Economia

Greve dos caminhoneiros afetou arrecadação de impostos da indústria

Em junho, houve queda de 6,67% na produção industrial, na comparação com o mesmo período de 2017, influenciando a arrecadação de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

Impacto Na Economia | 24 de Julho de 2018 as 13h 14min
MT Agora - Agência Brasil

A paralisação dos caminhoneiros afetou a arrecadação de impostos da indústria em junho, e ao longo do ano o impacto poderá ser sentido em outros setores da economia, segundo avaliação do chefe do Centro de Estudos Tributários e Aduaneiros da Receita Federal, auditor-fiscal Claudemir Malaquias.

Em junho, houve queda de 6,67% na produção industrial, na comparação com o mesmo período de 2017, influenciando a arrecadação de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). “Essa retração está diretamente relacionada com a paralisação dos caminhoneiros, em maio de 2018”, diz a Receita, na análise sobre a arrecadação. Em junho, o IPI registrou queda de 14,28% na comparação com igual mês de 2017.

De acordo com Malaquias, ainda é prematuro tentar avaliar a dimensão do impacto da greve na arrecadação de tributos, uma vez que parte dos efeitos ainda não foram sentidos e serão “dispersos” entre os tributos ao longo do ano. “Cada atividade vai se recuperar em um ritmo. Algumas vão experimentar alguma perda até o final do ano”, explicou.

Outro efeito da greve ocorreu na arrecadação da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) sobre o diesel, no caso das importações do combustível. Na negociação do governo com os caminhoneiros, a alíquota da Cide sobre o diesel foi zerada. Com isso, a arrecadação desse tributo caiu 22,88%, em junho. “Esse resultado decorre, especialmente, da redução da alíquota incidente sobre o diesel, para zero que, no mês de junho de 2018, afetou somente a arrecadação do diesel nas operações de importação”, diz a Receita.

Segundo Malaquias, 20% do óleo diesel consumido no país é importado. O efeito da alíquota zerada no mercado interno só será observado nos dados que serão divulgados em agosto. “Em relação à venda no mercado interno, o fato gerador só ocorreu em junho. Vamos apresentar isso no mês que vem”, disse.

COMENTARIOS

Mais de Economia

Levantamento

Inadimplência em MT cresceu 4,66% em julho de 2018; Na área do comércio retração foi de -2,78%

O dado ficou acima da média da região Centro-Oeste (-2,10%) e abaixo da média nacional (1,47%).

15 de Agosto de 2018 as 23h39

Oportunidade

Confira as vagas de emprego disponíveis no Sine-Lucas do Rio Verde

Os interessados podem procurar o Sine na Galeria Central de Serviços, localizada na Av. Paraná, nº 766 S, sala 06, Centro. O horário de funcionamento é das 8h às 11h e das 13h às 16h.

15 de Agosto de 2018 as 20h00

Emprego

Lucas do Rio Verde emprega mais do que demite no primeiro semestre

Mercado de trabalho cresce quase 14% no primeiro semestre, mas fica atrás da média mato-grossense.

10 de Agosto de 2018 as 16h08

Oportunidade

Confira as vagas de emprego disponíveis no Sine de Lucas do Rio Verde

Para saber mais detalhes, os interessados devem procurar a unidade de atendimento do Sine na Galeria Central de Serviços, localizada na Av. Paraná, nº 766 S, sala 06, Centro.

08 de Agosto de 2018 as 21h26

Dados

Consumo de etanol comparado ao de gasolina é mais vantajoso em MT, diz ANP

Etanol é vendido, em média, cerca de 56,55% do valor da gasolina. O levantamento considera números coletados entre 29 de julho e 4 de agosto.

08 de Agosto de 2018 as 21h23

Oportunidade

Vagas de emprego no Sine de Lucas do Rio Verde

Para saber mais detalhes, os interessados devem procurar a unidade de atendimento do Sine na Galeria Central de Serviços, localizada na Av. Paraná, nº 766 S, sala 06, Centro.

03 de Agosto de 2018 as 17h12

Veja Mais
Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Sexta Feira

Lucas do Rio Verde, MT

Parcialmente nublado

21º

COTAÇÃO