No melhor mês de outubro em 4 anos, Brasil cria 76 mil vagas formais de trabalho

Foi o sétimo mês seguido em que as contratações com carteira assinada superaram as demissões no país. Resultado de outubro também foi o melhor de 2017.

20/11/2017 - 23:12:23

   

O Brasil criou 76.599 vagas de trabalho com carteira assinada em outubro deste ano, de acordo com informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Os números foram divulgados pelo Ministério do Trabalho nesta segunda-feira (20).

O número é a diferença entre as contratações, que somaram 1.187.819, e o de demissões no mês passado, que totalizaram 1.111.220.

  • Foi o sétimo mês seguido com criação de postos de trabalho com carteira assinada no país;
  • O resultado de outubro também foi o melhor para um mês registrado em 2017;
  • Além disso, foi a primeira vez, desde 2013, em que as contratações superaram as demissões no mês de outubro. Deste modo, foi o melhor mês de outubro em quatro anos.

"São números que dão ainda mais certeza de que as medidas adotadas pelo governo colocaram o Brasil de volta nos trilhos do crescimento econômico", avaliou o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira.

Segundo ele, os novos formatos de contrato de trabalho regulamentados pela nova lei trabalhista, o intermintente e o "home office", devem gerar dois milhões de vagas em dois anos (2018 e 2019).

Reportagem do G1 revelou, porém, que o formato de registro dos contratos intermitentes pode inflar os números do emprego formal.

Nesta segunda, Nogueira afirmou que o governo está se organizando para informa à sociedade o número de empregados contratados, e não o número de vínculos existentes para cada trabalhador intermitente.

"Vamos informar o número de pessoas formalmente com renda. E a modalidade do contrato dele", disse.

No acumulado de janeiro a outubro deste ano, ainda de acordo com o governo, foram gerados 302.189 empregos com carteira assinada. No mesmo período do ano passado, o governo informou que foram demitidos 751.816 trabalhadores.

Foi o melhor resultado para os dez primeiros meses de um ano desde 2014, quando foram criados 912.287 empregos com carteira assinada.

Os números de criação de empregos formais do acumulado de 2017, e de igual período dos últimos anos, foram ajustados para incorporar as informações enviadas pelas empresas fora do prazo nos meses de janeiro a setembro. Os dados de outubro ainda são considerados sem ajuste.

Nos últimos doze meses, porém, as demissões superam as contratações em 294.305 vagas com carteira assinada.

Ao fim de outubro, o Brasil tinha 38,62 milhões de pessoas empregadas com carteira assinada. No fim do mesmo mês do ano passado, o número era maior: 38,91 milhões.

Setores da economia e regiões

Em outubro deste ano, de acordo com o Ministério do Trabalho, três setores da economia contrataram mais do que demitiram. O setor que mais contratou foi o comércio, que registrou abertura de 37.321 vagas.

  • Serviços: abertura de 15.915 vagas;
  • Indústria de transformação: abertura de 33.200 vagas;

Outros cinco setores demitiram mais que contrataram no mês passado:

  • Agricultura: fechamento de 3.551 vagas;
  • Serviços de utilidade pública: fechamento de 729 vagas;
  • Indústria extrativa mineral: fechamento de 532 vagas;
  • Administração pública: fechamento de 261 postos de trabalho;
  • Construção civil: perda de 4.764 empregos com carteira;

Segundo o Ministério do Trabalho, houve o registro de contratações em quatro das cinco regiões do país em outubro. Veja abaixo a variação do emprego formal por regiões:

  • Nordeste: +37.801 vagas;
  • Sul: +21.444 vagas;
  • Centro-Oeste: -408 vagas;
  • Norte: +4.210 vagas;
  • Sudeste: +13.552 vagas;

Salário médio de admissão

Segundo o governo, em outubro salário médio de admissão registrou queda real (após ajuste dos valores pela inflação) de 1,13%, para R$ 1.463,12. Em setembro, ele estava em R$ 1.479,89.

No acumulado do ano, porém, houve um crescimento real de 2,69%, visto que o salário médio de admissão estava em R$ 1.419,55 em dezembro do ano passado.

MT Agora - G1

Mais Noticias

RenovaBio

RenovaBio representa avanço para setor de biocombustíveis de MT

Tarifa Branca

Saiba as vantagens e riscos de aderir à tarifa branca de energia

Restituição de Imposto de Renda

Receita abre consulta a lotes residuais do Imposto de Renda de 2008 a 2017

eSocial para Empresas

Primeira fase de implantação do eSocial para empresas começa hoje

02/01/2018 -

Preços da gasolina e do diesel terão a primeira variação de 2018 nesta quarta-feira (03)

O preço final ao consumidor, nas bombas, dependerá de cada empresa revendedora e dos próprios postos de combustíveis.

02/01/2018 -

Salário mínimo, tarifa branca, nova idade para sacar PIS/Pasep: veja o que muda em 2018 e pode afetar seu bolso

Novas leis alteram valores de benefícios e contribuições, além de mudar regras para microempreendedores e empresas. Veja lista do G1.

13/12/2017 -

Número de consumidores inadimplentes em MT cresceu 1,61% em novembro, segundo pesquisa

Os dados são do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL).

29/11/2017 -

Confira as vagas de emprego do Sine de Lucas do Rio Verde

Para saber mais detalhes, os interessados devem procurar a unidade de atendimento do Sine na Galeria Central de Serviços, localizada na Av. Paraná, n. 766 S, sala 06, Centro.

28/11/2017 -

Governo de MT prorroga isenção de ICMS para taxistas até 2019

A medida beneficia cerca de mil contribuintes que atuam somente como taxistas profissionais autônomos, incluindo também os Microempreendedores Individuais (MEIs).

28/11/2017 -

Comércio de Sorriso atenderá em horário especial no mês de dezembro

A partir do dia 26 de dezembro o horário de atendimento voltará ao normal.

28/11/2017 -

Aneel anuncia bandeira tarifária vermelha 1 em dezembro com valor de R$ 3 a cada 100 kWh

Em novembro, devido à estiagem, agência havia elevado custo da energia para vermelho 2, o mais alto da escala. Aneel explicou que melhora nos níveis de reservatórios permitiu redução da tarifa.

28/11/2017 -

Sicredi inova e lança a própria máquina de cartões

Instituição financeira cooperativa entra no mercado de adquirências e oferece aos seus associados pessoas jurídicas e profissionais autônomos mais um produto, e o melhor, com preços competitivos

27/11/2017 -

Confira as vagas de emprego do Sine de Lucas do Rio Verde para essa segunda-feira

O horário de atendimento é das 7h às 13h.

23/11/2017 -

Empresas e indústrias em Lucas do Rio Verde criam mais de 100 novas vagas de trabalho

O saldo positivo foi divulgado esta semana pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho.

22/11/2017 -

Sorriso termina mês demitindo mais funcionários, aponta Caged

Em outubro, conforme o levantamento, foram registradas 1.216 contratações e 1.227 demissões no município, resultando no fechamento de 11 vagas formais

22/11/2017 -

Excelência conquista maior prêmio concedido pela ASMAT

A Excelência Carnes Suínas, localizada em Nova Mutum-MT figura por tanto entre os maiores fornecedores de Mato Grosso o que eleva também a região do Centro Norte do estado no panorama das agroindústrias.

20/11/2017 -

Mais de 55% do total de desempregados em MT são pretos e pardos, diz IBGE

Ao todo, o estado tem 160 mil pessoas sem emprego. Para os especialistas, os números apontam o preconceito intrínseco na sociedade.

16/11/2017 -

Petrobras reduz gasolina em 3,8%, maior queda desde o início de julho

Redução ocorre em meio à queda nos preços internacionais.

16/11/2017 -

Secretaria de Planejamento divulga boletim sobre cenário econômico de Mato Grosso

Os dados fazem parte de um levantamento realizado pela Coordenadoria de Estudos Socioeconômicos, unidade vinculada à Secretaria Adjunta de Informações Socioeconômicas, Geográficas e Indicadores da Seplan.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora