Redação

Mato Grosso e Goiás detêm 45% de fazendas aptas a exportar para UE

Governo retomou gerenciamento da ?lista trace?. Oito estados brasileiros estão autorizados a exportarem para bloco.

Fonte:Leandro J. Nascimento - G1
04 de Fevereiro de 2012 as 09h 34min

Dois estados do Centro-Oeste brasileiro concentram o maior número de propriedades rurais aptas a exportar gado para a União Europeia (UE). Elas atenderam a uma série de exigências impostas pelos governos brasileiro e europeu e obtiveram a abertura para o mercado. Juntos, Mato Grosso eGoiás detêm 45,3% do total habilitado no Brasil, que soma 1.948. A maior parcela das fazendas está localizada em Goiás, onde são 452 (23,2%), seguida pela unidade federada mato-grossense, com 431, ou 22,12% do geral.

O número consta na nova lista divulgada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), com todas as propriedades que podem realizar a operação. Além dos dois estados, estão inclusos ainda Minas Gerais (428), Mato Grosso do Sul (275), Rio Grande do Sul (173), São Paulo (142), Paraná (36) e Espírito Santo (11).

A cada 15 dias o governo brasileiro deve atualizar a relação das propriedades autorizadas a fornecer bovinos para abate e venda da carne in natura para a União Europeia. Isto porque o Brasil reassumiu o gerenciamento da chamada ?lista trace?, e a partir de agora poderá veicular o que desde 2007 era feito exclusivamente pelas autoridades europeias. A notícia repercutiu de maneira positiva no setor produtivo, que fala do retorno como questão de soberania.

Superintendente da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Luciano Vacari destaca a responsabilidade de elencar quais propriedades podem exportar para o território europeu é do Ministério da Agricutura no Brasil. "Há alguns anos a UE disse que só iria autorizar as propriedades que estavam nessa lista. Isso é uma coisa que o governo brasileiro nunca poderia ter admitido, pois quem deve cuidar da lista é o Brasil. A lista é uma questão de soberania nacional e quem deve cuidar é o Mapa", disse o dirigente.

A associação da qual Luciano Vacari faz parte representa, em Mato Grosso, pecuaristas que juntos fazem o estado deter o maior rebanho de bovinos do país, com 29,1 milhões de animais. Mas o dirigente é enfático ao afirmar que mesmo diante das habilitações concedidas aos produtores brasileiros, a diferença de preço paga pela arroba do boi destinado a abastecer a UE e o que fica no país, torna o mercado pouco interessante e, em muitos casos, até mesmo desestimulante.

Segundo ele, o número de novas habilitações de fazendas poderia aumentar desde que o preço da arroba do boi se torne mais atrativo para a carne que será enviada ao bloco europeu. "O fato de quantas propriedades vão participar deste mercado ou não depende de mercado. Para fazer parte dessa lista existe todo um procedimento diferenciado nas propriedades e isso gera custo. O boi vendido para a União Europeia não pode custar o mesmo que o geral aqui. Existe hoje uma diferença de R$ 2 ou R$ 3 e o produtor tem que receber mais", considerou o representante.

Pecuaristas falam em baixa remuneração pagaEm fevereiro de 2009, o pecuarista Antônio Francisco dos Passos obteve autorização para venda de gado para o bloco. A fazenda dele, sediada em Alta Floresta, a 800 quilômetros de Cuiabá, foi a primeira habilitada na região norte. O pecuarista conta que desde a época, sua propriedade passa por períodicas avaliações. Ele diz sentir a real diferença de preços pagos aos produtores pelos animais.

"Não me arrependo de ter feito a certificação. Mas há alguns pontos que deveriam ser melhorados. Não está muito estimulante, mas continuo otimista. Infelizmente, o mercado é muito complicado, mas é assim em todos os setores. Não está agregando esse diferencial de preços, principalmente para o produtor", contou.

Na hora de vender o gado, o pecuarista prefere recorrer a frigoríficos de Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá, em função em busca dos melhores preços. "Em minha região há frigoríficos habilitados, mas não estão pagando o ágio (diferença entre o valor nominal e o real)", frisou.

Certificadora
Para certificar o rebanho visando o mercado europeu, o produtor precisa arcar com diferentes gastos, conforme explica Rodolfo Danielides, da GR Rastreabilidade Animal. À lista das despesas estão inclusos itens como a aquisição e colocação dos brincos certificadores, a renovação do certificado da propriedade, além do gasto individual em cima de cada animal.

"É vantajoso, mas o produtor tem que ter o mínimo de estrutura para manter o processo burocrático", pontuou o empresário.


COMENTARIOS

Mais de Economia

Cadastro Positivo

Com cadastro positivo, BC prevê declínio dos juros de cartão de crédito e cheque especial em 2021

Diretor de Organização do Sistema Financeiro do Banco Central, João Manoel Pinho de Mello, estima redução de cerca de 30% do chamado 'spread' bancário até meados do ano que vem.

27 de Janeiro de 2020 as 07h05

Impostos

Receita federal recupera R$ 5,2 bilhões de inadimplentes do Simples Nacional

Em 2019, a instituição notificou 738.605 contribuintes de micro e pequenas empresas enquadradas no regime tributário

20 de Janeiro de 2020 as 22h15

Turismo

Turismo brasileiro cresce 2,6% em 2019

Mês de novembro foi o que apresentou maior crescimento para o setor, com aumento de 3,8% em relação a 2018

20 de Janeiro de 2020 as 22h13

Score

7 dicas para o aumentar o seu score

O score de crédito consiste em uma pontuação definida por órgãos de proteção ao crédito, como SPC e Serasa, servindo para fazer uma classificação dos consumidores

17 de Janeiro de 2020 as 23h40

INSS

Governo contratará 7 mil militares para reforçar atendimento no INSS

Expectativa é acabar com processos em atraso até o fim de setembro

14 de Janeiro de 2020 as 19h03

Cadastro Positivo

Bancos e empresas poderão consultar informações do Cadastro Positivo a partir deste sábado

Banco de dados reúne histórico de bons pagadores. Por enquanto, ele só inclui informações repassadas por bancos e empresas que concedem crédito.

11 de Janeiro de 2020 as 13h28

Despesas

Em cada dez brasileiros, apenas um tem renda suficiente para pagar despesas de início de ano, mostra pesquisa CNDL/SPC Brasil

Minoria dos brasileiros consegue quitar despesas sazonais sem ter que parcelar ou economizar ao longo do ano e outros 22% não fazem planejamento. Consumidor deve ter organização para não se atrapalhar com compromissos de início de ano e parcelas que

09 de Janeiro de 2020 as 17h08

Gás de Cozinha

Petrobras aumenta preço do gás de cozinha em 5% nesta sexta (27)

O impacto para o consumidor deverá girar em torno de 2% a 3% e segue a regra de reajustes trimestrais para o GLP

27 de Dezembro de 2019 as 08h22

Já está em vigor

Lei proíbe que universidades cobrem taxas extras para provas em MT

A norma foi publicada no Diário Oficial e já está em vigor em todo Estado

05 de Dezembro de 2019 as 08h55

Economia

Caixa estende horário de atendimento amanhã e abre no sábado

A Caixa também vai trabalhar com horário estendido por duas horas, amanhã (13), início do saque, e nas próximas segunda (16) e terça-feiras (17).

12 de Setembro de 2019 as 15h27

Planta Industrial

BRF digitaliza produção de suínos na maior planta industrial da América Latina

Software que será instalado na planta de Lucas do Rio Verde, no Mato Grosso, melhorará o aproveitamento de matéria-prima.

09 de Setembro de 2019 as 14h51

Economia

Vendas no varejo em São Paulo têm alta de 5,4% no primeiro semestre

Os dados foram divulgados, hoje (9), na Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista no Estado de São Paulo (PCCV).

09 de Setembro de 2019 as 14h36

Economia

Mourão diz que guerra econômica entre China e EUA afeta o Brasil

Ele participou hoje em SP de evento com empresários chineses

09 de Setembro de 2019 as 14h26

Economia

Índice do Custo de Vida de São Paulo tem alta de 1,88% em oito meses

O Índice do Custo de Vida no Município de São Paulo subiu 0,07% em agosto.

06 de Setembro de 2019 as 14h55

Economia

Consulta ao quarto lote do Imposto de Renda será aberta segunda-feira

Dinheiro estará na conta do contribuinte no dia 16 deste mês

06 de Setembro de 2019 as 14h47

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

Em qual vereador, de Lucas do Rio Verde, você votaria para reeleição?

Fernando Pael

Marcos Paulista

Airton Callai

Cristiani Dias

Dr. Wagner Godoi

Dirceu Cosma

Jiloir Pelicioli - Mano

Dr. Jaime Floriano

Márcia Pelicioli

Nenhum deles

Parcial
veja +

COTAÇÃO