Senado retira perdão de dívidas tributárias a entidades religiosas e aprova MP do Refis

Trechos que tratavam da remissão de débitos de entidades religiosas e instituições de ensino vocacional foram excluídos por serem considerados 'estranhos' ao projeto do Refis. MP vai à sanção.

05/10/2017 - 23:11:06

   

Senado aprovou nesta quinta-feira (5) a medida provisóriaque cria o Refis, programa que permite a pessoas físicas e jurídicas a renegociação das dívidas tributárias com a União.

Para a proposta ser aprovada, os senadores excluíram do texto os trechos controversos que concediam perdão a dívidas tributárias de entidades religiosas e instituições de ensino vocacional.

Os trechos também concediam isenção, a essas entidades e instituições, de tributos – inclusive contribuições – da União incidentes sobre o patrimônio, renda ou serviços pelo prazo de cinco anos, a essas entidades de todos os tributos pelos próximos cinco anos.

Os trechos foram excluídos por serem considerados “estranhos” à proposta original que institui o Refis. Com isso, a proposta não precisa voltar para nova análise da Câmara dos Deputados, que aprovou a MP na última terça-feira (3). O projeto segue agora para a sanção presidencial.

O texto precisava ser aprovado pelo Senado até a próxima quarta-feira (11). Caso contrário, a MP perderia a validade.

O Refis foi negociado nos últimos meses entre o governo e parlamentares. O texto original da MP foi encaminhado para a Câmara, onde as regras foram modificadas, diminuindo a previsão de arrecadação do governo.

As mudanças fizeram com que o Palácio do Planalto enviasse um novo texto e, novamente, deputados e a equipe econômica tentaram buscar consenso. Por fim, a Casa Civil acertou com os líderes aliados uma proposta mais generosa do que a original.

Pela proposta aprovada:

- Os descontos incidentes sobre os juros poderão variar de 50% a 90%, conforme a modalidade escolhida para pagar a dívida;

- No caso das multas, os descontos poderão variar de 25% a 70%.

Quem pode aderir

Terão o direito de aderir ao programa: pessoas físicas e jurídicas, de direito público ou privado, inclusive as que se encontrarem em recuperação judicial.

Poderão ser refinanciadas dívidas vencidas até 30 de abril de 2017. A solicitação da renegociação deve ser feita até 31 de outubro.

Ao analisar a MP na última terça, os deputados retiraram o trecho que previa que uma pessoa suspeita de corrupção pudesse aderir ao programa, parcelando e obtendo desconto na dívida dela com a União.

Após incluir essa previsão no projeto, o relator do projeto na Câmara, Newton Cardoso Júnior (PMDB-MG), disse que apresentou a mudança com aval do Palácio do Planalto para beneficiar também os partidos.

No entanto, a previsão gerou repercussão negativa nos últimos dias e os deputados decidiram retirá-la do texto.

A sessão

Durante a votação da MP, vários parlamentares criticaram a proposta e o excesso de programas de renegociação de dívidas de empresas. Ainda assim, a proposta foi aprovada.

 

Veja o que eles disseram:

Reguffe (sem partido-DF): “Eu sou radicalmente contra essa anistia que o governo está dando nesses juros e nessas multas. Antes de o governo querer fazer um programa para premiar o inadimplente, o governo deveria se preocupar em fazer um programa para premiar o adimplente, aquele que com todas as dificuldades, ainda assim, honra com as suas obrigações.”

Gleisi Hoffmann (PT-PR): “Num momento em que estamos fazendo cortes absurdos e dramáticos em nosso Orçamento [...] quer se dar bilhões de reais para empresários que vão se beneficiar por não terem pago corretamente os seus tributos.”

Randolfe Rodrigues (Rede-AP): “Em relação a empresários honestos que precisam do Refis, talvez um deles seja, abre aspas, o ‘deputado Newton Cardoso Júnior’, que foi o relator lá na Câmara e que se autoanistiou sendo relator. Eu acho que isto é uma jabuticaba brasileira: só aqui nós temos um relator empresário que se autoanistia. O regime de suspeição é algo que não existe.”

Outros pontos

Os senadores também excluíram outro ponto que havia sido aprovado pela Câmara. Eles derrubaram o trecho que previa o fim do chamado “voto de qualidade” no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf).

O dispositivo previa que, em caso de empate no tribunal administrativo, a decisão será sempre pró-contribuinte.

Como o ponto foi excluído, permanece o sistema atual em que os desempates são resolvidos pelo presidente do colegiado, que representa a Receita Federal.

MT Agora - G1

Mais Noticias

Emprego

Lucas do Rio Verde emprega mais do que demite no primeiro semestre

Oportunidade

Confira as vagas de emprego disponíveis no Sine de Lucas do Rio Verde

Dados

Consumo de etanol comparado ao de gasolina é mais vantajoso em MT, diz ANP

Oportunidade

Vagas de emprego no Sine de Lucas do Rio Verde

01/08/2018 -

Governo federal assina contrato de US$ 600 milhões com BID para financiar projetos de inovação

Segundo ministro Gilberto Kassab, os US$ 600 milhões fazem parte de uma linha de crédito de US$ 1,5 bilhão que será aplicada ao longo de seis anos. União é a avalista do financiamento.

31/07/2018 -

Lucas e Nova Mutum têm mais de 200 vagas para operador em processo de produção

Em Lucas do Rio Verde, por exemplo, são 135 vagas de empregos.

30/07/2018 -

Confira as vagas de trabalho em Lucas do Rio Verde

Para saber mais detalhes, os interessados devem procurar a unidade de atendimento do Sine na Galeria Central de Serviços, localizada na Av. Paraná, nº 766 S, sala 06, Centro.

28/07/2018 -

Economia dos EUA cresce 4,1% no 2º trimestre, maior ritmo desde 2014

Crescimento foi impulsionado pelo consumo e pela venda antecipada de soja à China. Trump comemora números e diz que eles são ''muito sustentáveis''.

28/07/2018 -

Bandeira tarifária seguirá no patamar mais caro em agosto, informa Aneel

Com bandeira no patamar dois da cor vermelha, contas de luz terão taxa extra de R$ 5 a cada 100 kWh consumidos. Cobrança a mais começou em junho deste ano.

26/07/2018 -

Começa o pagamento do abono salarial PIS-Pasep 2018-2019

Saques estão liberados para trabalhadores do setor privado nascidos em julho e servidores com final da inscrição 0. Quem não sacou abono salarial ano-base 2016 também ganha nova chance.

25/07/2018 -

Lucas do Rio Verde abre mais de 270 novas vagas de trabalho em um mês

O resultado consta no último levantamento do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

25/07/2018 -

Confira as vagas de emprego em Lucas do Rio Verde

Para saber mais detalhes, os interessados devem procurar a unidade de atendimento do Sine na Galeria Central de Serviços, localizada na Av. Paraná, nº 766 S, sala 06, Centro.

24/07/2018 -

Economia teve retração de 1,5% em maio, aponta monitor do PIB da FGV

Queda foi impactada, sobretudo, pela greve dos caminhoneiros; na comparação contra maio do ano passado, economia recuou 1,8%.

24/07/2018 -

Confiança do consumidor avança 2,1 pontos de junho para julho, diz FGV

Apesar da alta, o indicador não conseguiu se recuperar das perdas sofridas nos meses anteriores e ainda continua baixo em termos históricos.

24/07/2018 -

Greve dos caminhoneiros afetou arrecadação de impostos da indústria

Em junho, houve queda de 6,67% na produção industrial, na comparação com o mesmo período de 2017, influenciando a arrecadação de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

24/07/2018 -

União arrecada R$ 110,855 bilhões em junho

É o maior valor para o mês desde 2015.

24/07/2018 -

Petrobras reduz preço da gasolina a menor nível desde fim de junho

Combustível passará a R$ 1,926 nas refinarias a partir desta terça-feira (24); na última semana, preço nas bombas subiu após seis semanas de queda.

23/07/2018 -

Vagas de emprego em Lucas do Rio Verde para esta segunda-feira

Para saber mais detalhes, os interessados devem procurar a unidade de atendimento do Sine na Galeria Central de Serviços, localizada na Av. Paraná, nº 766 S, sala 06, Centro.

19/07/2018 -

Vagas de emprego para Lucas do Rio Verde

Para saber mais detalhes, os interessados devem procurar a unidade de atendimento do Sine na Galeria Central de Serviços, localizada na Av. Paraná, nº 766 S, sala 06, Centro.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora