melhora nos preços das matérias-primas exportadas pela região

25/07/2017 -

Juiz do DF manda suspender decreto que aumentou tributos sobre combustíveis

Aumento foi anunciado pelo governo na semana passada e atingiu gasolina, etanol e diesel. AGU diz que vai recorrer da decisão.

24/07/2017 -

Saiba como o aumento do combustível afeta seu bolso

O efeito cascata do aumento sobre o transporte de mercadorias e, por consequência, sobre o preço de produtos vendidos em supermercados, shoppings e no comércio popular

18/07/2017 -

Receita começa a pagar hoje o 2º lote de restituição

Este lote também incluirá restituições residuais de 2008 a 2016, segundo informou o órgão

27/06/2017 -

Procons orientam consumidor sobre diferenciação de preço para compras pagas com cartão ou dinheiro

Na prática, caso o cliente opte por pagar em dinheiro, poderá ter um desconto, já que não existem as despesas administrativas que são cobradas quando os pagamentos são efetuados com cartões

23/04/2017 -

Prazo para enviar declaração do Imposto de Renda está acabando

Prazo termina no próximo dia 28 para enviar a declaração do Imposto de Renda

04/04/2017 -

Vendas de material de construção aumentam em março

Nos últimos 12 meses, o desempenho é negativo em 5%, mas os resultados vêm indicando que estamos iniciando uma recuperação

29/03/2017 -

Consumidores de energia elétrica terão desconto na tarifa em abril

Os percentuais de redução na tarifa que será aplicada em abril variam de 0,95% a 19,47%.

07/03/2017 -

Mais de 1 milhão de contribuintes entregaram declaração do Imposto de Renda

Neste ano, a declaração do Imposto de Renda teve uma série de mudanças. As principais são a redução da idade mínima, de 14 para 12 anos, na apresentação do CPF de dependentes e a incorporação do Receitanet

07/03/2017 -

Caixa abre agências sábado para o saque das contas inativas do FGTS

O funcionamento das agências no sábado será exclusivo para atender trabalhadores que querem sacar o dinheiro das contas inativas

03/03/2017 -

Lucas do Rio Verde, Cuiabá e Diamantino têm maiores ofertas de empregos

As pessoas devem ficar atentas ao painel de vagas disponibilizado toda semana no Sine.

20/02/2017 -

Desempregados para voltar ao mercado de trabalho aceitam salário menor

O estudo mostra que sete em cada dez desempregados (68%) estão dispostos a ganhar menos do que recebiam no último emprego

14/02/2017 -

Brasil terá ao menos 2,5 milhões de novos pobres até o fim do ano

Estudo inédito do Banco Mundial aponta medidas para conter avanço da pobreza Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/brasil/brasil-tera-ao-menos-25-milhoes-de-novos-pobres-ate-fim-do-ano-20915254#ixzz4YeENT2Qp © 1996 - 2017. Todos direit

13/02/2017 -

Calendário para saques do FGTS deve ser divulgado na próxima terça-feira

Poderão ser sacados os valores de todas as contas inativas do Fundo desde o dia 31 de dezembro de 2015

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora