Reforma tributária em MT só deve ser votada em 2017 após substitutivo

Adiamento foi causado devido à complexidade da reforma, diz deputado. Proposta só deve ser votada em fevereiro de 2017, segundo a ALMT.

21/12/2016 - 00:05:37

   

Governo deve apresentar alterações na proposta da reforma tributária (Foto: André Romeu/Gcom-MT)

O projeto para a reforma tributária em Mato Grosso, de autoria do Executivo, só deve ser votado pelos deputados em fevereiro de 2017, como anunciou o presidente da Assembleia Legislativa (ALMT), deputado Guilherme Maluf (PSDB), nesta terça-feira (20). O projeto deveria ser votado antes do recesso de fim de ano. O adiamento, segundo Maluf, foi causado devido à complexidade da reforma e por causa das alterações propostas pelo governo.

A Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz) ainda não se posicionou sobre o assunto.

O projeto da reforma tributária foi apresentado na ALMT pela primeira vez no dia 1º de dezembro. Para o Maluf, a reforma deve ser amplamente discutida, já que impacta a vida de muitas empresas e pessoas.

O governo havia anunciado que deve apresentar um substitutivo ao projeto, com alterações apresentadas por segmentos econômicos e instituições. O novo texto ainda deve ser apresentado na ALMT. O objetivo do governo era colocar a reforma em prática no ano que vem. No entanto, a sanção do projeto depende da aprovação do Legislativo.

A Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso (OAB-MT) havia requerido cópia da proposta de reforma para apontar sugestões no novo modelo. A intenção, segundo o órgão, é fazer um estudo aprofundado das novas medidas e apontar melhorias.

Reforma

A aposta do governo é simplificar as regras. Atualmente, são 500 páginas de leis, que seriam resumidas em 37 páginas. No estado, as alíquotas, porcentagem de imposto cobrada sobre o valor de produtos, variam de 0 a 37%.

A ideia é criar uma alíquota única para a maioria dos produtos, entre 12% e 18%. No caso da energia elétrica, que tem alíquota de 42%, a porcentagem poderia cair para 25%, assim como combustível e comunicações, por exemplo. Para existir equilíbrio, aumentariam as alíquotas para setores que tem isenção ou descontos. Na apresentação foram citados o agronegócio, materiais para construção.

MT Agora - G1 MT

Mais Noticias

Dados

PIB avança 0,2% no 2º trimestre de 2017, diz IBGE

Dados

Consumo de energia elétrica residencial avança 6,7% em Mato Grosso

Fundo De Participação Dos Municípios

Governo de MT repassa em julho R$ 213 milhões aos municípios

Investimento

Temer diz que país vai recuperar grau de investimento 'logo, logo'

04/08/2017 -

Consumidor deve gastar em média R$ 125 com presente do Dia dos Pais

Pelo cálculo dos organizadores, o movimento financeiro deve atingir R$ 10,7 bilhões

04/08/2017 -

Economia brasileira crescerá 0,4% este ano, prevê Cepal

Outro fator favorável, segundo a Cepal, é a melhora nos preços das matérias-primas exportadas pela região

25/07/2017 -

Juiz do DF manda suspender decreto que aumentou tributos sobre combustíveis

Aumento foi anunciado pelo governo na semana passada e atingiu gasolina, etanol e diesel. AGU diz que vai recorrer da decisão.

24/07/2017 -

Saiba como o aumento do combustível afeta seu bolso

O efeito cascata do aumento sobre o transporte de mercadorias e, por consequência, sobre o preço de produtos vendidos em supermercados, shoppings e no comércio popular

18/07/2017 -

Receita começa a pagar hoje o 2º lote de restituição

Este lote também incluirá restituições residuais de 2008 a 2016, segundo informou o órgão

27/06/2017 -

Procons orientam consumidor sobre diferenciação de preço para compras pagas com cartão ou dinheiro

Na prática, caso o cliente opte por pagar em dinheiro, poderá ter um desconto, já que não existem as despesas administrativas que são cobradas quando os pagamentos são efetuados com cartões

23/04/2017 -

Prazo para enviar declaração do Imposto de Renda está acabando

Prazo termina no próximo dia 28 para enviar a declaração do Imposto de Renda

04/04/2017 -

Vendas de material de construção aumentam em março

Nos últimos 12 meses, o desempenho é negativo em 5%, mas os resultados vêm indicando que estamos iniciando uma recuperação

29/03/2017 -

Consumidores de energia elétrica terão desconto na tarifa em abril

Os percentuais de redução na tarifa que será aplicada em abril variam de 0,95% a 19,47%.

07/03/2017 -

Mais de 1 milhão de contribuintes entregaram declaração do Imposto de Renda

Neste ano, a declaração do Imposto de Renda teve uma série de mudanças. As principais são a redução da idade mínima, de 14 para 12 anos, na apresentação do CPF de dependentes e a incorporação do Receitanet

07/03/2017 -

Caixa abre agências sábado para o saque das contas inativas do FGTS

O funcionamento das agências no sábado será exclusivo para atender trabalhadores que querem sacar o dinheiro das contas inativas

03/03/2017 -

Lucas do Rio Verde, Cuiabá e Diamantino têm maiores ofertas de empregos

As pessoas devem ficar atentas ao painel de vagas disponibilizado toda semana no Sine.

20/02/2017 -

Desempregados para voltar ao mercado de trabalho aceitam salário menor

O estudo mostra que sete em cada dez desempregados (68%) estão dispostos a ganhar menos do que recebiam no último emprego

14/02/2017 -

Brasil terá ao menos 2,5 milhões de novos pobres até o fim do ano

Estudo inédito do Banco Mundial aponta medidas para conter avanço da pobreza Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/brasil/brasil-tera-ao-menos-25-milhoes-de-novos-pobres-ate-fim-do-ano-20915254#ixzz4YeENT2Qp © 1996 - 2017. Todos direit

13/02/2017 -

Calendário para saques do FGTS deve ser divulgado na próxima terça-feira

Poderão ser sacados os valores de todas as contas inativas do Fundo desde o dia 31 de dezembro de 2015

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora