Reforma tributária em MT só deve ser votada em 2017 após substitutivo

Adiamento foi causado devido à complexidade da reforma, diz deputado. Proposta só deve ser votada em fevereiro de 2017, segundo a ALMT.

21/12/2016 - 00:05:37

   

Governo deve apresentar alterações na proposta da reforma tributária (Foto: André Romeu/Gcom-MT)

O projeto para a reforma tributária em Mato Grosso, de autoria do Executivo, só deve ser votado pelos deputados em fevereiro de 2017, como anunciou o presidente da Assembleia Legislativa (ALMT), deputado Guilherme Maluf (PSDB), nesta terça-feira (20). O projeto deveria ser votado antes do recesso de fim de ano. O adiamento, segundo Maluf, foi causado devido à complexidade da reforma e por causa das alterações propostas pelo governo.

A Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz) ainda não se posicionou sobre o assunto.

O projeto da reforma tributária foi apresentado na ALMT pela primeira vez no dia 1º de dezembro. Para o Maluf, a reforma deve ser amplamente discutida, já que impacta a vida de muitas empresas e pessoas.

O governo havia anunciado que deve apresentar um substitutivo ao projeto, com alterações apresentadas por segmentos econômicos e instituições. O novo texto ainda deve ser apresentado na ALMT. O objetivo do governo era colocar a reforma em prática no ano que vem. No entanto, a sanção do projeto depende da aprovação do Legislativo.

A Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso (OAB-MT) havia requerido cópia da proposta de reforma para apontar sugestões no novo modelo. A intenção, segundo o órgão, é fazer um estudo aprofundado das novas medidas e apontar melhorias.

Reforma

A aposta do governo é simplificar as regras. Atualmente, são 500 páginas de leis, que seriam resumidas em 37 páginas. No estado, as alíquotas, porcentagem de imposto cobrada sobre o valor de produtos, variam de 0 a 37%.

A ideia é criar uma alíquota única para a maioria dos produtos, entre 12% e 18%. No caso da energia elétrica, que tem alíquota de 42%, a porcentagem poderia cair para 25%, assim como combustível e comunicações, por exemplo. Para existir equilíbrio, aumentariam as alíquotas para setores que tem isenção ou descontos. Na apresentação foram citados o agronegócio, materiais para construção.

MT Agora - G1 MT

Mais Noticias

Combustível

Saiba como o aumento do combustível afeta seu bolso

Restituição do Imposto de Renda

Receita começa a pagar hoje o 2º lote de restituição

Compras Pagas no Dinheiro

Procons orientam consumidor sobre diferenciação de preço para compras pagas com cartão ou dinheiro

Uma Semana

Prazo para enviar declaração do Imposto de Renda está acabando

04/04/2017 -

Vendas de material de construção aumentam em março

Nos últimos 12 meses, o desempenho é negativo em 5%, mas os resultados vêm indicando que estamos iniciando uma recuperação

29/03/2017 -

Consumidores de energia elétrica terão desconto na tarifa em abril

Os percentuais de redução na tarifa que será aplicada em abril variam de 0,95% a 19,47%.

07/03/2017 -

Mais de 1 milhão de contribuintes entregaram declaração do Imposto de Renda

Neste ano, a declaração do Imposto de Renda teve uma série de mudanças. As principais são a redução da idade mínima, de 14 para 12 anos, na apresentação do CPF de dependentes e a incorporação do Receitanet

07/03/2017 -

Caixa abre agências sábado para o saque das contas inativas do FGTS

O funcionamento das agências no sábado será exclusivo para atender trabalhadores que querem sacar o dinheiro das contas inativas

03/03/2017 -

Lucas do Rio Verde, Cuiabá e Diamantino têm maiores ofertas de empregos

As pessoas devem ficar atentas ao painel de vagas disponibilizado toda semana no Sine.

20/02/2017 -

Desempregados para voltar ao mercado de trabalho aceitam salário menor

O estudo mostra que sete em cada dez desempregados (68%) estão dispostos a ganhar menos do que recebiam no último emprego

14/02/2017 -

Brasil terá ao menos 2,5 milhões de novos pobres até o fim do ano

Estudo inédito do Banco Mundial aponta medidas para conter avanço da pobreza Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/brasil/brasil-tera-ao-menos-25-milhoes-de-novos-pobres-ate-fim-do-ano-20915254#ixzz4YeENT2Qp © 1996 - 2017. Todos direit

13/02/2017 -

Calendário para saques do FGTS deve ser divulgado na próxima terça-feira

Poderão ser sacados os valores de todas as contas inativas do Fundo desde o dia 31 de dezembro de 2015

13/02/2017 -

Indústria de biodiesel prevê recuperação em 2017 após recuo em 2016

A expectativa da indústria é produzir 4,5 bilhões de litros este ano, ante os 3,8 bilhões produzidos em 2016

03/02/2017 -

Brasil terá crescimento já neste trimestre, diz ministro

A economia brasileira deve apresentar um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2 por cento no quarto trimestre deste ano.

03/02/2017 -

Balança comercial registra segundo melhor janeiro da história

Os números foram divulgados hoje (1º) pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. O saldo da balança comercial em janeiro de 2017 só é inferior ao de janeiro de 2006 (US$ 2,835 bilhões)

25/01/2017 -

Mais de 800 vagas de emprego estão abertas no Sine Estadual esta semana

Órgão, que é vinculado à Setas, realiza intermediação da mão de obra.

18/01/2017 -

Estado de MT contesta pecuaristas e mantém aumento da alíquota do ICMS

Sefaz explica que alteração feita, na época, ocorreu para contribuir com o equilíbrio na cadeia pecuária

18/01/2017 -

Multinacional deve ampliar investimentos em Mato Grosso

O interesse foi sinalizado nesta terça-feira (17) durante reunião entre os dirigentes da multinacional e o governador Pedro Taques.

17/01/2017 -

Preço do diesel sobe 8 vezes em um ano em Mato Grosso, aponta ANP

Preço pago pelo diesel em janeiro de 2017 é o maior em um ano, diz o órgão. Segundo os caminhoneiros, reajuste no diesel influencia o preço do frete.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora